História

Estado islâmico, o que é, como surgiu e sua ideologia

Sabe por que o Estado Islâmico existe? E em que ele acredita? Entenda o que existe por trás da imagem agressiva que o grupo transmite ao mundo

Atualizado em 21/05/2019
Por Emilly Krishna

Hoje em dia, infelizmente, as notícias de ataques terroristas estão em alta nas mídias. Como o que ocorreu nos Estados Unidos e na França. E, o que a grande maioria sabe é que esses ataques são feitos por grupos terroristas, como por exemplo, o estado islâmico.

Esses grupos no final das contas fazem isso por lutas de territórios, ataques a minorias, ou até mesmo para acabar com quem não defende suas leis. Em vista disso, muitos civis acabam morrendo perante tantas guerras. E é exatamente por tamanha violência que esses grupos hoje são classificados como “inimigos da paz”.

Por isso, para lhe explicar melhor sobre esses grupos, e em específico o estado islâmico, produzimos essa matéria para que você consiga aprofundar melhor os seus conhecimentos na História.

Surgimento do estado islâmico

Primeiramente, o estado islâmico, que antes se chamava, Estado Islâmico do Iraque e Levante (EIIL). Ele foi criado em 29 de junho de 2014, por um grupo terrorista sunita, dissidentes da Al-Qaeda do Iraque. Esse grupo hoje, se reconhecem como um califado que atuam de forma terrorista.

Para explicar melhor, o califado é um estado o qual é comandado por um califa, que é considerado como o sucessor do profeta Maomé. Esse sucessor então, age como chefe da nação e líder da comunidade de muçulmanos. No entanto, os muçulmanos juram lealdade para o califa, seu chefe.

Entretanto, o califa, o qual hoje é o Abu Bakr al-Baghdadi, segue com o poder de aplicar a lei islâmica (sharia) na terra do Islã. Além de, controlar as regiões do Iraque e da Síria. Porém, nos últimos anos eles tem realizado ataques terroristas fora de suas regiões, como por exemplo, na Europa.

Já ouviu falar no estado islâmico? Sabe o que significa? Descubra agora

Porém, as coisas não começaram assim do nada. Na verdade o surgimento do estado islâmico se deu por decorrência da instabilidade pós a guerra no Iraque, causada pela invasão norte-americana em 2003. Após esse ocorrido, grupos jihadistas, como o Al-Qaeda, se instalaram no Iraque e se desenvolveram por lá.

Contudo, em 2006 a Al-Qaeda se rompe do grupo, e por isso o estado islâmico, segue outras diretrizes. Ou seja, suas ideologias são um pouco mais radicais, seguindo determinados princípios do Islamismo. Além de buscarem implantar um emirado islâmico, abrangendo tanto a Síria quanto o Iraque.

Ideologia do grupo

Já ouviu falar no estado islâmico? Sabe o que significa? Descubra agora

A ideologia deles é totalmente baseada no wahabismo, doutrina de Al-Wahhab, ideologia oficial da Arábia Saudita, nação árabe mais rica e poderosa atualmente. Essa doutrina defende uma interpretação literal do Corão e de outros escritos sagrados do Islamismo.

Como já foi dito, eles seguem a lei islâmica (sharia) nos territórios que eles dominam. Que ao contrário da organização que deu origem ao Estado Islâmico, a Al-Qaeda, eles não recorrem à teologia para justificar os crimes que cometem.

Como por exemplo, no ataque do dia 11 de setembro em 2001, o Bin Laden se esforçou para explicar, que aquele ataque era uma retaliação contra a dominação americana das sociedades muçulmanas. Ele quis deixar claro, que aquele ocorrido foi uma forma de  auto-defesa, e não de agressão.

Enquanto esse tipo de atitude, não se encontra no Estado Islâmico. Pois para eles a doutrina é de guerra total sem limites e restrições. De certa forma eles parecem não se importar com o restante do mundo. Pois, eles professam ação violenta sem qualquer preceito teórico ou teológico.

