E se você for enterrado vivo? Descubra como se salvar

O cinema adora mostrar esse tipo de situação, mas se você fosse enterrado vivo, acredite, a coisa toda seria bem diferente das dos filmes. Isso porque, se um ser vivo for enterrado vivo, a verdade é que ele está com o tempo de vida contado e precisa contar com mais que a pura sorte para conseguir se salvar dessa situação.

Isso porque, se você for enterrado vivo, o oxigênio dentro de seu caixão, muito provavelmente, só dará para você se manter bem durante duas horas, em média. Mas, só se você mantiver a calma, não gritar, nem falar muito e tentar se controlar ao máximo para se movimentar não mais que o necessário. Caso contrário, o ar lá dentro vai acabar muito mais cedo que você pode imaginar.

Agonizante só de pensar, não é mesmo? Pedir para alguém que foi enterrado vivo manter a calma parece até um ato cruel, a gente sabe, mas não existe uma forma muito mais eficiente de garantir que vai dar tempo de você raciocinar e colocar em prática as dicas que listamos logo abaixo.

4

Como você vai ver, elas podem salvar sua vida, caso um dia você tenha a infelicidade de ser enterrado vivo. Aliás, a dicas são, originalmente, do site Today I Found Out, que publicou uma espécie de guia de sobrevivência sobre o tema há algum tempo.

Enterrado vivo. E agora?

  • A primeira coisa, como já dissemos, é manter a calma. Entrar em pânico só acabaria com seu oxigênio mais rápido;
  • DICA: repita um mantra (positivo), mentalmente, várias vezes. isso ajuda a manter a calma e a ocupar a cabeça para que você não pire embaixo da terra;
  • Tente explorar seu caixão. Seria ótimo se você tivesse sido enterrado vivo com seu celular, e que seu aparelho tivesse sinal (e créditos), não é mesmo? Além disso, pode ter outras coisas úteis lá dentro, com você, como uma colher (vai saber, não é?), algum tipo de ferramenta e coisas assim;

3

  • Jamais, em hipótese alguma, faça fogo. Se encontrar fósforos, guarde ele para colocar fogo no cemitério quando estiver a salvo. Isso porque, dentro do caixão, o fogo só consumiria todo seu oxigênio precioso e escasso;
  • Bom, se você não tinha um celular e não conseguir ligar para ninguém, melhor começar a agir. Nesse caso, comece verificando a qualidade do seu caixão: quanto menos reforçado, mais chances de se salvar;

Plano de fuga

  • Considerando a melhor das hipóteses: seu caixão é daqueles bem baratinhos e a terra que está sobre você já começou a fazê-lo ceder. Aí, então, é só aproveitar sua segunda chance de vida e usar a força do corpo e as mãos para romper a tampa e abrir espaço para seu corpo na terra recém-cavada e, por isso, mais solta. Ah… e não se esqueça que o esforço precisa ser pouco e certeiro, ou você vai continuar enterrado vivo.

2

  • Ainda sobre as chances de você conseguir cavar a terra, use a camisa que estiver usando para tapar o nariz e a boca antes de começar a agir. Isso vai impedir que você respire tanta terra;
  • Considerando a pior hipótese: o caixão bonito, caro e reforçado. Melhor não considerar isso.
  • Voltando ao caso em que tudo dá certo, assim que conseguir, tire sua cabeça para fora do caixão;
  • Agora, continue seu trabalho e não se esqueça: seu tempo está passando. Então, reúna seus esforços para conseguir chegar à superfície.

1

  • Se seu condicionamento físico for bom, você pode, com muito esforço, tentar sair sozinho do buraco em que foi enterrado vivo. Se não, bom, é melhor começar a fazer barulho e descolar a ajuda de alguém;
  • Agora, se sua cabeça não estiver para fora, nesse ponto, depois de tanto esforço… bom melhor mesmo é que, além de ter sido enterrado vivo, você saiba rezar.

E agora, sabe como se salvar se, um dia, você for enterrado vivo?

Ainda falando enterros e cemitérios, confira também: 8 coisas que você pode ser tornar depois da morte e 5 coisas que acontecem com o corpo depois da morte.

Fontes: Today I Found Out, Mega Curioso