Curiosidades

Kefir, o que é, como usar e seus benefícios para a saúde

Assim como as tendencias, o Kefir as vezes vai e volta, fazendo parte daqueles chamados "alimentos do momento". Veja os benefícios do Kefir.

Atualizado em 13/05/2019

Existe uma pequena chance de você nunca ter ouvido falar sobre kefir. Talvez o nome não seja completamente desconhecido, porém, talvez você realmente não sabe sobre o que se trata. Ainda assim, ele é um alimento que está em alta nos últimos tempos. Apesar disso, não se engane, a tendencia é muito mais antiga do que você pode imaginar.

Conhecidos por muitos como o “alimento do momento”, o kefir remonta a milhares de anos atrás. Podemos dizer que tudo começou quando os nômades nas montanhas do Cáucaso, fronteira entre Europa e Ásia, encontraram crostas na parede dos recipientes em que transportavam leite.

Provavelmente você ainda está se perguntando: o que é esse tal de kefir? Basicamente ele é um leite fermentado na presença de grãos ricos em bactérias ácido-lácticas, bactérias ácido-acéticas e leveduras. Inicialmente, quando os nômades a descobriram, a batizaram com esse nome. Consequentemente, os fragmentos grudados no jarro foram batizados de grãos de kefir.

“Ela ganhou o nome de kefir, termo que se origina do eslavo keif e significa bem-estar ou bem viver”, afirmou a farmacêutica Elisabeth Neumann, professora do departamento de microbiologia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em uma entrevista ao site Saúde, da editora Abril.

Benefícios do kefir

Todos os benefícios do Kefir, o "alimento do momento", segundo a ciência

Certamente você ainda está se perguntando o que existe de tão especial na bebida. Devido a sua fama, muita gente chega até o alimento sem nem ao menos saber as suas vantagens. Primeiramente, segundo a ciência, seu mais popular benefício é o equilíbrio da microbiota intestinal. Isso por que a bebida conta com micro-organismos probióticos. Consequentemente ela reduz a ocorrência de diarreia e de prisão de ventre.

Além disso, o kefir também diminui a pressão arterial. Uma pesquisa do farmacêutico Tadeu Uggere de Andrade, professor da Universidade Vila Velha (UVV), no Espírito Santo Existe mostra que o alimento causa uma melhoria no desequilíbrio intestinal característico da hipertensão e também do combate ao processo inflamatório do sistema nervoso central, que acaba elevando a pressão.

Além disso, estudos apontam que o alimento também ajuda na diminuição da taxa glicêmica. Consequentemente, ele pode ser um grande aliado nos estudos sobre a diabetes.

Kefir ajuda a emagrecer?

Todos os benefícios do Kefir, o "alimento do momento", segundo a ciência

Finalmente, a perguntar que não quer calar: kefir emagrece? Inicialmente pode-se dizer que o alimento faz bem para a saúde, e tudo indica que ele realmente pode secar a barriga. Ainda assim, não existem pesquisas que consigam comprovar a ligação do alimento com a perda de peso, tornando tudo muito especulativo. Consequentemente, não existe uma resposta certa para essa pergunta.

Além disso, apesar do alimento fermentado ser rico em micro organismos vivos, ele não é a mesma coisa que leite fermentado e iogurte, mesmo que esse alimento industrializado seja oferecido como kefir no mercado. Enquanto o kefir oferta uma rede complexa de bactérias e leveduras, apenas um ou poucos tipos residem nos lácteos que vemos nas prateleiras hoje.

Como fazer kefir de leite

Todos os benefícios do Kefir, o "alimento do momento", segundo a ciência

  • Primeiramente peneire os grãos e, em seguida, coloque-os em uma jarra que tenha sido lavada com água fervente.
  • Em seguida adicione 1 litro de leite sobre 2 colheres de sopa dos grãos. O ideal é que a bebida seja previamente fervida e resfriada em temperatura ambiente.
  • Logo depois tampe a jarra com papel-toalha (nunca tampe impedindo entrada no ar, pode ocasionar explosão devido ao processo) e prenda com elástico. É que o processo de fermentação gera gás carbônico.
  • Deixe a jarra em local com temperatura ambiente para fermentar por umas 20 horas. Durante a fermentação, as bactérias se alimentam da lactose.
  • Após as 20 horas, passe o leite fermentado por uma peneira para separar os grãos. Eles podem ser utilizados em um novo leite, para mais uma rodada de preparo.
  • A bebida fermentada vai para a geladeira por 24 a 48 horas. É aí que as leveduras deixam o produto mais refrescante. Depois, é só usá-lo com frutas, sucos e afins. Dura uns 28 dias em refrigeração.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Quanto tempo seu corpo leva para digerir os alimentos?

Fonte: Saúde

Imagens: Manual dos Curiosos Beba Mais Leite Gazeta Online Ativo