Curiosidades

Quadrilha – Origem, história e característica dessa dança típica

A quadrilha junina faz parte da cultura brasileira, popular em várias regiões do país, tanto no interior quanto nas grandes cidades.

A quadrilha, também conhecida como quadrilha junina, quadrilha caipira ou quadrilha matuta é um estilo de dança folclórica coletiva típica das festas juninas brasileiras.  Que acontecem, geralmente, nos meses de Junho e Julho em todas as regiões do Brasil, principalmente no Nordeste. Por isso, as apresentações de quadrilha fazem referências à cultura nordestina, por exemplo, a caracterização do homem do campo, do caipira ou do matuto.

No entanto, a quadrilha é de origem francesa. Dessa forma, a ‘quadrille’ surgiu em Paris, no século XVIII. Ademais, era uma dança de salão composta por quatro casais, no entanto, era uma dança da elite europeia. Antes de chegar à França, a dança pertencia aos ingleses, onde era conhecida como ‘contredanse’, cuja origem vinha dos camponeses no século XIII. Depois, se difundiu por toda Europa.

Em suma, foi trazida ao Brasil, para a cidade do Rio Janeiro durante o período da Regência, em 1830, logo, se popularizando em todo o país.

Enfim, a quadrilha e as festas juninas não são festividades exclusivas do Brasil. Pois, países como Portugal, Canadá e Peru, a quadrilha também faz parte da cultura, assumindo os traços e a diversidade de cada região. No Brasil, as festas juninas são caracterizadas com muitas cores, músicas e comidas típicas e muita animação.

Continua após a publicidade

Mas, atualmente, nas festas juninas as quadrilhas estão mais estilizadas, com grupos de danças com coreografias próprias e passos exclusivos para cada música. Além de interpretar os mais diversos personagens da cultura do país.

O que é quadrilha?

Go Hurb

A quadrilha é um estilo de dança popular e tradicional das festas juninas que acontecem nos meses de Junho e Julho no Brasil. Ademais, é uma dança coletiva, onde vários casais vestidos com roupas caipiras dançam ao som de músicas típicas do interior do país. Em suma, a quadrilha é conduzida pela narração de uma pessoa ou marcador, que faz brincadeiras e dita os passos que os casais devem seguir a cada momento da apresentação.

Continua após a publicidade

Origem da quadrilha

Autrement Dit

De acordo com historiadores, a quadrilha surgiu em Paris, França, no século XVIII, onde quatro casais dançavam a quadrille. Porém, se tratava de uma dança elitizada, que acontecia nos salões palacianos com a participação exclusiva dos membros da aristocracia francesa. No entanto, acredita-se que a origem da dança data do século XIII na Inglaterra, somente depois que foi incorporada a cultura francesa. Dessa forma, logo se popularizou entre os membros da nobreza europeia, chegando a Portugal.

Então, foi trazida ao Brasil no século XIX, onde logo se popularizou entre os nobres da Corte do Rio de Janeiro. Por fim, a quadrilha conquistou o povo, adquirindo um significado novo e mais popular, ou seja, como a conhecemos hoje. Ademais, a quadrilha começou a fazer parte das festividades juninas no campo, como forma de agradecer a colheita e homenagear os santos populares. Dessa forma, elementos culturais e tradicionais da vida no campo foram agregados à dança, adquirindo um caráter mais divertido, descontraído e engraçado.

Continua após a publicidade

No século XX, a quadrilha se espalhou por várias regiões brasileiras, hoje, é bastante popular tanto no interior quanto nas grandes cidades do país. Apesar de que em cada região, a dança assumiu características próprias da cultura e diversidade local, o que torna a quadrilha tão rica e importante para a história do Brasil.

Características da quadrilha

Atualmente, a quadrilha faz parte das festas juninas, que acontecem em escolas, empresas, clubes e associações culturais. Ademais, o arraial, é decorado com enfeites coloridos, como bandeirolas, balões, barraquinhas de comidas e brincadeiras, e claro, a fogueira.

1 – Dança em casais

Prefeitura de Contagem

A dança da quadrilha é composta por diversos casais. Geralmente, o tema da dança é o casamento a moda antiga, tradição que tem como objetivo homenagear Santo Antônio, o santo casamenteiro.

Go Hurb

Em suma, diante o juiz o noivo é obrigado a se casar com a noiva, sob a pressão do pai dela e o delegado da cidade. Isso tudo com muito humor e divertimento.

Continua após a publicidade

A apresentação é feita por um orador, também chamado de marcador ou animador, que através de brincadeiras dita os movimentos da dança. Por exemplo:

  • Olha a cobra! É mentira!
  • Olha a chuva! Já passou!
  • A ponte quebrou! Nova ponte!
  • O caminho da roça.
Toda Matéria

Como a quadrilha é uma variação popular da dança francesa, os passos e movimentos eram falados em francês. No entanto, quando chegou às camadas populares, os nomes foram ‘aportuguesados’. Dessa forma, a mudança linguística foi chamada de matutês, ou seja, seria a junção da linguagem matuta com a do francês. Por exemplo, o movimento chamado anarriê (em derrière). Onde os cavalheiros e as damas separam-se e formam duas colunas que ficam de frente para o orador que está no meio do salão. Dessa forma, os principais passos da quadrilha são:

  • Casamento dos noivos
  • Balancê: balanço do corpo no ritmo da música.
  • Cumprimento às damas: cavalheiros cumprimentam as damas.
  • Cumprimento aos cavalheiros: damas cumprimentam os cavalheiros.
  • Grande passeio pela roça
  • Túnel: casais passam por baixo de um túnel formado pelos outros casais.
  • Caminho da roça
  • Olha a chuva: ‘já passou’
  •  Olha a cobra: ‘é mentira’
  • Formação de um caracol pelos casais
  • Coroação de damas e cavalheiros
  • Despedida

2 – Figurino da quadrilha

Brasil Escola

O figurino da quadrilha junina tradicional é bastante colorido e caipira, onde os cavalheiros usam camisa xadrez, chapéu de palha e até mesmo desenhos de bigodes e cavanhaques no rosto. Já as damas, elas vestem vestido rodado com muito babado e laço de chita. Também usam coroa de flores e fitas nos cabelos ou até mesmo chapéus ornamentados ou tranças e maria-chiquinha. Enquanto que a maquiagem é feita pensando nos hábitos populares, pintando as bochechas com bolinhas pretas.

3 – Música caipira

Gigantes da Lira

A dança da quadrilha costuma ser embalada por música instrumental caipira, tocada por instrumentos como a viola, o violão, a sanfona, o triangulo e a zabumba, por exemplo. No entanto, atualmente outros estilos vêm sendo incorporados nas apresentações, como o forró e o baião, que ganham destaque nas festas juninas.

Continua após a publicidade

Por fim, a dança da quadrilha faz parte da tradição brasileira, é importante para a disseminação da cultura e diversidade presente em várias regiões do país. Por isso, há inúmeros concursos de quadrilha realizados em todo o Brasil, sendo o concurso em Campina Grande na Paraíba considerado como o maior realizado no país.

Então, se você gostou dessa matéria, também vai gostar dessa: Comidas de festa junina, os pratos típicos que todo mundo ama.

Fontes: Sua Pesquisa, Educa Mais Brasil, Memória EBC, Toda Matéria

Imagens: Go Hurb, Autrement Dit, Prefeitura de Contagem, Brasil Escola, Gigantes da Lira.

Continua após a publicidade

Próxima página »

Escolhidas para você