Curiosidades

Selic, o que é? Cálculo, influências em sua vida e nos investimentos

Taxa Selic está aparecendo em todos os lugares, mas você sabe o que significa? Entenda como surgiu e como ela pode influenciar na sua vida.

Caso você tenha se deparado com a palavra Selic em algum jornal ou site de finanças e não sabe do que se trata, fique tranquilo. Certamente, essa matéria vai tirar todas suas dúvidas. Saber mais sobre o que é, como é calculada e como seu valor pode afetar sua vida é extremamente importante para qualquer brasileiro.

Nos últimos meses, aliás, a Taxa Selic alcançou seu menor valor desde a data de sua criação, em 1986. Em outubro deste ano, por exemplo, ela baixou de 5,5% para 4,25%. Isso a virar notícia em diversos meios de comunicação, principalmente em sites especializados em investimentos e finanças.

Aliás, essa é uma tendência que acontece desde 2015. Basicamente, naquele ano foi quando a Taxa Selic começou a cair, baixando de 14,25% para o que valor citado anteriormente.

Abaixo, explicamos ainda sobre sua origem, como é calculada e como ela influencia sua vida.

Mas afinal, o que é a Taxa Selic?

Selic, o que é? - A taxa que influencia sua vida
Cuiabano News

Em suma, Selic é uma sigla que significa Sistema Especial de Liquidação de Custódia. Ela é a taxa básica de juros da economia brasileira, assim sendo o principal instrumento no Banco Central (BC) para controlar a inflação do país. Além disso, ela influencia na taxa de juros para empréstimos, juros de financiamentos e também em aplicações financeiras, como o Tesouro Direto e a Poupança.

Para nos aprofundarmos mais sobre a Selic, temos que entender primeiro sobre títulos do Tesouro Nacional e sobre as obrigações dos bancos brasileiros. Primeiramente, o governo transforma as riquezas do Brasil em títulos, como se fossem ações. Os principais compradores desses títulos são os bancos. Por lei, todo banco precisa direcionar uma porcentagem dos seus depósitos na conta do BC.

Continua após a publicidade

Devido à quantidade de operações ser altíssima, bancos acabam terminando o dia com o caixa desequilibrado. Uma das obrigações de todo banco, portanto, é terminar o dia equilibrado. Então, partir daí, acontecem empréstimos entre bancos.

Esses empréstimos são de curtíssimo prazo, durando apenas 24 horas, aliás, dando como garantia títulos do Tesouro Nacional. Para essas transações, é utilizado a Taxa Selic Overnigth, que pode ser acompanhada no portal do Banco Central do Brasil. Apesar dessa taxa ser apurada diariamente, a taxa que você em noticiários é a taxa Selic Meta.

Para calcular a Taxa Selic Meta, o Copom (Comitê de Política Monetária) se reúne a cada 45 dias (8 vezes por ano). Eles chegam em uma porcentagem através de um calculo bem elaborado. Nesse cálculo são levados em conta o valor financeiro da taxa, o fato diário correspondente a taxa e também o número de transações feitas.

Como a Taxa Selic influencia sua vida?

Selic, o que é? - A taxa que influencia sua vida
Simplifica com eFácil

Muito se falou quando a Taxa Selic alcançou 5,0% e como isso poderia influenciar na vida do trabalhador brasileiro. Segundo a Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade), o impacto não será muito grande, apesar dele existir.

Um exemplo é o juros do cheque especial. Uma pessoa que pegou com o banco R$ 1000 em cheque especial por 20 dias, pagara menos R$ 0,27 comparando a Taxa Selic de 5,5% para 5,0%. Já para compra de uma geladeira no valor de R$ 1500 parcelado em 12 vezes, a economia seria de R$ 4,57, levando em conta o mesmo exemplo anterior.

Selic vs Investimentos

cofrinho cheio
Blog Rico

Muitos investimentos se beneficiam quando a Taxa Selic aumenta. Um dos mais populares é o Tesouro Selic, já que ele rende exatamente a variação da Selic. Levando em conta que seu dinheiro renderá menos com a taxa baixa como está, é bom se preocupar com a inflação. Vencer a inflação é importante, então você deve procurar investimentos com levam em consideração o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor). Alguns deles são:

Continua após a publicidade
  • Tesouro Direto (IPCA+ e o IPCA+ com Juros Semestrais)
  • Debêntures
  • CDBs
  • LCI/LCA
  • CRI/CRA

A melhor forma de descobrir qual é o melhor investimento para você, portanto, é saber qual é o seu perfil de investidor. Para pessoas mais conservadoras economicamente, as opções anteriores de renda fixa, com certeza, seriam as melhores opções. Por outro lado, caso seu perfil seja mais propenso a riscos, existem mais opções que dão um retorno consideravelmente maior.

ações
Lynx Coaching

Para pessoas que estão mais propensas a riscos, temos a renda variável, quem também tem diversas opções de investimento. Dentre as mais conhecidas estão:

  • Ações
  • Contratos futuros
  • Opções
  • ETFs
  • Commodities
  • Câmbio

Muitas desses exemplos podem se beneficiar da queda de Selic, principalmente as ações na bolsa de valores. Uma dica é começar em renda fixa e posteriormente investir em renda variável.

Então caro leitor, o que achou de guia sobre Selic e investimentos? Gostaria de mais informações sobre investimentos? Comenta o que achou e compartilha. Se gostou do conteúdo, dá uma olhada nessa matéria: Juros compostos – O que são, conceitos e como cacular.

Fontes: Blog Rico, Toro Radar, Veja

Imagem de destaque: TradeMap

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você