Mundo Animal

Tudo sobre o Falcão-peregrino, a ave mais rápida do mundo

O falcão-peregrino é uma das aves de rapinas mais comuns no mundo inteiro, conhecido especialmente por ser o animal mais rápido do mundo

Por P.H Mota

O falcão-peregrino é uma das aves de rapina mais populares do mundo, por estarem presentes em praticamente todos os continentes. A exceção fica por conta da Antártida, onde eles não estão presentes.

Seu nome, peregrino, tem origem em seus hábitos de andarilho e viajante, o que é possível graças à sua velocidade. Isso porque esta espécie de falcão pode passar de 300 km/h enquanto voa, marca que lhe garante o status de animal mais rápido do mundo.

Entre seus hábitos de viagem, o Brasil costuma aparecer na rota de migração entre os meses de outubro e abril. Nessa época, inclusive, o falcão pode ser encontrado até mesmo em grandes centros urbanos.

Subespécies de falcão-peregrino

Falcão-peregrino - características e hábitos das espécie andarilha
BioDiversity4All

Esta espécie de falcão pode ser subdividida em 19 subespécies conhecidas ao redor do mundo. Apesar disso, apenas duas delas são percebidas no Brasil. São elas:

Continua após a publicidade

Tundrius: assim como o nome sugere, o Falco peregrinus tundrius é natural da tundra ártica da América do Norte. Entretanto, durante o inverno, essas aves fogem do frio viajando para a América do Sul, em regiões do sul do Chile, Argentina e Brasil.

Anatum: essa subespécie de falcão-peregrino também ocorre normalmente em regiões da América do Norte, do sul do Canadá até o norte do México. No inverno também migra para o sul, sendo mais comum em países da América Central. Apesar disso, podem aparecer no Brasil com uma certa raridade.

Características

Falcão-peregrino - características e hábitos das espécie andarilha
BioDiversity4All

As penas do falcão-peregrino são majoritariamente cinza-escuro, mas possuem algumas variações. No peito e no abdômen, por exemplo, é comum que tenham tons mais claros e mais próximos do branco ou creme. Além disso, o rosto é marcado por uma faixa sob os olhos, lembrando a forma de lágrimas.

Já a cera (membrana localizada sobre o bico) é de cor amarela ou laranja. A íris costuma ser. Por outro lado, as criaturas mais jovens apresentam plumas em tons de marrom.

Continua após a publicidade

Em média, tem entre 35 e 51 cm e pesa de 410 a 1060 g. As fêmeas, no entanto, são ainda maiores e podem pesar até 1,6 kg.

O falcão-peregrino é uma ave de hábitos solitários, mas que pode apostar na parceria com uma dupla para realizar a caça. As espécies vivem em regiões costeiras ou montanhosas, apesar de migrarem para outra regiões, incluindo cidades.

Apesar dos hábitos migratórios, n o entanto, as criaturas sempre voltam para o mesmo local anualmente, durante a invernagem.

Caça e alimentação

Falcão-peregrino - características e hábitos das espécie andarilha
BioDiversity4All

Assim como outras aves de rapina, esse tipo de falcão aposta na velocidade para caçar. Como animal mais rápido do mundo, o falcão-peregrino se aproveita disso para dar mergulhos eficientes na captura de presas.

Continua após a publicidade

Geralmente, seus alvos favoritos incluem morcegos, peixes, insetos, pequenos mamíferos e até mesmo outras aves. Apesar disso, nem sempre esses animais conseguem consumir as aves que abatem.

Isso porque, quando estão em centros urbanos, por exemplo, as vítimas podem se perder ou ficar inacessíveis para o falcão após o ataque. Também é comum que outras aves de rapina se aproveitem da velocidade de caça do falcão para, em seguida, roubar as presas abatidas.

Reprodução

Falcão-peregrino - características e hábitos das espécie andarilha
BioDiversity4All

Quando em ambientes selvagens, os falcões montam seus ninhos em regiões próximas às bordas de penhascos. Por outro lado, alguns animais podem preferir utilizar ninhos já construídos anteriormente por outras espécies de aves.

Já nos centros urbanos, o normal é que os ninhos sejam feitos nos espaços mais altos possíveis. Entre eles, por exemplo, estão topos de prédios, pontes e torres construídas em pontos elevados.

Continua após a publicidade

Em média, uma ninhada produz 3 ou 4 ovos, que chocam com um pouco mais de um mês (entre 32 e 35 dias). A partir daí, um período com quase a mesma duração (de 35 a 42 dias) é necessário para que os filhotes fiquem completamente emplumados. No entanto, mesmo após esse tempo, eles ainda dependem da ajuda dos pais por até um mês.

Ainda que visite o Brasil em fases de migração, o falcão-peregrino não se reproduz por aqui.

Ameaças ao falcão-peregrino

Falcão-peregrino - características e hábitos das espécie andarilha
BioDiversity4All

Apesar de ser um predador eficaz, principalmente por sua velocidade, o falcão-peregrino sofre com uma série de ameaças. A mais grave dela é o envenenamento provocado por alguns tipos de inseticidas, como o DDT.

Entre as décadas de 50 e 60, por exemplo, a espécie sofreu graves ameaças por conta do uso descontrolado desse tipo de inseticida. Atualmente, entretanto, ele é banido das plantações, o que ajudou a retomada do equilíbrio do número de falcões na natureza.

Continua após a publicidade

Por outro lado, a reintrodução das criaturas na natureza dependeu da liberação de criaturas nascidas em cativeiro, o que afetou os hábitos migratórios. Uma vez que não foram adaptadas a fazer longas viagens para o hemisfério sul, por exemplo, esses falcões passaram a ser menos frequentes em países como o Brasil.

Atualmente, as principais ameaças à espécie consistem no abate e roubo de filhotes feitos por humanos e na degradação de seus habitat naturais.

Fontes: Aves de Rapina Brasil, Aves de Rapina Brasil, Portal dos Pássaros

Imagens: BioDiversity4All

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você