Curiosidades

Pé de atleta, você sabe o que é? – Como identificar, tratar e evitar

Está com o pé ressecado, cheio de bolhas e rachaduras? Pode ser que você esteja com pé de atleta, ou a famosa frieira. Saiba como tratar.

Você já ouviu falar sobre o de atleta? Não, não é simplesmente o pé de uma pessoa atlética. O pé de atleta é a frieira, uma infecção fúngica causada pelos fungos Tricophyton.

A infecção ocorre em pessoas que geralmente sofrem com o suor excessivo e usam sapatos fechados. Mas na realidade a infecção surge por conta de sapatos e pés unidos, independente da causa dessa unidade.

O de atleta é contagioso e pode ser passado pelo contato com superfícies e toalhas contaminadas. Por isso é preciso cuidado em banheiros públicos, pisos e calçadas. Todas essas superfícies podem estar contaminadas.

Entenda o que causa o pé de atleta e como tratá-lo em casa

1 – O que causa o pé de atleta?

Saiba como evitar o pé de atleta, também conhecido como frieira

Continua após a publicidade

O pé de atleta pode ser adquirido pelo contato com superfícies contaminadas, mas existem outros fatores que favorecem a infecção. O uso de sapatos fechados, junto a pés úmidos favorece o crescimento dos organismos contaminados. Além disso, os homens são mais suscetíveis a isso. Se uma pessoas estiver com a imunidade boa é provável que os fungos não consigam te contaminar.

2 – Como saber se tenho pé de atleta?

Saiba como evitar o pé de atleta, também conhecido como frieira

Se o seus o pés estiverem descamando ou rachando, pode ser que você esteja com frieira. Outros sintomas são a sensação de queimação, pele vermelha, coceira e bolhas.

É preciso tomar muito cuidado caso você note esses sintomas pois a frieira pode passar para as mãos. Por isso evite coçar ou ficar pegando nas partes infectadas.

Continua após a publicidade

3 – Como tratar o pé de atleta?

Saiba como evitar o pé de atleta, também conhecido como frieira

Existem algumas maneiras de tratar o pé de atleta em casa, no entanto se mesmo assim a situação não melhorar o correto é buscar por ajuda médica.

Os cuidados que você pode ter em casa são:

  • Manter os pés limpos e secos;
  • Secar completamente após a lavagem, principalmente entre os dedos;
  • Usar meias de algodão e trocar sempre que necessário para manter os pés secos;
  • Usar sapatos respiráveis e alternar entre o uso de sapatos abertos e fechados.

Esses são alguns dos cuidados que podem pôr fim ao pé de atleta, se forem contínuos, mas se o problema persistir após algumas semanas é melhor procurar um especialista.

Continua após a publicidade

O tratamento com o especialista vai depender da intensidade do fungo. É provável que ele recomende um antifúngico de venda livre, mas se isso não funcionar o especialista irá receitar um medicamento mais forte.

O importante é seguir todas as indicações feitas pelo médico e tomar os remédios corretamente. Não se deve de forma alguma parar com os medicamentos sem que o médico autorize.

4 – Qual especialidade médica devo procurar?

Saiba como evitar o pé de atleta, também conhecido como frieira

Se o pé de atleta não melhorou e você precisa da ajuda de um especialista, pode procurar um clínico médico, ou um dermatologista e também um infectologista ou geriatra. Todos estes saberão realizar o tratamento adequado.

Continua após a publicidade

5 – Como evitar o pé de atleta?

Saiba como evitar o pé de atleta, também conhecido como frieira

Existem maneiras de se precaver ao pé de atleta. Você pode começar não andando descalço em superfícies que podem estar contaminadas (banheiros de uso comum, piscinas). Sempre secar os pés, principalmente entre os dedos para evitar a unidade e você pode também utilizar talcos ou antifúngicos que vão ajudar a manter o pé de atleta longe. E sempre que possível, prefira usar sapatos abertos e que ventilam bem.

Gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Pé rachado: essa é a solução mais barata e mais eficaz para o problema.

Fonte: Minha Vida.

Continua após a publicidade

Imagens: Como Fazer as Unhas, Opas, Sapatos de Arrasar, Pinterest, 99Vidas, Atlas da Saúde.

Próxima página »

Escolhidas para você