Curiosidades

ET de Varginha – Relatos, boatos e a verdade por trás das aparições

Há mais de 20 anos, o caso de ET de Varginha parou o Brasil e entrou para a história da ufologia. Saiba detalhes sobre o misterioso episódio

A cidade de Varginha, no interior de Minas Gerais, foi palco de um dos episódios envolvendo alienígenas mais intrigantes do Brasil e também do mundo: o caso do ET de Varginha. Basicamente, tudo começou no início de janeiro de 1996.

Naquela época, um casal de produtores rurais assegurou ter visto algo diferente no céu, em plena madrugada. Em seguida, como se não fosse o suficiente, três jovens afirmaram ter avistado uma criatura esquisita, agachada próxima a um muro.

Portanto, não demorou muito até que a suposta criatura fosse batizada de ET de Varginha. Aliás, todo esse mistério chamou atenção do país inteiro. Especialistas no estudo de vida extraterrestre de todo o mundo, inclusive, voltaram os olhos para o interior mineiro nesse período.

Tudo isso já era bizarro o suficiente, contudo os relatos estranhos não pararam por aí. Vários outros casos de “aparições” foram relatados, além de acontecimentos intrigantes, como mortes misteriosas e objetos estranhos.

Continua após a publicidade

Ou seja, todos estes mistérios ainda fazem a cabeça de muita gente. Porém, vários pontos dessa história ainda não foram explicados. E, para ajudar você a entender o que realmente, aconteceu, listamos os principais relatos da aparição do ET de Varginha logo abaixo.

Relatos sobre o ET de Varginha

1. Aparição do OVNI

ET de Varginha: O que é, relatos e como tudo aconteceu
Fonte: G1

A madrugada era tranquila no sítio de Oralina de Freitas e Eurico de Freitas, na zona rural de Varginha. Porém, um barulho vindo de fora, por volta da uma da manhã mudou tudo. Oralinda percebeu que o gado estava correndo no pasto e foi ver o que acontecia.

“Eu saí na janela pra olhar. [O gado] estava correndo. Aí eu avistei o objeto passando. “Era um objeto cinza e tinha fumaça, grande. Luz não tinha não. Sem barulho”, contou a mulher, descrevendo o que viu fora de casa. Então, ela chamou o marido e os dois ficaram vendo o objeto por 40 minutos.

“Na hora em que ela me chamou, eu estava na sala vendo televisão. [O objeto] estava muito baixo e ia baixando cada vez mais. Era comprido, do tamanho de um ônibus, com uns negócios mexendo. Cobria tudo de fumaça, uma fumaça clara”, disse seu Eurico.

Continua após a publicidade

Contudo, do nada o objeto sumiu, indo em direção à rodovia Fernão Dias, próxima ao sítio do casal. Apesar do relato, os dois não se lembravam da data do acontecido, já que apareceram só quando o caso estourou. Porém, um relato de um homem, no mês de outubro de 1996, marcou a data exata do aparecimento do OVNI em Varginha.

2. Uma nave caída

ET de Varginha: O que é, relatos e como tudo aconteceu
Fonte: G1

Ademais, Carlos de Souza disse que, no dia 13 de janeiro de 1996, viu um objeto com as mesmas características ditas pelo casal. Porém, segundo ele, o OVNI passou pela Fernão Dias e aparentou que estava caindo.

Com isso, o homem entrou em uma estrada de terra e foi atrás do objeto que parecia um dirigível. Então, ele se deparou com a polícia e o exército cercando os destroços da nave. Ele ainda conta que as peças eram cinzas, parecidas com metal.

Continua após a publicidade

Basicamente, os oficiais pediram veementemente que o homem se afastasse do local. O homem também jura que as autoridades pediram que ele não falasse a ninguém sobre o que tinha visto. Porém, a história veio à tona no meio de todo o burburinho na cidade de Varginha.

3. O “animal” estranho

ET de Varginha: O que é, relatos e como tudo aconteceu
Fonte: G1

Esta é a história mais famosa envolvendo o ET de Varginha, que diz que ele foi visto. Ademais, as espectadoras foram três jovens: Kátia Andrade Xavier, de 22 anos, e as irmãs Liliane de Fátima Silva, de 16 anos, e Valquíria Aparecida Silva, de 14 anos.

Segundo o relato delas, por volta das 13h de um sábado e as três voltavam para casa. Naquele dia, elas decidiram pegar uma caminho diferente do habitual e passaram por um lugar cheio de terrenos entre o bairro Jardim Andere e o Santana.

Porém, em um determinado momento, ao passarem perto de um muro, Kátia deu um grito. Ao observarem melhor, viram uma criatura agachada. “Era marrom, a cor. Era baixinho. Estava agachado, mas era baixo. Eu tinha a impressão que era uma coisa assim muito mole, que dava a impressão que ia estourar, com a pele lisa e os olhos vermelhos, que olhou para nós. Foi coisa assim, rápida, de você bater o olho e falar, é assim e pronto. E é isso. Mas não tinha como ser humano, nem ser um animal”, descreveu Kátia em uma entrevista.

Continua após a publicidade

Além disso, as três irmãs apontaram que o ser tinha veias saltadas, machas e protuberâncias pela cabeça.  “Estava com as mãos no meio das pernas, braços bem finos, os olhos eram duas bolas vermelhas. Um homem ou um animal não era, de jeito nenhum”, disse Valquíria.

