5 formas de comunicação dos gatos com seus donos

Apesar de lindos e absolutamente fofos, os gatos são um dos seres mais injustiçados do mundo animal. Isso porque são incompreendidos e considerados criaturas inexpressivas e sem um pingo de amor, tadinhos! No entanto, isso é só calúnia, já que existem formas de comunicação dos gatos com seus donos que quase ninguém percebe.

Mas por que será que essas formas de comunicação dos gatos é tão sutil? Se você também está se perguntando isso, fique sabendo que a culpa não é completamente dos bichanos. Nós, os seres humanos, já consideramos logo de cara que eles não são capazes de grandes expressões, especialmente quando o assunto é afetividade. Então, o que fazemos quase sempre é não notar no que o bichano está querendo dizer.

É lógico que a despeito da comunicação dos cachorros, as formas de comunicação dos gatos são praticamente inexistentes, mas é preciso estar atento a alguns sinais dos gatinhos para entendê-los melhor.

6

Pelo menos essa é a conclusão dos estudos desenvolvidos pela pesquisadora e especialista em comportamento animal Sharon Crowell-Davis, da Universidade da Geórgia. Segundo ela, os gatos podem ser bastante expressivos se soubermos compreender o que estão “falando”.

É por isso que ela destaca alguns recursos básicos que todo dono de gato precisa compreender para ter uma ligação melhor com seu bichinho e para deixar de acreditar em alguns mitos sobre contam por aí sobre eles. Na lista abaixo você tem acesso a essas estratégias de comunicação felinas e o que elas realmente querem dizer.

Descubra 5 formas de comunicação dos gatos com seus donos:

1. Ronronar

1

Apesar de todo mundo achar que aquele barulhinho que os gatos fazem é sinal de felicidade, especialistas garantem que o ronronar pode ir muito mais além. De forma geral, é uma forma dos felinos pedirem algo, seja um carinho ou algo mais urgente.

Pode também significar um alarme de ferimento ou doença. Então, é bom olhar para seu gatinho quanto ele ronronar, já que essa forma de comunicação dos gatos pode significar muita coisa.

2. Expressões faciais

3

Você pode até não notar, mas os gatos têm SIM expressões faciais variadas, para situações variadas. Se você parar para observar, por exemplo, vai conseguir diferenciar uma expressão de estresse ou de aflição de uma expressão de conforto, por exemplo.

Conforme a especialista, quando os gatos estão tensos, os músculos faciais deles também ficam tensos e, quando estão relaxados, os músculos da face também relaxam. Então, essa é, claramente, uma das formas de comunicação dos gatos, embora quase ninguém perceba.

3. Esfregadinha nas pernas

2

Quando um gato se esfrega nas suas pernas, esse não é, exatamente, o sinal de que ele está querendo alguma coisa, como carinho, por exemplo. Os bichanos fazem isso até mesmo uns com uns outros como uma saudação ou mesmo um tipo de abraço.

No caso dos gatos selvagens, como explicam os especialistas, eles se esfregam uns nos outros, durante vários minutos, depois de grandes períodos de caçadas. É como se eles “matassem a saudade” do grupo.

No caso das suas pernas ou das pernas de estranhos, é mais ou menos assim também. Isso porque os gatos são refinados demais para ficar pulando em sua frente e tentando lamber seu rosto, como os cachorros fazem para receber seus donos.

4. Miado

5

Quem acredita que gato mia para falar com outros gatos, está muito errado. Pelo menos é isso que garante as pesquisas sobre o assunto.

Conforme estudiosos do mundo felino, o miado é uma das formas de comunicação dos gatos desenvolvida, especificamente, para os humanos e não é um comportamento clássico desses bichos. Esse é um recurso que eles desenvolveram para chamar atenção de seus donos, por exemplo.

5. Piscadelas

4

Sabe quando um gato pisca longa e lentamente? Isso é um sinal de conforto, aceitação e até mesmo de afeto, segundo o autor do livro How to Speak Cat, Gary Weitzman.

Segundo ele, embora essa não seja uma das formas de comunicação dos gatos estrategicamente desenvolvidas, ela se trata de uma reação natural do organismo dos bichanos à baixa do cortisol, ou hormônio do estresse, no sangue. Ou seja, para que um gato faça isso, ele precisa estar relaxado.

Quando um gato faz isso perto de você, quer dizer que ele está confortável em sua presença. Eles também fazem muito isso na presença de outros gatos.

Viu como seu gato tenta falar com você o tempo inteiro? Agora confira também outros 20 fatos que os donos de gato precisam saber agora mesmo.

Fontes: Science Of Us, Revista Galileu