O significado das cores das marcas famosas

Qual é a primeira coisa que você preste atenção quando vê uma marca? Você pode dizer que são muitas coisas, mas a verdade é que antes mesmo da logo, você percebe a cor que a simboliza. Embora os significado das cores seja bastante variado, os tons usados na logo das marcas são pensados exatamente para chamar atenção e despertar a vontade de comprar.

Aliás, conforme uma pesquisa, desenvolvida pela Column Five Media, a cor das logomarcas influenciam até 80% na decisão de compra dos consumidores, sabia? É por isso que as cores e o significado das cores é tão importante para as marcas e o marketing.

E, para você entender melhor o significado das cores, você sabe, por exemplo, por que a Coca-Cola é vermelha? Por que o Facebook é azul?

De forma geral, os significado das cores vão além da estética. O vermelho, aliás, representa a jovialidade, a excitação e a robustez. O azul, um tom menos vibrante, traz confiança e força. Já, o amarelo remete à claridade, ao otimismo e ao conforto; enquanto o verde lembra saúde, paz e crescimento.

Interessante, não, o significado das cores? A gente também acha e, depois da matéria de hoje, você também vai pensar assim. Quer ver?

Confira, abaixo, o significado das cores das marcas famosas:

10. Financial Times – salmão

10

O salmão, como você mesmo pode perceber, é uma cor que transmite credibilidade. É por isso que o jornal britânico Financial Times adotou a cor desde o ano de 1893. Aliás, naquela época, a cor era mesmo para se diferenciar do jornal rival, o Financial News, mas dai em diante funcionou bem.

9. Starbucks – verde e branco

1

Qual o significado da cor da rede Starbucks? De acordo com o presidente da empresa, Howard Schultz, a cores só entraram para a identidade da empresa em 1987, já que transmitia uma mensagem mais afirmativa, digamos assim, para a marca. Além disso, como já vimos, o verde está ligado à saúde e ao crescimento.

Mas essa transformação na logo só aconteceu depois que Schiltz entrou, pela segunda vez na empresa. Antes disso, a marca tinha a cor marrom, embora as sereias já aparecessem nela. O presidente havia saído da Starbucks e aberto seu próprio café, com uma logo verde; e, quando voltou, exigiu que as cores banca e verde fossem implantadas.

8. Land Rover – verde

9

Outra das marcas que traz a cor verde como símbolo é a Land Rover. De acordo com a Business Insider, a cor foi escolhida segundo a cor mais vendida dos carros da marca.

Só que antes, logo da Land Rover era de um verde mais claro com letras vermelhas. Só depois é que se tornou mais sofisticada, com um tom mais escuro de verde e amarelo.

7. Shell – vermelho e amarelo

8

E quem nunca notou na marca espalhafatosa da Shell? Aliás, o vermelho e o amarelo vibrantes foram escolhidos, exatamente, para se destacar das demais marcas de postos da Califórnia. Isso, em 1915. Ah, essas cores também foram escolhidas por causa da bandeira da Espanha, já que aquela região dos Estados Unidos, naquele período, era bastante influenciada pela cultura espanhola.

6. Yahoo – roxo

7

A cor da marca foi escolhida em 1995, mas o motivo é algo polêmico, já que não se sabe, com certeza. Uma versão da história diz que o cofundador da marca, David Filo, queria mudar a cor do escritório e acabou escolhendo o roxo, uma cor pouco usada e, por isso, mais barata. Outros, no entanto, dizem que a tinta era mesmo cinza, mas ficava roxa por causa do efeito da luz nas paredes.

5. Coca-Cola – vermelho

6

No início da marca nos Estados Unidos, por volta de 1890, a empresa pintava de vermelho os barris de xarope, usado na fabricação da Coca-Cola. Essa era uma estratégia, para que os fiscais não confundisse os barris da marca com os das bebidas alcoólicas. Daí, então, pareceu uma boa ideia manter a cor, já que criava uma identidade visual muito forte e remetia a jovialidade e força.

4. Facebook – azul

5

No caso do Facebook, o azul foi escolhido devido ao daltonismo de Mark Zuckerberg. Como ele não reconhece bem o vermelho e o verde, ele acabou escolhendo o azul, que é um tom mais distinto para ele.

3. Tiffany & Co – azul

4

E não é qualquer azul, tanto que o tom passou a ser conhecido como “azul Tiffany”. Aliás, quem escolheu esse tom tão particular de azul foi o próprio fundador da empresa, Charles Lewis Tiffany.

Como contou há alguns anos, ele procurava uma cor que ilustrasse a marca na capa do Blue Book, um anuário de joias lançado em 1845. Contam que ele teria se inspirado no tom das turquesas, pedras muito populares no século 19.

2. BMW – azul e branco

3

E o significado das cores da BMW, qual será? Bom, há uma versão que diz que a logo representa as hélices de um avião no céu, já que a marca começou no ramo da aviação, mas isso não é verdade. O azul e o branco da BMW, na verdade, são as cores da Baviera, estado alemão em que a marca nasceu.

1. Google – azul, vermelho, amarelo e verde

2

De acordo com o designer que criou a logo, Ruth Kedar, toda essa mistura de cores de letra para letra foi feita com uma verdadeira intenção lúdica. Quando a marca foi feita, foram distribuídas as cores primárias, mas, do nada, uma cor secundária, o verde, é inserida para mostra que não existem regras e padrões para o Google.

E, por falar em marcas famosas, você precisa ler também: Os segredos ocultos de 4 marcas famosas e 16 marcas famosas e a origem de seus nomes.

Fonte: Exame