Conheça a lenda do guaraná

O Guaraná é uma fruta amada pelo brasileiro, além disso ela carrega uma lenda muito interessante e famosa no folclore nacional, que tal conhecê-la?

Conheça a lenda do guaraná

Guaraná é uma fruta originária da Amazônia, portanto, uma marca registrada da cultura nacional brasileira. Segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o Brasil é o único país do mundo a comercializar a fruta, embora também seu comerécio também seja forte na Venezuela. O Guaraná foi descoberto pelos europeus no século XVII. Mas, seu uso já era feito pelos índios. Hoje em dia, é possível encontrar a fruta em xarope, pó, refrigerante e até em cosméticos. Mas, o que diz o folclore amazônico sobre a lenda do guaraná? Vamos conferir abaixo.

Lenda do guaraná

Há diversas versões da história que conta a origem do guaraná, mas a principal delas diz que havia um casal de índios que não podiam ter filhos. Por isso, eles pediram a ajuda do Deus Tupã. Algum tempo depois o menino nasceu, um Curumim que passou a ser admirado pela tribo.

Todavia, isso despertou inveja no espírito de Jurupari, o deus da escuridão, que resolveu matar o indiozinho. Um dia o Curumim estava colhendo plantas e o espírito de Jurapari se transformou em uma cobra gigante que matou o menino.

Todos da tribo foram ver o que havia ocorrido e a mãe em prantos, entendeu que os trovões eram um aviso do deus Tupã para plantar nos olhos do menino. No local, nasceu um lindo fruto vermelho, ou o Guaraná.

Continua após a publicidade

Importância da fruta para o Brasil

Para os povos indígenas que vivem nas densas florestas entre o Rio Tapajós e o Rio Madeira no Brasil, as sementes da planta conhecida como guaraná são a base de sua cultura.

Durante séculos, tribos como os Sateré Mawé e os Guarani criaram seletivamente e cultivaram cuidadosamente a Paullinia cupana para produzir as sementes mais potentes. Na língua local, “guaraná” se traduz como “o início de todo conhecimento”.

Continua após a publicidade

As sementes são mais comumente usadas na forma de bebida, mas também como ingrediente no pão. A bebida de guaraná feita pelas tribos é famosa por suas propriedades curativas e energéticas.

Ademais, as sementes contêm até cinco vezes a cafeína do café. Suas outras propriedades químicas são usadas pelos índios para tratar uma série de
condições, da enxaqueca à disenteria à arteriosclerose.

Continua após a publicidade

São essas mesmas qualidades que impulsionaram as diversas formas de guaraná para o mercado internacional. A planta de guaraná está agora em alta demanda em todo o mundo por fabricantes de bebidas, bem como proponentes de remédios à base de plantas.

Contudo, a crescente demanda por guaraná colocou em risco as tradições centenárias dessas tribos amazônicas, para as quais a planta é parte integrante de sua cultura.

Quer conhecer outras lendas? Pois, leia também: Ishtar: origem e lendas sobre a deusa mesopotâmica do amor

Continua após a publicidade

Outras postagens