Por que o WhatsApp saiu do ar mais uma vez?

Aconteceu mais uma vez. Se você ainda não percebeu seu WhatsApp saiu do ar às 14 horas dessa segunda-feira (2 de maio), devido a uma decisão judicial do Tribunal de Justiça de Sergie (TJ-SE). A previsão é que o aplicativo fique bloqueado aos usuários durante 72 horas ou três longos dias, a menos que outra decisão judicial resolva terminar com a penalidade mais cedo.

O bloqueio, conforme o TJ-SE, faz parte do mesmo processo que acabou colocando na prisão o vice-presidente do Facebook na América Latina, Diego Dzodan, em março. O réu, no entanto, passou apenas uma noite na prisão.

Conforme o site Olhar Digital, tanto em dezembro de 2015, quando agora, o WhatsApp saiu do ar por não atender à exigência da justiça brasileira de quebrar o sigilo de conversas pelo aplicativo que poderiam ajudar nas investigações de um esquema de tráfico de drogas internacional. Conforme o Facebook, não há como possibilidade de atender a essa determinação porque o aplicativo não armazena os dados em seus servidores.

2

Conforme informações divulgadas pelo próprio TJ-SE, as operadoras telefônicas estarão sujeitas a multa de R$ 500 mil por dia, caso não cumpram a decisão e bloqueiem o funcionamento do aplicativo durante as 72 horas estipuladas. É mole?

Agora, como da última vez que o WhatsApp saiu do ar, fica com você a tarefa de usar a criatividade e tentar se adaptar a outros aplicativos com a mesma função de chat, caso não consiga superar a aflição de perder esse meio de comunicação durante “tanto” tempo. Quais são as sugestões?

1

Enquanto isso, se quiser se distrair, leia também: 16 mais estranhas e engraçadas conversas de WhatsApp.

Fonte: Olhar Digital,