Curiosidades

Identidade do torcedor misterioso da Copa da Rússia é revelada!

Lembra do torcedor misterioso, com a bandeira do Brasil, no jogo contra o México? A identidade dele, finalmente, foi descoberta e ele não é brasileiro!

Atualizado em 28/09/2018

Se você acessa a internet, com certeza, viu o meme do chamado torcedor misterioso ou, como foi carinhosamente apelidado, “psicopata do hexa”.

O cara loiro, de olhos meio doidos encarando a câmera e balançando a bandeira do Brasil foi descoberto em meio à torcida e acabou se tornando uma espécie de amuleto da sorte da seleção.

Como rolou na internet depois da virada do jogo contra os “chicos” mexicanos, o torcedor misterioso “sugou a alma” dos jogadores adversários, garantindo a vitória brasileira.

Quem é o torcedor misterioso?

Acontece que, como a web é um território fértil, finalmente a identidade do rapaz foi descoberta. E, o mais interessante de tudo é que, mesmo torcendo pelo Brasil, ele não é brasileiro.

O torcedor misterioso, na verdade é russo e se chama Yuri Torsky. Ele nasceu em Mirny, mas, atualmente, vive em Samara, cidade que sediou o jogo entre Brasil e México.

Hexa sem nosso amuleto

Em entrevista aos sites brasileiros, ele deu uma notícia não muito boa: nosso torcedor misterioso não poderá estar presentes nos próximos jogos, dando ainda mais sorte à seleção brasileira. Ele contou que só tinha ingressos para as partidas que aconteceram em sua cidade.

Sobre a bandeira brasileira que ele ostentava com toda aquela “empolgação”, ele contou que comprou em 2011, durante sua viagem à Guiana Francesa.

Confere algumas fotos do torcedor misterioso e suas andanças pelo mundo:

 

Fala sério, mesmo sabendo quem ele é e que ele deu sorte (supostamente), ainda assim o cara é meio “creepy”, não acha?

Agora, falando em “identidades misteriosas”, essa outra matéria também vai chamar sua atenção: De quem é o rosto nas notas do Real?

Fonte: Fatos Desconhecidos, O Povo

Por <a href='https://segredosdomundo.r7.com/author/renata/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Thamyris Fernandes</a>
Por Thamyris Fernandes
Jornalista pela PUC Goiás. Já flertou com assessoria de imprensa, passou um tempo em jornais impressos e encontrou na internet seu habitat natural. Basicamente, uma taurina curiosa. Gosta de vinho, café, livros, um bom papo e aconchego. Ama o que faz e faz o que ama por aqui. Instagram: @thamyriscf