Mundo Animal

Salamandra – Características, tipos de espécies e curiosidades

A salamandra é um anfíbio que muitas vezes é confundido por um lagarto. Você já ouviu falar sobre esse animal? Saiba mais sobre a espécie.

A priori, quem viu o filme Matilda, sabe bem o que é uma salamandra. Afinal, foi justamente esse pequeno ser vivo que causou uma grande agonia na diretora da escola. Caso você não tenha visto, já está aí uma ótima dica de filme infantil, para você ver.

Agora, voltando ao assunto principal da matéria, a salamandra é uma espécie de anfíbio da Ordem Urodela ou Caudata. Inclusive, você pode encontrar mais de 600 espécies. Dentre essas espécies, a grande maioria é encontrada no Hemisfério Norte.

Sobretudo, é importante destacar que a salamandra também pode ser encontrada no Brasil, em específico, na Amazônia. Inclusive, aqui você pode encontrar cinco espécies delas. Como por exemplo, Bolitoglossa altamazonica, Bolitoglossa paraensis, Bolitoglossa caldwellae, Bolitoglossa madeira e Bolitoglossa tapajonica.

Basicamente, por ter uma grande diversidade de espécies, as salamandras podem ser encontradas em diversos locais. Ou seja, você pode encontrar espécies aquáticas, terrestres e semiaquáticas. Para entender ainda mais sobre esses anfíbios, nós separamos todas as características deles. Vem com a gente.

Características da salamandra

Corpo das salamandras

Salamandra- Características, tipos de espécies e curiosidades
Fonte: Youtube

A priori, esses animais podem variar bastante de tamanho. Como por exemplo, as salamandras sul-americanas podem medir entre 3 a 12 centímetros. Já as salamandras do Japão e da China podem apresentar mais de um metro de comprimento.

Além do tamanho, a salamandra também modifica a forma de respiração, de acordo com a mudança da espécie. Ou seja, enquanto algumas salamandras apresentam respiração branquial, outras apresentam respiração pulmonar ou cutânea.

Já a locomoção dessas salamandras, é um padrão locomotor. Aliás, é um aspecto que se conservou dos ancestrais dos tetrápodes. Ou seja, ondulações laterais combinadas com os movimentos das patas.

Sobretudo, de modo geral, algumas pessoas leigas, acabam por confundir a salamandra com um lagarto, por exemplo. Por isso, para você reconhecer melhor uma salamandra, nós indicamos que você observe se ela tem corpo alongado, cauda, quatro membros e pele lisa, fina, úmida e sem escamas.

Inclusive, suas caudas geralmente, são longas e regeneráveis. Vale destacar, que essa capacidade de regeneração da salamandra pode servir também como mecanismo para distrair um predador. Até porque, caso a cauda “saia do lugar”, a salamandra pode deixá-la para o predador e consequentemente, fugir para sobreviver.

Alimentação

Salamandra- Características, tipos de espécies e curiosidades
Fonte: Mundo educação

Primeiramente, a salamandra têm uma dieta carnívora, ou seja, se alimentam de pequenos animais. Porém, geralmente, são animais invertebrados. Como por exemplo, cupins, formigas ou besouros. Inclusive, para encontrarem suas presas, elas fazem a combinação do olfato com a visão.

Sobretudo, podemos destacar uma característica importante, que se resume no tamanho da cabeça da salamandra. Ou seja, o tamanho da cabeça pode ser um ponto de determinação do tamanho máximo da presa. Além do mais, o tamanho da cabeça, geralmente, é uma característica que pode ajudar a reduzir a competição por comida.

Reprodução

Salamandra- Características, tipos de espécies e curiosidades
Fonte: Hypescience

Como você já deve ter percebido, as características das salamandras se diferenciam de acordo com as diferentes espécies. Assim sendo, a reprodução, também não é diferente. Ou seja, a reprodução é um dos processos que podem variar de espécie para espécie.

Contudo, a única semelhança entre as espécies de salamandras é o fato de que no período reprodutivo, as fêmeas conseguem exalar um odor bem marcante. Basicamente, esse odor é usado como forma de atrair os machos para o acasalamento.

Sobretudo, a grande maioria das espécies apresentam fecundação interna. Inclusive, essas espécies que apresentam esse tipo de fecundação, não se pode observar a presença de um órgão responsável pela cópula. Portanto, você só conseguirá observar a transferência do espermatóforo. Ou seja, o pacote contendo espermatozoides do macho para a fêmea.

Porém, existem também as salamandras que fazem a fecundação externa. Nesse caso as fêmeas desovam na água, ou na terra. Inclusive, pode se diferenciar também que algumas espécies podem apresentar ou não uma fase larval. Além do mais, algumas são vivíparas e outras já não. Inclusive, as vivíparas podem colocar de 18 a 30 ovos.

