História

Oráculo de Delfos – Origem, curiosidades e importância arqueológica

O Oráculo de Delfos, localizado na Grécia, foi um templo de adoração do deus Apolo, e suas profecias influenciaram a região por cerca de 1200 anos.

Por Adelina Lima

-

Certamente, você já leu ou ouviu sobre a tragédia de Édipo Rei, que acidentalmente matou seu pai e se casou com sua mãe. Desse modo, como muitos gregos, Édipo foi ao oráculo de Delfos para receber uma profecia sobre seu futuro. Por este motivo, o oráculo carrega o nome da cidade grega Delfos, uma cidade na parte sul do continente grego perto do Golfo de Corinto.

A cidade era considerada o ‘axis mundi‘, ou “centro do mundo”, para os gregos e era um centro religioso para Apolo, o deus grego do sol e da música. Além disso, segundo a mitologia grega a cidade foi o local da batalha épica de Apolo e da morte da cobra gigante píton.

Em suma, Delfos foi um local de imensa influência religiosa e política na Grécia antiga. Pessoas privadas, bem como governos locais e de outros países, procuraram seu oráculo antes de realizar qualquer iniciativa pessoal ou pública importante. Atualmente, é um sítio arqueológico bem preservado e respeitado que recebe turistas de todas as partes do mundo.

História do Oráculo de Delfos

Fonte: Free Images

Como lido acima, Delfos era considerado pelos antigos como o centro do mundo, e o oráculo de Delfos era um centro religioso, mais famoso por suas previsões corretas sobre o futuro.

Os oráculos foram dados pela Pítia, a sacerdotisa que murmurava sons incompreensíveis em estado de transe, que por sua vez eram traduzidos em linguagem compreensível e entregues àqueles que faziam a peregrinação em busca de respostas.

Então, desde pessoas comuns a generais e reis consultavam o oráculo de Delfos sobre assuntos importantes. Assim, as questões importantes iam desde disputas familiares do cotidiano até a decisão de um estado de entrar em guerra com outro ou de estabelecer uma colônia.

Como resultado, a reputação do Oráculos de Delfos ultrapassou as fronteiras culturais ao longo da história. Ao mesmo tempo, as profecias de Pítia eram notoriamente ambíguos e podiam ser interpretados de várias maneiras diferentes.

Jogos Píticos

Fonte: Free Images

Como um local de peregrinação, Delfos evoluiu para um complexo de atividades culturais e esportivas. Com efeito, no local ocorria desde a leitura de poesia e peças teatrais, até eventos atléticos semelhantes às Olimpíadas, chamados de Jogos Píticos.

Dessa maneira, os Jogos Píticos aconteciam a cada quatro anos para homenagear o deus grego Apolo, e eram anfitriões de competições de poesia e música, além de eventos esportivos básicos.

Acredita-se que os jogos foram organizados pela primeira vez em algum momento do século 11 a.C., e incluía apenas concursos musicais. Posteriormente, o festival passou a incluir eventos atléticos.

Profecia ou Ciência?

Oráculo de Delfos: origem, curiosidades e importância arqueológica
Reconstrução Oráculo de Delfos/Daydream Tourist

O Oráculo em Delfos é referenciado praticamente em toda mitologia grega, por ser o lar de Pítia, uma mulher especialmente escolhida e treinada que, segundo a lenda, canalizava a voz e a sabedoria de Apolo, o deus da profecia.

Todavia, cientistas e filósofos antigos atribuíram o poder do oráculo a vapores que borbulhavam por fissuras e brotavam da câmara do oráculo dentro do templo. A inalação desses vapores, de acordo com os antigos, induzia um estado de transe que dotava os oráculos com poder profético divino. Por volta de 1900, as escavações em Delfos não revelaram nenhuma falha ou vazamento de gases, e assim os relatos antigos foram desacreditados.

No entanto, mais recentemente levantamentos geológicos da área detectaram duas falhas, ou rachaduras na crosta terrestre, cruzando-se diretamente sob a câmara do oráculo. Amostras de água e de rochas das falhas no Oráculo de Delfos, revelaram vestígios de vários produtos químicos, incluindo etileno.

Como resultado, testes demonstraram que, quando administrado na dosagem adequada, o etileno pode resultar em um estado de transe. Essas reações ao etileno são consistentes com relatórios antigos. Então, ao contrário dos gregos antigos, os cientistas modernos restringem as profecias de Pítia e de Apollo unicamente à mitologia.

Sítio Arqueológico de Delfos

Oráculo de Delfos: origem, curiosidades e importância arqueológica
Fonte: Free Images

Hoje, Delfos é um dos sítios arqueológicos mais atraentes da Grécia, pois ricos jardins e museu representam a antiguidade clássica.

Ademais, sua importância como sítio arqueológico, aliada à sua localização numa paisagem idílica, faz com que seja um dos lugares mais visitados da Grécia.

Os destaques do sítio arqueológico de Delfos incluem o Templo de Apolo, o Tholos, o teatro, o estádio e os tesouros dos atenienses e das Sífnias.

Quer saber mais sobre a mitologia grega? Então leia também: Ártemis, quem é? História e curiosidades sobre a deusa da caça

Fontes: Unesp, Lugares de Memória, Sua Pesquisa

Fotos: Free Images, Daydream Tourist

Próxima página »

Escolhidas para você