Conheça as ruínas do império de Pablo Escobar

Ele foi um dos homens mais poderosos, ricos e impiedosos do mundo. Esse é um bom, mas curto resumo, sobre o que foi Pablo Escobar, um colombiano que ficou conhecido como o comandante do Cartel de Medelín e construiu dinheiro e fama traficando quantidades astronômicas de cocaína para os Estados Unidos entre as décadas de 70, 80 e início de 90.

Ao longo do tempo, Pablo Escobar começou a ficar tão poderoso dentro e fora da Colômbia que ditava suas próprias condições ao governo e à polícia colombianos, o que facilitava a passagem da cocaína pelo território da Colômbia até Miami, cidade por onde a droga entrava na América do Norte.

Com toda sua fortuna, estimada em 30 bilhões de dólares pela Revista Forbs (e que aumentava 1 milhão de dólares ao dia, no auge de sua carreira), Pablo Escobar construiu um grande império.

50

Um pouco desse patrimônio estrondoso do rei do tráfico da Colômbia ou “El Patron”, como também era conhecido, está sendo mostrada na série do Netflix, como você já deve ter visto ou ouvido falar; e que tem o brasileiro Wagner Moura como intérprete desse personagem polêmico. E, ao que tudo indica, a ambientação da história é bem semelhante ao império em que Pablo Escobar tinha na vida real.

Hoje, aliás, você vai conhecer um pouco do patrimônio abandonado, outrora rico e luxuoso de Pablo Escobar, nos lugares mais exóticos da Colômbia. Como você vai ver, as próprias ruínas das casas indicam que ali muito dinheiro foi investido e que, ainda hoje, seriam mansões surpreendentes que o traficante não tivesse morrido, em 1993.

Confira, abaixo, as ruínas do império de Pablo Escobar:

– A casa da ilha

Pablo Escobar construiu um verdadeiro palácio para sua família em Isla Grande, parte do arquipélago Ilhas do Rosário (formado por 30 ilhas), um verdadeiro paraíso colombiano, banhado pelo mar do caribe. Com 300 cômodos, duchas de ouro uma piscina gigantesca, a casa de Pablo Escobar foi erguido na parte mais deserta da ilha, que até hoje conta com apenas 800 moradores.

Embora no lugar não houvesse energia elétrica nem redes de água, Pablo Escobar achou Isla Grande uma excelente opção para sua propriedade pela dificuldade de chegar até lá. Para você ter noção, Pablo Escobar tinha um heliporto particular para descer na ilha, já que não havia um barco direto que fizesse a ligação do continente com seu pequeno pedaço do paraíso.

Com a morte de Pablo Escobar, no entanto, a família do traficante acabou abandonando o palácio na ilha, que hoje está assim:

1 11 10 9 8 7 6 5 4 3 2 34 33 32 31 30 29 28 27 26 25 24 23 22 21 20 19 18 17 16 15 14 13 12

– Fazenda Nápolis

E, se você acha que Pablo Escobar economizaria no luxo, por ter um palácio em um ilha, está muito enganado. Na fazenda de Nápolis, o traficante fez um mini parque temático e um zoológico particular, além de uma incrível casa, ou mansão, no estilo colonial espanhol.

Pablo Escobar também tinha, nessa casa, uma arena particular de touradas e, claro, uma pista de pouso privada para seus aviões e helicópteros. Mas, além da estrutura milionária e dos detalhes magníficos do lugar, Pablo Escobar também era dono de animais selvagens e exóticos que mantinha em seu zoológico.

Esse bichos, aliás, depois da morte de Pablo Escobar, foram distribuídos entre outros zoológicos colombianos, como os de Bogotá. Mas alguns animais mais pesados e perigosos, como os hipopótamos, acabaram ficando na região e se reproduzindo por ali. Estima-se que, hoje em dia, uma população de, pelo menos, 30 hipopótamos ainda vivam nas proximidades da “hacienda Nápolis”.

3635 49 48 47 46 45 44 43 42 41 40 39 38 37

E, por falar criminosos, você precisa de ler também: 7 casos de pena de morte em que as execuções falharam.

Fontes: History, Atlas Obscura, Casa Vogue