Pedomorfose

Salamandra- Características, tipos de espécies e curiosidades
Fonte: Info escola

Basicamente, a pedomorfose é uma característica que se pode encontrar em algumas espécies de salamandras. Assim sendo, essa característica se resume em manter características larvais, mesmo estando na fase adulta. Essas características podem ser na ausência de pálpebras, padrões larvais de dentes e na permanência de sistema de linha lateral.

Inclusive, essa retenção pode ser difundida em salamandras maduras sexualmente. Ou seja, algumas espécies são constituídas por somente fomas pedomórficas.

Algumas espécies de salamandras

1- Salamandra-de-fogo

Salamandra- Características, tipos de espécies e curiosidades
Fonte: Mundo educação

A priori, essa espécie de salamandra, a qual também é conhecida por salamandra-de-pintas-amarelas e salamandra-comum, está sendo classificada na Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, sigla em inglês) como pouco preocupante.

Sobretudo, essa espécie só é encontrada na Europa central, oriental e meridional. Inclusive, só é possível de vê-la em ambientes mais úmidos, montanhosos, escuros e ambientes que chovem muito.

Basicamente, as principais características dessa salamandra é o corpo negro com manchas amarelas e pontinhos avermelhados. Além do mais, geralmente, essas salamandras medem mais ou menos 20 centímetros. Inclusive, nessa espécie é bem comum de encontrar fêmeas maiores que machos.

Outras características importantes que podemos citar é a presença de glândulas parótidas pigmentadas localizadas logo atrás de seus olhos. Já a outra característica é o fato de que na época reprodutiva dessas espécies, o macho  apresenta uma cloaca mais inchada e a fêmea apresenta um inchaço maior no ventre.

2- Salamandra-gigante-chinesa

Salamandra- Características, tipos de espécies e curiosidades
Fonte: Mundo educação

Já esse tipo de salamandra, diferentemente do exemplo anterior, está sendo classificada como criticamente ameaçada pela Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN. Inclusive, isso está ocorrendo por alguns fatores. Como por exemplo, a perda do habitat, o consumo dessa espécie para alimentação e tratamentos medicinais.

Apesar de tudo, a salamandra-gigante-chinesa (Andrias davidianus) ainda é considerada como a maior espécie de anfíbio existente no planeta. Aliás, ela pode chegar a medir até um metro e meio de comprimento. Enquanto o seu peso pode chegar até mais de 60 quilos.

Vale destacar ainda que essa espécie, pode ser mais encontrada na China continental. Além do mais, por ela ser uma espécie aquática, é mais comum de encontrá-la em regiões florestais, ou lugares com água. Como por exemplo, riachos e lagos.

3- Axolote: a salamandra mexicana

Salamandra- Características, tipos de espécies e curiosidades
Fonte: Mundo educação

Basicamente, esse tipo de salamandra assim como o exemplo anterior também está sendo classificado pela Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN, como criticamente ameaçada. Apesar de tudo, essa espécie ainda é encontrada em lagos no centro do México.

Sobretudo, essa espécie é classificada como bem exótica, perto das características das demais salamandras. Isso ocorre justamente, por conta das suas características bem marcantes. Como por exemplo, sua capacidade de regeneração que é diferente das demais espécies.

Os axolotes, ou melhor, Ambystoma mexicanum conseguem reconstruir completamente partes do seu corpo, como por exemplo, rabo, espinha e membros. Além do mais, eles são capazes de recuperar músculos, ossos e até mesmo nervos. Incrível, não é mesmo?

Já as características aparentes e mais visíveis dessa espécie são as brânquias na lateral de sua cabeça. Inclusive, essas brânquias externas podem ser as responsáveis por garantir as trocas gasosas.

Curiosidades sobre as salamandras

Salamandra- Características, tipos de espécies e curiosidades
Fonte: Biodiversity
  • A salamandra-cega-do-texas, a qual citamos,  vive em cavernas. Além do mais, ela é cega, sem pigmentação no corpo e ainda apresenta brânquias externas.
  • Pesquisadores já encontraram uma salamandra-gigante em uma caverna na China com cerca de 200 anos de idade. Inclusive, ela media 1,3 metros de comprimento e pesava 52 quilos.
  • Vale ressaltar que as salamandras são os únicos vertebrados capazes de se regenerar.
  • Na Idade Média, acreditava-se que a salamandra apresentava a capacidade de renascer do fogo.

Enfim, o que achou da nossa matéria?

Já que você chegou no final dessa matéria, está na hora de conferir mais uma outra espécie de ser vivo: Mamba-negra, uma das serpentes mais mortíferas do mundo

Fontes: Mundo educação, Infoescola

Imagem de destaque: Info escola

Próxima página »

Escolhidas para você