Ciência & Tecnologia

É perigoso nadar ou tomar banho depois de comer?

Sua mãe sempre proibiu você de tomar banho no chuveiro ou de piscina depois do almoço? Descubra se é mesmo perigoso nadar ou tomar banho depois de comer.

Se sua mãe for igual a 99% das outras mães, com certeza, você já levou a maior bronca ao tentar nadar ou tomar banho depois de comer. Mas, afinal, será isso realmente tem algum fundamento? Será que entrar na água depois de comer é mesmo capaz de causar congestão ou algo do tipo?

O melhor jeito de responder essas questões todas é indo por partes. Primeiramente, é preciso saber que nosso organismo concentra energia na digestão quando terminamos de comer.

Portanto, nosso fluxo sanguíneo fica concentrado nos músculos do sistema digestivo. Basicamente, isso direciona mais oxigênio para que esses órgãos trabalhem a todo vapor.

Exercícios intensos x tomar banho depois de comer

Conforme os médicos, o que realmente não é recomendável é praticar algum tipo de exercício físico depois de uma grande refeição. Isso porque você acaba criando competição com seu sistema digestivo. Ou seja, você força o corpo a direcionar o fluxo para outros músculos.

E, na verdade, essa atitude pode mesmo ser perigosa. Resumidamente, você sentir desconfortos, náusea, soluços, dores abdominais e outros sintomas de uma síncope.

Continua após a publicidade

Mas, claro, isso depende muito das condições físicas da pessoa e da quantidade que ela comeu. Em casos extremos, pode até mesmo acontecer um infarto.

Logo, o que está realmente proibido é nadar intensamente, brincar de forma agitada na água ou fazer algum tipo de exercício físico pesado depois das refeições. Curtir uma piscina, sem muito esforço; e tomar banho depois de comer não fazem mal algum, como explica o ortopedista Ricardo Munir Nahas, coordenador científico da Associação Paulista de Medicina.

Bom senso

De acordo com o médico, o que vale nessas horas é o bom senso. Segundo ele, antes de se jogar em um exercício físico intenso, o certo é pensar no que foi ingerido anteriormente. Se o cardápio foi com frutas e comidinhas leves, 30 minutos ou mesmo 1 hora costumam ser a espera ideal.

Agora, se o almoço ou o jantar foi uma feijoada ou outra comida pesada e gordurosa, melhor mesmo é dar um espaço de tempo maior. O ideal, nessa situação, é só começar a se exercitar intensamente depois de 3 ou 4 horas.

Continua após a publicidade

E, para enterrar esse assunto de vez (e, quem sabe, até mostrar essa matéria para sua mãe), nadar ou tomar banho depois de comer, desde que não envolva grandes esforços, não faz mal. Só não é recomendado que o banho seja muito quente ou muito demorado, pois, nesse caso, pode acontecer aquela questão da competição por energia no organismo e você poderá enfrentar mal-estar por queda de pressão arterial, por exemplo.

E aí, entendeu? Agora, se você quiser continuar desvendando outras “mentirinhas” nas quais você acreditou a vida inteira, não deixe de ler também essa outra matéria: 15 frases que os pais falam, mas que não são tão verdadeiras.

Fonte: Uol

Próxima página »

Escolhidas para você