Sharia

Já ouviu falar no estado islâmico? Sabe o que significa? Descubra agora

No entanto, a sharia persegue quem não segue as normas do Corão, quem pensa de forma diferente. Assim como também as minorias religiosas, como os cristãos, curdos, yazidis, ou homossexuais. Além de lutar contra outros grupos islâmicos.

Entretanto, a interpretação deles são de forma mais radical. Pois eles usam dessas leis para espalhar o terror sobre a população. Ou seja, perseguem minorias, e ainda pior organizam ataques terroristas em várias partes do mundo, como por exemplo, os ataques recentemente ocorridos na França.

Aparentemente, o lema do EI é: “Saia do caminho ou você será esmagado; junte-se a nós e faça história”.

Ou seja, eles usam da violência para impor o mundo, e o respeito nas regiões que controlam. Em vista disso, o objetivo desse grupo é voltado para obter a dominação global e a imposição da sharia.

Líder do grupo terrorista

Já ouviu falar no estado islâmico? Sabe o que significa? Descubra agora

Com certeza, muitos só conhecem o Osama Bin Laden, ex chefe da Al Qaeda. Entretanto, dentre as diversas diferenças entre a Al-Qaeda e o Estado Islâmico, está os califas. Como por exemplo, o estado islâmico hoje é controlado pelo Abu Bakr al-Baghdadi e já a Al-Qaeda, é liderada pelo Ayman al-Zawahiri, um teólogo islâmico.

Baghdadi, nasceu em em Samarra, norte de Bagdá, em 1971. No entanto, as informações sobre ele são um pouco mais complicadas de descobrir. Pois, algumas informações apontam que ele já era um militante jihadista durante a era de Saddam Hussein, e outras já não dizem isso.

Entretanto, ele se juntou no início do grupo terrorista, que foi logo após a invasão no Iraque, em 2003. E é visto como um comandante estrategista, e por esse e vários outros motivos, hoje ele está sendo considerado como um dos “terroristas” mais procurados do mundo.

Em vista disso, desde 2014, cerca de 30 países se uniram para lutar contra o EI, esses países se uniram sob a liderança dos Estados Unidos. Entre os países estão: Estados Unidos, Austrália, Dinamarca, Bélgica, França, Alemanha, Turquia, Canadá e Reino Unido.

Procura-se Baghdadi

Já ouviu falar no estado islâmico? Sabe o que significa? Descubra agora

No entanto, a vitória ainda não foi concluída. E por ele ser ,exatamente, um dos “terroristas” mais procurados do mundo, ele se mantém escondido, a ponto de ninguém saber onde ele se encontra. Porém, esse ano, no dia 29 de abril, após 5 anos desaparecido, ele apareceu em um vídeo.

O vídeo do líder do grupo Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, foi transmitido pela organização jihadista. O qual fez referências aos ataques realizados em Sri Lanka, no dia 21 de abril, que foram reivindicados pelo Estado Islâmico.

Enfim, agora para você entender melhor a dimensão e o poder que esse grupo tem hoje, iremos lhe expor alguns números. Como por exemplo, hoje em dia de acordo com algumas estimativas, o grupo possui um total de membros de aproximadamente 50 mil.

Além de, ter em “conta bancária” aproximadamente 2 bilhões de dólares em recursos, eles conseguem se manter com a venda de barris de petróleo, tráfico de mercadorias e doações de simpatizantes de várias partes do mundo.

Agora que já sabe tudo sobre o estado islâmico, venha conhecer outros assuntos: O que fazer se você estiver no meio de um ataque terrorista?

Fontes: G1.globo, Brasil escola, G1.globoIG, Youtube

Imagens: Brasil escola, IG, G1.globo, Muslim girl, Notícias.uol, Rr.sapo

Próxima página »

Escolhidas para você