Como surgiu o Dia dos Pais?

Apesar de ser uma data para homenagear o homem mais importante de sua vida, a verdade é que o Dia dos Pais tem a origem pouco romântica e muito mais comercial. Isso porque, quando o Dia dos Pais se popularizou nos Estados Unidos, em meados da década de 60, a intenção era movimentar o comércio em uma época de poucas vendas e fazer com que as pessoas começassem a gastar mais com cartões e gravadas.

Mas, segundo registros históricos, a ideia do Dia dos Pais foi mais nobre no início que a comemoração oficializada, hoje em dia. Isso porque, em 1909, em Washington DC, a americana Sonora Louise Dodd, que era apenas uma menina na época, teve a ideia de criar um dia para prestar homenagens ao pais.

Sonora tinha uma profunda admiração pelo pai, John Bruce Dodd, que perdeu a esposa durante o parto da última filha, em 1898, e criava seus 6 filhos sozinho. A menina teve a ideia enquanto trabalhava como voluntária em um serviço religioso durante o Dia das Mães. Ela achou injusto os pais não derem um dia só para si, especialmente os pais exemplares, como o seu próprio pai.

1
Sonora Dodd, a criadora do Dia dos Pais, nos Estados Unidos

A própria Sonora escolheu o dia 19 de junho, dia do aniversário de seu pai, para comemorar o que chamou de Dia dos Pais. E foi assim que sua pequena comunidade começou a comemorar e a espalhar a data pelo País.

O Dia dos Pais ficou tão famoso depois disso que, em 1924, o presidente Calvin Coolidge apoiou que a festa fosse levada a todos os Estados americanos. E, em 1966, o então presidente Lyndon Johnson, acabou oficializando o 3º domingo de junho como do Dia dos Pais nos Estados Unidos.

2

No Brasil, os rumores do Dia dos País chegou antes da oficialização da data nos Estados Unidos. O costume de ter uma data para festejar e presentear os pais brasileiros começou em 1953, devido aos esforços de um publicitário chamado Sylvio Bhering. Nesse ano, o Dia dos Pais foi comemorado no dia 14 de agosto, dia do aniversário de São Joaquim, considerado pelos católicos como o patriarca das famílias.

Rádios, jornais e até a televisão acabaram promovendo um concurso, nessa época, em São Paulo, a fim de divulgar e enraizar o Dia dos Pais no calendário brasileiro. Segundo registros, o concurso elegeu o pai mais jovem, o mais velho r com o maior número de filhos! Depois de tanto esforço, claro, o país aderiu à comemoração, que passou a ser sempre no 2º domingo de agosto.

3

Mas, parece que existe ainda uma 3ª possibilidade válida para explicar como surgiu o Dia dos Pais. Essa, aliás, é bem mais antiga, há cerca de 4 mil anos, ainda na Babilônia. Conforme registros históricos, existia uma comemoração nessa época, com certeza diferente das que conhecemos hoje, mas que homenageava os pais. Um prova disso é uma placa de argila milenar com uma mensagem gravada, assinada por um garoto chamado Elmesu, que a fez para seu pai.

Interessante, não?

Leia também: 20 candidatos perfeitos ao prêmio de melhor pai do ano.