Curiosidades

Medusa: saiba quem foi e como o mito explica sua morte

Medusa era uma górgona, ser com aparência horrenda e serpentes no lugar de cabelos. Ela tinha o poder de transformar quem a olhasse em pedra.

Medusa era uma górgona, uma criatura monstruosa presente na mitologia grega. Sua aparência era assustadora, ela tinha serpentes no lugar dos cabelos e ela transformava todas as pessoas que a olhassem em pedra. Ela era filha de Fórcis e Ceto e tinha duas irmãs, Esteno e Euríale, sendo a única mortal dentre as três.

Medusa foi morta, enquanto dormia, pelas mãos de Perseu, filho de Zeus. O herói recebeu essa difícil missão e conseguiu concluí-la com louvor.

Quem foi a górgona Medusa?

Conforme mencionado, Medusa era uma górgona presente na mitologia grega. Assim como os demais seres de sua espécie, ela tinha aparência feminina, com grandes garras, dentes afiados, asas e serpentes no lugar dos cabelos. Além disso, ela tinha o poder de transformar em pedras as pessoas que a olhassem diretamente para o rosto.

Seu nome tem origem grega e significa “guardar” ou “proteger” e isso se deve ao fato de que sua cabeça se transformou em uma espécie de amuleto com o poder de proteger quem o tivesse contra maus agouros. Aliás, o nome desse amuleto era gorgonião.

Continua após a publicidade

Ela era filha de Fórcis e Ceto e tinha duas irmãs, sendo a única mortal dentre elas. Por existirem muitas versões de seu mito, o local em que ela vivia é um pouco controverso, pois em algumas versões ela morava em Cistene e em outras, em uma região onde hoje é a Líbia.

Há uma versão do mito que narra que Medusa tinha sido uma mortal muito bonita, no entanto, foi punida pela deusa Atena, que a transformou em um ser horripilante. O castigo foi devido ao fato de Medusa e Poseidon terem profanado o templo da deusa, ao terem relações sexuais no local.

Continua após a publicidade

No entanto, há outra variação que conta que todas as górgonas tinham essa aparência assustadora, não só a Medusa.

Medusa e Perseu

A história da morte de Medusa é sua aparição mais conhecida em toda a mitologia. Essa narrativa conta com o herói Perseu, filho de Zeus e Dânae.

Continua após a publicidade

Origem de Perseu

Dânae era a filha de Acrísio, o rei de Argos, que a aprisionou em uma câmara de bronze por ter recebido uma profecia dizendo que o filho dela o mataria. Porém, Zeus conseguiu entrar lá e desposou Dânae, que engravidou e deu à luz Perseu.

Após o nascimento da criança, Acrísio colocou a filha e seu neto em um baú e jogou ao mar. Devido às correntes marítimas, o baú chegou à ilha de Sérifos e foi encontrado resgatado por Díctis, o irmão do rei que governava o local, Polidecto.

Perseu foi criado por Díctis como se fosse seu filho, crescendo, portanto, com segurança e se tornando um homem forte. No entanto, Polidecto começou a se incomodar com Perseu, pois começou a se interessar por sua mãe, e o herói não aprovava. Então, o rei enviou Perseu para uma missão, com o pretexto de conseguir um presente de casamento para Hipodâmia.

Missão de Perseu e a morte de Medusa

Medusa, Perseu, Cabeça, Vaticano, Estátua, Escultura
Pixabay

Polidecto pediu para que Perseu conseguisse a cabeça da Medusa, a única górgona mortal, já que era uma tarefa bem difícil e perigosa, pelo fato de a criatura ser agressiva e poder transformá-lo em pedra caso ele olhasse para ela. O herói aceitou a missão e ainda recebeu presentes dos deuses para ajudá-lo.

Continua após a publicidade

Ele recebeu um elmo de Hades, que o deixava invisível; Hermes lhe presenteou com sandálias aladas; da deusa Atena, ele ganhou um escudo que refletia tudo que tinha ao redor; Zeus, por sua vez, lhe deu uma espada que poderia matar a Medusa.

Depois de adquirir os presentes dos deuses, Perseu foi até a caverna das górgonas, onde encontrou Medusa dormindo. Então, ele foi se aproximando dela utilizando o escudo para se proteger e cortou a cabeça da criatura. O que ele não sabia é que ela estava grávida de Poseidon e, ao cortar a cabeça da górgona, nasceram Crisaor, um gigante que possuía uma espada dourada, e Pégaso, que é uma espécie de cavalo com asas.

Com o elmo de invisibilidade, Perseu conseguiu escapar das irmãs de Medusa que o perseguiam.

Voltando para Sérifos, Perseu utilizou a cabeça de Medusa para transformar Polidecto em pedra como punição pelo plano do rei. Por fim, o herói ofereceu a cabeça de Medusa para Atena, que a utilizou como um adorno e um amuleto em seu escudo.

Continua após a publicidade

Curiosidades sobre Medusa

  • Esculturas e pinturas de sua imagem enfeitavam os templos gregos;
  • Ela era símbolo de proteção contra os espíritos maus, inveja e energias negativas;
  • Do grego, Medusa significa guardiã, protetora, sabedoria feminina;
  • No culto das Amazonas, ela é a líder;
  • O rosto dessa criatura tornou-se um símbolo da luta feminista, porque atribuíram a ela a responsabilidade pelo ato sexual com Poseidon tida como impura. Refletindo, assim, a sociedade primitiva.

Que tal ver essa história contada em vídeo? Confira o vídeo de nosso canal oficial:

Leia também:

Fontes: Aventuras na história, Escola Kids, Mundo Educação.

Continua após a publicidade

Próxima página »

Escolhidas para você