Mãe descobre nota vermelha do filho de 10 anos e escreve bilhete emocionante

O que sua mãe faria se descobrisse que você tirou nota vermelha em alguma matéria da escola? Se ela for como a maioria, pelo menos uma bronca – ou uma surra de leve – você levaria, não é mesmo?

Acontece que a reação da mãe de Araraquara, Rio de Janeiro, que protagoniza a história que você está prestes a conhecer surpreendeu as pessoas de uma forma tão tocante que foi parar na internet. Aliás, vamos começar esse relato contando o nome dessa mulher: Adriana Fogaça.

O bilhete sobre a nota vermelha

Sabe o que Adriana fez ao descobrir que o filho João Pedro, de 10 anos de idade, havia tirado nota vermelha na escola? Ao invés de puni-lo, ela resolveu valorizar o esforço do filho, escrevendo para ele um bilhete inspirador, como você confere abaixo, acompanhado de alguns doces:

“Você é um filho maravilhoso e muito inteligente. Vamos nos esforçar juntos para você melhorar a letrinha e estudar mais um pouquinho para as próximas provas. Mamãe acredita em você! Te amo”.

Conforme Adriana, a ideia de motivar o filho surgiu quando ele chegou chorando da escola e lhe deu a notícia da nota vermelha.

Ela, que já tinha o hábito de deixar bilhetinhos motivadores para os filhos, não pensou duas vezes antes de escrever uma mensagem de incentivo ao menino para que eles continuasse se esforçando, mesmo depois desse insucesso.

Exemplo no Twitter

Foi a filha mais velha de Adriana, Duda, de 16 anos, que resolveu compartilhar na internet a atitude bonita da mãe.

Em sua conta no Twitter, ela fez uma foto do bilhete de Adriana e explicou, no post, do que se tratava aquele papelzinho.”Meu irmão de 10 anos estava triste ontem pq tirou 2 notas vermelhas. Então, hj minha mãe antes de sair deixou isso em cima de cama dele”, relatou.

Só para que você tenha ideia do sucesso da atitude de Adriana, o post de Duda foi compartilhado mais de 7 mil vezes na rede social.

Leveza e amor

Sobre a forma como lidou com a notícia, Adriana conta que ela simplesmente seguiu seu coração, já que nunca se importou realmente com as notas. Ela acredita que o empenho do estudante é muito mais importante que uma nota azul.

A mãe contou ainda que a inspiração para sua atitude veio de seu pai, que sempre fez questão de “colocar amor em primeiro lugar”. Ela disse que, dessa forma, ela conseguia transformar as situações ruins em momentos um pouco mais agradáveis. É por isso que ela tenta agir com leveza na hora de lidar com os filhos.

Interessante, não? Você acha que Adriana agiu de forma correta? Você acredita que incentivo funcione mais que uma punição nesses casos? Não deixe de compartilhar conosco sua opinião.

Agora, falando em bilhetes interessantes, você pode gostar também de conferir essa outra história: Após 2 anos na nova casa, casal acha bilhete deixado pelos antigos donos.

Fonte: Hypeness