Ciência & Tecnologia

Pílula antirressaca: o que é, como funciona, venda no Brasil

A pílula que promete poder tomar alguns drinks sem sofrer os danos de uma ressaca no dia seguinte, deverá chegar ao Brasil em breve.

Já imaginou festejar com os amigos, tomar uns drinks a mais e acordar sem nenhuma ressaca no dia seguinte? Certamente é o sonho de muitas pessoas. Mas, esse sonho pode estar se tornando realidade com a Myrkl – uma pílula antirressaca criada pela empresa sueca De Faire Medical.

De acordo com especialistas da Myrkl, até 70% do álcool” se decompõe dentro de 60 minutos após a ingestão. Além disso, a concentração de álcool no sangue também diminuiu 30 minutos após a ingestão da pílula, conforme a fabricante.

Como funciona a pílula antirressaca?

Quanto aos seus ingredientes ativos, Myrkl combate o aparecimento de ressacas ativando as bactérias Bacillus subtilis e Bacillus coagulans. Além disso, graças à L-cisteína e à vitamina B12, a droga impede que o álcool chegue ao fígado. Em vez disso, esses compostos decompõem o álcool em água e dióxido de carbono.

Por sua vez, a L-cisteína é um composto encontrado em alimentos com alto nível de proteína, como salsichas, queijos e peixes. Quanto à vitamina B12, geralmente está presente em produtos de origem animal, como ovos, carnes ou peixes.

Continua após a publicidade

Eficácia da pílula antirressaca

O desenvolvimento das pílulas antirressaca Myrkl começou originalmente em 1990. A pesquisa estudou 24 participantes e o efeito da pílula. Doze deles receberam duas pílulas diárias de Myrkl e outra dúzia tomou a mesma quantidade de placebo por uma semana.

Então, no dia do experimento, os participantes tomaram um café da manhã leve e um copo de vodka “moderada”. Os pesquisadores obtiveram amostras de sangue e respiração a cada 15 minutos na primeira hora e depois a cada 60 minutos por mais cinco horas.

Os resultados foram promissores, e é por isso que a pílula antirressaca já está à venda no Reino Unido. Além disso, tomar Myrkl como suplemento nutricional pode, segundo os cientistas, “ajudar a prevenir danos ao fígado e outros órgãos conhecidos por estarem associados ao consumo regular de álcool”.

Venda no Brasil

A novidade chegará ao Brasil dentro de três meses e já anima os consumidores. Além disso, moradores de países como Austrália, Nova Zelândia, Alemanha e França já podem garantir a pílula, lista que contará com o Brasil até o fim de novembro.

Continua após a publicidade

A caixa, com 30 unidades, é vendida no Reino Unido pelo valor de 30 libras, o que na cotação comercial do nosso país equivale a cerca de R$180. Segundo o fabricante, a pílula antirressaca funciona por até 12 horas, mas deve ser consumida pelo menos duas horas antes da primeira taça de bebida alcoólica.

O que é e por que ocorre a ressaca alcoólica?

Conhecida como ressaca, embora o termo médico seja veisalgia, esse quadro de mal-estar geral causado pelo consumo excessivo de álcool é mais frequente em pessoas com menos massa corporal e muscular.

Aliás, também é mais fácil de ocorrer em mulheres do que em homens, pelo fato de que o fígado masculino processa e decompõe as substâncias do álcool com mais eficiência e rapidez.

Em suma, a ressaca é consequência da desidratação que o álcool gera no organismo, impedindo a produção do hormônio antidiurético, que faz com que o açúcar no sangue caia.

Continua após a publicidade

Portanto, há mais sede, há maior geração de urina e, com o passar das horas, tudo leva à tradicional dor de cabeça, amnésia, vômito ou dor muscular.

Fontes: jcNE, Correio Brasiliense, Olhar Digital

Leia também:

Pode beber álcool depois de tomar a vacina contra a Covid-19?

Continua após a publicidade

Álcool – Definição e principais efeitos no corpo humano

O que acontece se você misturar remédio e álcool?

Bebidas alcoólicas podem causar até 7 tipos de câncer

Como o álcool afeta a aparência das pessoas?

Continua após a publicidade

Misturar álcool e energético pode intoxicar você!

Próxima página »

Escolhidas para você