Mausoléu de Halicarnasso: conheça curiosidades do monumento

Halicarnasso tornou-se a capital de um príncipe de guerra, o local perfeito para liderar as tropas, graças a sua excelente localização.

Mausoléu de Halicarnasso: conheça curiosidades do monumento

O Mausoléu de Halicarnasso (na atual Bodrum, Turquia) foi uma grande tumba feita para Mausolo, governante de Caria em 350 a.C. O templo era tão importante que deu origem a uma palavra, um novo conceito: mausoléu.

Desde então, a palavra mausoléu ganhou significado próprio, tendo a sua origem no imperador Mausolo, e atualmente dá sentido a qualquer edifício funerário.

As dimensões deste grande edifício de mármore e as esculturas decorativas que nele se encontravam tornavam-no tão espetacular que se tornou parte das 7 maravilhas do mundo antigo. Saiba mais sobre ele a seguir.

História do Mausoléu de Halicarnasso

O Mausoléu de Halicarnasso é a quinta maravilha do mundo. Aliás, sua história está intimamente relacionada com a história do templo de Ártemis em Éfeso. Foi construído simultaneamente com o segundo templo de Ártemis, que foi rapidamente restaurado após o incêndio.

Continua após a publicidade

O edifício foi construído numa época em que Caria era governada pelo rei Mausolo, por isso recebeu o nome do governante atual. O rei Mausolo era conhecido por sua natureza dura e inflexível. Assim, durante seu reinado, a cidade de Halicarnasso foi declarada capital da Caria.

Onde fica?

Halicarnasso era uma cidade correspondente ao reino de Caria, cidade que se tornou independente sob o comando do governador Mausolo para quem o referido monumento foi construído.

Continua após a publicidade

Hoje a cidade de Bodrum, localizada na Turquia, é considerada um destino turístico frequentado por visitantes locais e estrangeiros.

Características arquitetônicas do Mausoléu de Halicarnasso

O grande monumento ficava em um grande pátio com paredes coroadas com estátuas dos diferentes deuses gregos e quatro guerreiros a cavalo, cada um em um canto.

Continua após a publicidade

No centro, havia uma estrutura sobre a qual estava localizada a tumba de Mausolo. Além disso, uma grande escada ladeada por estátuas de leões conduzia ao topo da plataforma.

O monumento funerário atingiu 45 metros de altura. Além disso, a parte inferior da plataforma, que ocupava um terço da altura, consistia em um bloco cujas laterais eram esculpidas com cenas de ação em que os gregos lutavam contra centauros, amazonas e outros seres mitológicos.

A parte do meio, que ocupava outro terço da altura, tinha 36 colunas, 10 de cada lado, sobre as quais se erguiam diferentes estátuas. Finalmente, na parte superior e ocupando mais um terço da altura, foi construído um imponente telhado piramidal, no topo do qual estava uma carruagem puxada por quatro grandes cavalos que carregavam estátuas de Ártemis e Mausolo.

Como foi destruído?

A grande tumba permaneceu por mais de 1.500 anos, até que um terremoto a destruiu em algum momento entre os séculos 13 e 14, de modo que em 1404 apenas o bloco inferior era reconhecível.

Continua após a publicidade

Este bloco permaneceu assim por mais 90 anos até que em 1494 os Cavaleiros da Ordem de Malta o destruíram para construir um castelo com ele.

Desde a sua construção foi considerado um dos monumentos mais impressionantes do mundo, figurando na lista das sete maravilhas do mundo, passando posteriormente por Mausolo para dar nome às grandes construções funerárias: os mausoléus.

5 curiosidades sobre o Mausoléu de Halicarnasso

1. Fundações

As fundações desta maravilha do mundo são bastante profundas e se estendem por um comprimento muito bom. Em suma, eles foram escavados na rocha que estava no edifício. Uma escavação aproximada de 2,4 a 2,8 m foi feita na forma de um retângulo de 33 × 39 m.

2. Decoração

Segundo a descrição de muitos dos autores, o mausoléu gozava basicamente de uma esplêndida decoração. Desse modo, ele estava cercado por um grande número de estátuas redondas e em diferentes dimensões.

Continua após a publicidade

3. Quadriga

A parte superior do Mausoléu de Halicarnasso era adornada por uma quadriga. Tinha cerca de 6,5 m de comprimento e 5 m de altura. Uma das peças que conseguiu sobreviver foi a cabeça de um cavalo e a sua frente, que é de bronze original, e outro componente que provavelmente faz parte da peça de outro cavalo.

4. Localização

O Mausoléu de Halicarnasso está localizado na cidade hoje conhecida como Bodrum, localizada no oeste da Turquia. Portanto, até hoje você pode ver algumas de suas ruínas que estão basicamente no centro de toda a cidade.

5. Escavações arqueológicas

Por fim, as escavações realizadas no Mausoléu de Halicarnasso estão intimamente ligadas a Charles Thomas Newton, um arqueólogo britânico do século XIX. Quem seria o futuro criador do Museu Britânico e quem carregaria diversos objetos antigos que hoje estão expostos naquele local.

Fontes: Infoescola, Trt

Continua após a publicidade

Leia também:

Taj Mahal: a história e as curiosidades desse incrível monumento

Coliseu de Roma: história e curiosidades sobre o monumento

História da Torre Eiffel: origem e curiosidades sobre o monumento

Continua após a publicidade

Pirâmide de Quéops, um dos maiores monumentos construído da história

Arco de Galério – História por trás do monumento da Grécia

Torre de Pisa – Por que ela é torta? + 11 curiosidades sobre o monumento

Continua após a publicidade

Outras postagens