História

Medusa, uma história tragédia, traição e feminismo na mitologia grega

Medusa é a temida criatura com cabelos de serpentes e olhos que petrificam. Mas você sabia que ela era uma linda mulher que foi abusada?

Atualizado em 06/08/2019

Medusa é famosa na mitologia grega. De forma geral, ela ficou conhecida por ser um mostro ctônico terrível, do sexo feminino.

Sobre sua aparência, basicamente, ela é representada com serpentes no lugar dos cabelos. Também conta com presas de bronze e asas de ouro. E, sobretudo, eu poder é o mais assustador de tudo: petrificar apenas com o olhar.

A fama de tenebrosa todo mundo conhece, contudo, existe uma lado oculto da história. Você, por exemplo, sabe o que teria acontecido com Medusa antes de ser transformada em monstro?

Medusa, uma história tragédia, traição e feminismo na mitologia grega

Segundo a lenda, antes de ser transformada em um mostro, Medusa era uma bela mulher. Filha de duas divindades marinhas, Fórcis e Ceto, ela era uma das três irmãs Górgonas: Medusa era a esperta, Esteno, a forte; e Euríale, a que corria o mundo.

Mas, o que teria acontecido para a musa se transformar em um monstro terrível de cabelos de cobra e olhar petrificante?

Como surgiu Medusa

Segundo o que se conta, tudo começou com uma traição de gênero. Ou seja, duas mulheres que se estranharam. Medusa era uma mulher de corpo lindo e dentes perfeitos, mas o que mais chamava atenção eram seus belos cabelos dourados.

Ela e as duas irmãs eram virgens sacerdotisas de Atena, Deusa da guerra e da justiça. Poseidon, Deus do mar havia desposado Medusa (algumas versões dizem que ela foi abusada) no templo de Atena. A Deusa furiosa pelo desrespeito em seu templo castigou Medusa.

Trágica história de Medusa envolve traição de gênero e patriarcado

A linda mulher foi transformada por Atena em um mostro mortal. Seus lindos cabelos se transformaram em serpentes, seu lindo corpo foi deformado e a pele criou escamas e ficou pegajosa. Já os dentes se transformaram em dente de javali.

Com vergonha do que foram transformadas, as três irmãs se mudaram para um lugar pouco habitado. Perto da caverna onde elas moravam haviam vários corpos petrificados que haviam olhado para elas.

Como Medusa foi morta

Perseu, filho de Zeus com a ajuda de Atena, foi em busca de matar Medusa e tirar sua cabeça. Atena, Hades e Hermes presentearam Perseu com: um elmo, que o deixava invisível, sandálias aladas, um escudo feito de bronze brilhante, uma espada e ainda um alforje chamado quíbisis para poder carregar a cabeça cheia de serpentes.

Medusa, uma história tragédia, traição e feminismo na mitologia grega

Quando foi morta estava grávida de Poseidon, assim o sangue que jorrou do seu pescoço gerou vida. Nasceram assim o cavalo alado Pégaso e o gigante dourado Crisaor.

Trágica história de Medusa envolve traição de gênero e patriarcado

Perseu, tido como herói, usou a cabeça da criatura morta como arma contra seus inimigos. A cabeça ainda petrificava, e depois a entregou a Atena. A deusa o fixou no escudo, transformado-o no poderoso escudo aeges.

Curiosidades

  • As esculturas e pinturas de Medusa enfeitavam os templos gregos. Era símbolo de fortaleza contra os espíritos maus,
  • Do grego, Medusa significa Sabedoria, Protetora, Sabedoria Feminina,
  • No culto das Amazonas, a deusa serpente é a líder,
  • O rosto de Medusa foi adotado como o símbolo da luta feminista. Isto porque ela foi responsabilizada pelo ato sexual com Poseidon e tida como impura e mostro. Refletindo assim a sociedade primitiva.

Trágica história de Medusa envolve traição de gênero e patriarcado

Veja mais sobre o assunto: Os 11 maiores deuses da mitologia nórdica e suas origens

Fonte: Fatos Desconhecidos, Cultura Mix, Blogueiras Negras

Imagens: wiktionaryaurinummonstersvaultpeacebenwilliams