Curiosidades

O que é possível comprar no mercado negro?

Você sabia que, no mercado negro, é possível encontrar itens pra lá de inusitados? Leia o nosso texto e confira!

O mercado negro consiste em relações de comércio fora da legalidade. Itens muito comuns nesse tipo de negociação são as drogas, mercadorias falsificadas e também armas, sobretudo, pessoalmente, além de ransomware e acesso a servidores no ambiente virtual.

Sabemos que o termo ‘mercado negro’ não é o mais adequado e não temos a intenção de discriminar nenhuma parcela da população. No entanto, o nosso uso se dá pelo fato de ser uma expressão popular e muito utilizada pela sociedade, inclusive ao se pesquisar na internet.

Nesse sentido, gostaríamos de reforçar aos leitores que há termos mais apropriados para essas transações, como ‘mercado ilegal’, ‘mercado clandestino’, ‘mercado paralelo’, entre outros. Esperamos que, em breve, possamos substituir o título da nossa matéria, sem que prejudique o acesso a ela pela maior parte da população.

No mais, se você quiser saber o que se vende no mercado clandestino, continue lendo nossa matéria.

O que é comercializado livremente no mercado negro

1. Ransomware

Talvez você não saiba nem o que isso significa, mas saiba que ele pode estar mais próximo de você do que imagina. O ransomware é um tipo de software nocivo que pode bloquear o seu sistema.

Para desbloqueá-lo, existe uma cobrança em criptomoedas, ou seja, é similar a um sequestro. Esses softwares, que, na verdade são malwares, são vendidos ou disponibilizados como se fossem um serviço normal como qualquer outro, para não levantar suspeitas, mas no mercado negro eles são comercializados livremente.

Continua após a publicidade

2. Acesso a servidores vendido no mercado clandestino

No mercado negro, você também pode comprar o acesso a servidores de diferentes partes do mundo. É com as informações desses servidores que muitos hackers conseguem instalar malwares silenciosos e que podem roubar nossas senhas e dados de banco, por exemplo.

3. Venda de contas Paypal no mercado negro

Muitas vezes os hackers não se arriscam a usar as contas roubadas e, por isso, eles vendem as informações que têm para que outros o façam. Geralmente, eles cobram 10% do valor que roubarem.

4. Cirurgias plásticas

Primeiramente, nós concordamos que isso parece uma tremenda loucura, mas sim as cirurgias plásticas ilegais existem no mercado negro.

Esse tipo de comércio ocorre desde os anos 2000 e é extremamente perigoso. No entanto, por ser muito barato, o serviço é de baixa qualidade, o que, aliás, já causou várias mortes.

5. Compra e venda de órgãos no mercado clandestino

Esse é um dos tipos mais populares de itens vendidos no mercado negro. O mais bizarro de tudo isso, no entanto,  é que existem algumas histórias que dizem de pessoas que tiveram seus órgãos roubados e vendidos.

6. Transplante de rins

No Irã, a venda de órgãos é legalizada, mas, mesmo assim, uma parte considerável dos procedimentos são feitos na ilegalidade. A Organização Mundial de Saúde estima que cerca de 10% desses transplantes são feitos ilegalmente.

Continua após a publicidade

7. Encomendar crimes no mercado negro

No mercado negro, você pode realizar diversas atividades ilegais, desde a compra de drogas até realizar a encomenda de um crime. O pior é que você nem sempre precisa ir muito além, às vezes, é possível encontrar esses serviços normalmente no Tumblr, por exemplo.

8. Petróleo

Não só os países petrolíferos que faturam muito com o petróleo. Vários litros do ouro negro são roubados de oleodutos e comercializados no mercado clandestino.

9. Cosméticos alterados

Sabe aquele produto de maquiagem que é o seu sonho, mas que você não consegue adquirir por conta do preço? No mercado negro, é provável que você encontre uma versão falsificada desse produto por um preço bem menor.

Isso é possível, porque a fórmula do produto é alterada, o que o torna mais barato e também mais perigoso, já que a quantidade de químicos de baixa qualidade pode ser tão grande que pode causar irritações e problemas respiratórios.

10. Pessoas

Cerca de um milhão de pessoas são traficadas anualmente, o problema é muito maior do que você imagina. Várias pessoas são atraídas pela internet, com propostas de relacionamentos maravilhosos, quando, na verdade, serão sequestradas e vendidas no mercado negro.

Há boatos de que é possível adquirir uma pessoa a partir de 90 dólares. É horrível, nós sabemos, mas esse é o lado obscuro da internet.

Continua após a publicidade

Efeitos negativos do mercado negro para a sociedade

De modo geral, os principais efeitos negativos desse tipo de negociação diz respeito à venda de produtos nocivos à saúde, além da falta de contribuição com os impostos.

Essas duas consequências podem se desdobrar em muitos outros problemas sociais, como a sobrecarga do sistema público de saúde e, ao mesmo tempo, a falta de verba para investir nele.

Ademais, o próprio mercado é prejudicado, uma vez que a concorrência entre produtos originais e falsificados fica desleal, sobretudo, pela questão do imposto que é embutido nos produtos legalizados e que, consequentemente, aumenta o preço final.

No caso da internet, como vimos, os efeitos negativos são inúmeros, porque envolve a privacidade e os dados das pessoas e também a própria pessoa.

Tipos de mercado

Além do mercado negro, existem outras categorias de mercado, as quais também não concordamos com as denominações.

Mercado branco

Esse é o tipo de mercado oposto ao mercado negro. Ou seja, o mercado branco consiste na comercialização de produtos e serviços que são legalizados, regulamentados e que contam com a aprovação do governo, contribuindo para o PIB do Brasil.

Continua após a publicidade

Mercado cinza

Já o mercado cinza, por outro lado, se trata de vendas de produtos que são legalizados pelo país, no entanto, que utiliza meios de distribuição ilegais. Um exemplo prático é o caso da importação. Quando uma empresa importa produtos como pessoa física, ou seja, sem pagar a taxa de importação para a revenda, é uma prática típica do mercado cinza.

Mercado rosa

Por fim, existe essa categoria de mercado que diz respeito a produtos e serviços de coerção por meio do próprio governo, por exemplo, alistamento militar, cobrança de impostos etc.

Veja também: 

Fonte: Fatos Desconhecidos, WeLiveSecurity, Suno.

Próxima página »

Escolhidas para você