Notícias

Explosão de Covid-19 com mortes faz a Rússia superar o Brasil em casos

Uma explosão de Covid-19 na Rússia fez com que os casos envolvendo mortes no País europeu ultrapassassem os números do Brasil.

Uma explosão de Covid-19 na Rússia fez com que os casos envolvendo mortes no País europeu ultrapassassem os números do Brasil. Sendo assim, ocupa o segundo lugar no ranking mundial de situações com óbitos. Portanto, a primeira posição ainda é dos Estados Unidos da América (EUA). 

De acordo com dados oficiais da Rússia, desde o início da pandemia até janeiro deste ano houve no total 10,6 milhões de casos de covid-19 e 317,6 mil mortes. No entanto, os dados de mortalidade da Reuters informaram que no mesmo período os números são de 658 mil mortes pelo novo coronavírus no País.

Por isso, a explosão de Covid-19 na Rússia envolvendo mortes ultrapassou o Brasil que possui o registro de 620 mil mortes oficialmente. Além disso, pode ter alguma elevação com equívocos nos dados brasileiros devido às subnotificações  nos picos da pandemia. Vale ressaltar que o Brasil também sofre com a falta de testes para detectar o novo coronavírus. Ou seja, outro motivo que pode alterar os números verdadeiros. 

Quando e porque aconteceu a explosão de Covid-19 na Rússia?

Explosão de Covid-19 com mortes faz a Rússia superar o Brasil em casos

A explosão de Covid-19 na Rússia aconteceu no último trimestre de 2021 devido a variante delta e também com o avanço da ômicron. Porém, um dos quesitos mais questionados no País europeu é a real qualidade da vacina Sputnik V. Apesar da eficácia de 92% da vacinação, os especialistas reclamaram sobre a falta de transparência na divulgação dos dados do imunizante.

Além disso, menos de 50% da população russa estão completamente vacinados. Os dados são da plataforma Our World in Data. Ou seja, é número muito baixo de pessoas que possuem imunização contra a Covid-19.

Continua após a publicidade

Outro fator que alimentou a explosão de Covid-19 na Rússia foi a dificuldade do governo russo em convencer grande parte do País a se proteger contra o novo coronavírus com o uso de máscaras, medidas de isolamento social e outras restrições que auxiliam no combate ao vírus. 

Sendo assim, gerou uma onda de protestos violentos na Europa contra os parâmetros dos governos no último ano em combate a propagação da Covid-19. Portanto, a população está em revolta devido aos duros métodos de evitar aglomerações e o trânsito de pessoas.

Leia também sobre Mortes de crianças por Covid-19 que está quase a 800 casos, aponta pesquisa!

Próxima página »

Escolhidas para você