Ademais, após olharem a criatura por alguns segundos, saíram correndo dali. Depois de 25 minutos, o bicho já havia desaparecido, mas o local tinha um cheiro ruim e marcas pelo chão.

4. Capturas

Após a aparição, a movimentação de militares e policiais aumentou por Varginha. Em livros dos três principais ufólogos do Caso Varginha, inclusive, há a história que um par de policiais capturou uma criatura em uma noite, enquanto faziam a ronda.

Continua após a publicidade

De acordo com os ufólogos que investigaram o ET de Varginha, cerca de duas criaturas foram pegas pelo exército durante os acontecimentos. Porém, tudo foi mantido em extremo segredo.

Acontecimentos anormais

1. Morte de um soldado

ET de Varginha: O que é, relatos e como tudo aconteceu
Fonte: G1

Segundo consta no livro de Rodrigues, um dos principais ufólogos de Varginha, o soldado Marco Chereze morreu no dia 15 de fevereiro de 1996, aos 23 anos de idade. Ademais, após participar de uma captura, ele foi submetido a uma cirurgia para a tirada de um abscesso.

Após isso, ele teria piorado, tido febre e dores pelo corpo. Então, ele foi transferido para o CTI (Centro de Terapia Intensiva) do Hospital  Bom Pastor, e morreu após um quadro infeccioso generalizado.

Porém, segundo o cardiologista Cesário Lincoln Furtado, um dos médicos que cuidou de Marco, o laudo final não teve conclusão da causa da morte.

Continua após a publicidade

2. Mortes no zoológico

ET de Varginha: O que é, relatos e como tudo aconteceu
Fonte: G1

Outras mortes misteriosas aconteceram em Varginha após o aparecimento do ET. No zoológico da cidade, por exemplo, vários animais morrerem dias após o aparecimento da criatura.

A bióloga Leila Cabral, que cuidava do local, aliás, já contou sua versão sobre a história. Segundo ela, no dia em que as moças viram o bicho, uma forte chuva caiu sobre a cidade.

Ademais, conforme contou Leila em várias entrevistas, aparentemente os bombeiros iam entregar algum animal “esquisito” a ela. Contudo, os bombeiros nunca voltaram lá.

“Quando eu cheguei, o Nelson, que era porteiro, me disse: ‘Dona Leila, o Corpo de Bombeiros veio aqui com um bicho muito esquisito e eles falaram que iam entregar só pra senhora”.

Continua após a publicidade

Porém, o que chamou atenção foram as mortes que aconteceram no zoológico depois deste dia. Isso porque elas se estenderam durante os meses de fevereiro e abril: “Eles começaram a morrer de um jeito muito estranho. Simplesmente morriam. Não tinha explicação plausível. Uns cinco animais morreram”, contou Leila.

As necrópsias nos animais, inclusive, apontaram uma substância tóxico-cáustica não identificada em todos eles, mesmo se tratando de espécies diferentes e com alimentação diferenciadas. Um envenenamento, aliás, chegou a ser cogitado, mas foi descartado em seguida.

O que aconteceu na verdade? (Segundo as autoridades locais)

ET de Varginha: O que é, relatos e como tudo aconteceu
Fonte: UFO de verdade

A versão oficial, obviamente, é de que nada existiu. Para as autoridades, aliás, tudo não passou de delírio coletivo. Para o tenente-coronel Lúcio Carlos Pereira, então encarregado do IPM, o que as três jovens viram, na verdade, foi “mudinho”, um homem que andava por Varginha e que costumava ficar agachado.

Continua após a publicidade

Na época, inclusive, “mudinho” tinha 30 anos e morava bem em frente ao terreno em que as garotas disseram ver a criatura.

ET de Varginha - Relatos, boatos e a verdade por trás das aparições
Fonte: Mega Curioso

“(É) mais provável a hipótese de que este cidadão, estando provavelmente sujo, em decorrência das chuvas, visto agachado junto a um muro, tenha sido confundido, por três meninas aterrorizadas, com uma ‘criatura do espaço”, apontou o tenente-coronel Lúcio Carlos Pereira.

Mais explicações

Contudo, o fato de grande movimentação militar em Varginha na época também tem uma explicação. O promotor da Justiça Militar Antônio Antero dos Santos disse que os militares não capturaram alienígenas e que tudo passou de um equívoco.

Ademais, outro oficial que prestou explicações foi o sargento Valdir Ernesto dos Santos, que era Responsável pela Companhia de Manutenção e Transporte da Escola de Sargentos das Armas (ESA), de Três Corações.

Continua após a publicidade

Ele disse que, o grande movimento de veículos militares no local se deu porque eles estavam sendo transportados à concessionária Automáco Comercial e Importadora, em Varginha, somente para terem manutenção.

Por fim Rodrigues, um dos ufólogos mais presentes no caso do ET de Varginha entrevistou centenas de pessoas e militares e, para ele, o ET não passa de um mito: “Acredito ainda que houve uma série de fatos complexos que envolveram Exército, Polícia Militar, Bombeiros e hospitais. Pessoas disseram que viram, que tocaram em um extraterrestre, mas isso não serve de comprovação científica. Naquela época, a nossa tendência era acreditar que teria sido um ser de outro planeta.”

E aí, para você, o caso do ET de Varginha existiu ou não? Gostou desta matéria? Então leia mais essa: 7 supostas aparições de ETs mais famosas da história.

Fonte: G1, Fatos desconhecidos.

Continua após a publicidade

Imagem: G1

Próxima página »

Escolhidas para você