Curiosidades

Peidos, por que alguns fazem barulho e outros não?

Peidos são algo completamente normal, mas você já se perguntou por que alguns são tão barulhentos e outros não? Nós te contamos

Certamente você solta peidos, não é mesmo? Provavelmente você acha esse assunto estranho, além disso, deve sentir-se um pouco desconfortável falando disso. Mas deve saber, acima de tudo, que pum não deveria ser um tabu. Talvez seja uma das coisas mais normais entre todos os seres vivos.

Finalmente superamos o constrangimento e podemos falar sobre peidos livremente. Provavelmente, mesmo que você não tenha coragem de perguntar, deve ter várias dúvidas sobre o tema. Da mesma forma, aqui na Segredos do Mundo também temos nossas indagações, e assim, focamos em uma: por que alguns peidos são barulhentos e outros não?

Como resultado, resolvemos buscar a resposta e, claro, encontramos e dividimos isso com você. Quer descobrir? Então nós vamos te contar.

Por que alguns peidos fazem barulho e outros não?

Por que alguns peidos fazem barulho e outros não?

Continua após a publicidade

Finalmente vamos responder a questão central dessa matéria: por que alguns puns fazem barulho e outros não? A variação do som acontece devido a intensidade variada da vibração causada pelos gases ao passar pelas membranas do ânus. Dependendo da velocidade com que o gás for expulso e da contração dos esfíncteres (válvulas que controlam o abre-e-fecha do ânus), o “bufo’ será barulhento ou silencioso.

Certamente produzimos por volta de 1 litro a 1,5 litro, distribuído em 15 a 20 peidos diariamente. “Eles são liberados a qualquer hora do dia ou da noite, quer estejamos acordados ou dormindo”, diz o cirurgião-geral André Martins Barros, do Hospital Sepaco, em São Paulo, em matéria na Superinteressante.

Compostos como enxofre, ácido graxo e sulfetos são produzidos durante o processo de digestão dos alimentos pelas bactérias presentes no intestino, consequentemente, deixando os puns fedidos.

Alguns alimentos como ovos e carnes deixam os gases mais fedidos. Isso por que são ricos em proteína, cuja fermentação produz grande quantidade de enxofre e sulfetos de hidrogênio e carbono, que cheiram a ovo podre.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Além disso, alimentos gordurosos também deixam os “bufões” mais fedidos, pois provocam a formação de grande quantidade de ácidos graxos, outra substância nada aromática.

Por que peidamos?

Por que alguns peidos fazem barulho e outros não?

Certamente os gases são uma mistura de gases inodoros que absorvemos diariamente e também pelos gases produzidos pelo intestino. Consequentemente, peidamos para expelir isso do nosso corpo humano.

Nitrogênio e hidrogênio são os gases que formam o pum. Eles entra pela boca ao ser engolida durante as refeições ou quando falamos. Esses gases percorrem o tubo digestivo, sendo absorvida pelo organismo. O resto chega ao intestino, onde vai engrossar o traque. Alimentos que não são completamente digeridos no estômago, como feijão e batata-doce, são fermentados por bactérias no intestino, gerando mais gases, em geral fedidos.

Continua após a publicidade

Toda essa mistura de flatos acumula-se no intestino até finalmente ser expelida pelo ânus por causa da pressão. Os alimentos que mais geram peido são:

  •  Tubérculos: Batata-doce e inhame
  • Cereais: feijão e grão-de-bico
  • Legumes: repolho e couve-flor

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Por que suportamos ou até gostamos de nosso próprio pum?

Fonte: Super

Imagem: Conteúdo MS Super Catraca Livre

Continua após a publicidade

Próxima página »

Escolhidas para você