Mundo Animal

Gato Persa – História, características e principais cuidados com a raça

O gato Persa é uma das primeras raças de gatos da história e está com a humanidade desde as primeiras civilizações antigas.

Atualizado em 28/09/2020

O gato Persa é um dos mais populares entre admiradores dos felinos domésticos. Esses gatos são marcados por uma personalidade calma e gentil, mas de um visual elegante e marcante, que o diferencia de outros da mesma espécie.

Essa raça também é muito indicada para pessoas que tem uma vida de muitos hábitos e rotinas. Isso porque, o comportamento do gato Persa se adapta bem a essa realidade, provavelmente por ser uma das raças de gato mais antigas de todo o mundo.

De acordo com informações da Enciclopédia do Gato, a raça também pode ser conhecida por outros nomes. Entre eles, o mais popular é Longhair, mas há outras classificações assim como Hiamalio, para a variação Colourpoint, ou Chincilla, para a variação Silver Tipped.

História do gato Persa

Gato Persa - história, características e principais cuidados com a raça
Unsplash

É sabido que o gato Persa existe há muitos séculos, mas há muitos mistérios sobre sua origem. Por lado, também é possível apontar alguns dados, como o local de sua origem.

Como o próprio nome indica, esses fatos surgiram na região do atual Irã, no Império Persa. Ao mesmo tempo, a raça de gato também era adorada como sagrada no Antigo Egito.

Por outro lado, os felinos perderam parte do valor durante a Idade Média, quando foram perseguidos. Na época, inclusive, era comum que os fatos fossem associados a práticas de bruxarias.

Segundo estudiosos de raças, o gato Persa surgiu do cruzando de algumas raças, incluindo o gato Selvagem Europeu e o Gato-de-Pallas. A teoria mais aceita é a de que o explorador italiano Pietro Della Valle teria trazido um grupo de gatinhos da Pérsia para a Europa.

Durante o início do século XX, gatos Persas começaram a ser importados da Grã-Bretanha, para os EUA. Dessa maneira, eles acabaram ganhando popularidade no país e, com a ajuda da internet, no mundo todo.

Características

Gato Persa - história, características e principais cuidados com a raça
Unsplash

Uma das características mais chamativas do gato Persa é a sua pelagem. Por causa dos pelos extensos e esvoaçantes espalhados pelo corpo todo, os gatos possuem um charme peculiar e uma textura fofa.

Além disso, esses pelos podem ser encontrados em sete variedades de cores. Entre as principais, por exemplo, estão padrões com cor sólida, prata com dourado, degradê, malha e multicores. Há ainda a variação Himalaia, que apresenta uma pelagem em tons próximos do Siamês.

Apesar dos pelos volumosos, o gato Persa tem um corpo pequeno definido por uma cabeça bem redonda e uma cauda curta, mas avantajada.

Em média, um gato Persa pode pesar de 3 a 7 kg e viver entre 10 e 15 anos.

Personalidade

Gato Persa - história, características e principais cuidados com a raça
Unsplash

Esses gatos possuem uma personalidade extremamente calma, mas também são muito inteligentes. Geralmente, ficam confortáveis ao lado de suas famílias e são gentis. Por outro lado, não são gatos que gostam de brincar o tempo todo, e podem se irritar com interações muito constantes.

Diferente de outros gatos, os Persas não gostam de brincar nas alturas. Por causa disso, é mais raro encontrar gatos dessa raça se aventurando por estantes, prateleiras e armários mais altos.

Para se comunicar, os Persas costumam utilizar seus olhos, grandes e expressivos. Ainda que também usem os miados, a expressão facial é muito importante e deve ser observada.

Higiene em gato Persa

Gato Persa - história, características e principais cuidados com a raça
Unsplash

Por causa de seus longos pelos, o gato Persa precisa de muito cuidado. A escovação, por exemplo, deve ser feita diariamente para que o gato continue com os pelos limpos, brilhantes e desembaraçados.

É importante encontrar escovas macias apropriadas para o tipo de pelo, afim de não causar danos no animal.

Além disso, o gato Persa também precisa tomar banho com frequência. Ainda que as lendas digam que gatos não gostam de água, eles devem ser acostumados ao hábito desde cedo, para que não fujam do banho.

Também é essencial ficar atento a problemas de saúde de origem hereditária. Entre eles, se destaca a braquicefalia, ou seja, o crânio com tamanho maior e desproporcional em relação ao corpo. Também são comuns problemas de visão, respiratórios e odontológicos, bem como dermatites e problemas renais.

Fontes: Petz, Patas da Casa, Patas da Casa, Canal do Pet

Imagens: Unsplash