Curiosidades

Soluço, saiba quando pode ser um sinal de alerta do corpo

Nem sempre é fácil acabar com um soluço, seja prendendo a respiração ou bebendo água. Isso pode significar um problema.

Nada mais inconveniente do que aquele soluço que aparece e não quer ir embora de jeito nenhum. As vezes, você faz todas as técnicas possíveis.

Primeiro prende a respiração o máximo que consegue e em seguida bebe um copo bem grande da água, e mesmo assim não funciona. Se ele insistir em não ir embora, pode significar problemas.

Primeiramente, o soluço é uma contração involuntária, intermitente e espasmódica do diafragma e dos músculos intercostais. Na maioria das vezes esse soluço é inofensivo, possuindo uma frequência média de quatro por minuto e desaparecendo espontaneamente em alguns minutos.

Quando você deve começar a se preocupar com um soluço

Continua após a publicidade

Existem dois tipos de soluço:

  • Comer muito, ingestão de bebidas gasosas, mascar chicletes, fumar e insuflação do estômago durante endoscopia são as causas do soluço comum;
  • Soluços persistentes, as vezes intratáveis, podem levar a efeitos adversos com desfechos graves como desnutrição, perda de peso, insônia, fadiga, estresse mental e prejuízo da qualidade de vida.

Quando o soluço é um problema?

Quando você deve começar a se preocupar com um soluço

Quando um soluço dura mais que 48 horas, é necessário investigação para descobrir a causa. A investigação pela avaliação de um profissional de saúde e por exames complementares, como os de sangue, ressonância magnética, broncoscopia, endoscopia, teste de função pulmonar, entre outros.

Continua após a publicidade

“Não há estudos completos e minuciosos a respeito do tratamento do soluço, apenas estudos observacionais. Caso seja encontrada alguma doença relacionada, o tratamento, então, deve ser direcionado àquela doença”, afirma o Dr. Sidney, médico do hospital Albert Einstein.

Dependendo do resultado dos exames, algumas terapias alternativas podem ajudar. Hipnose e acupuntura são os melhores exemplos para esse caso.

Continua após a publicidade

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Como parar de soluçar em alguns segundos

Fonte: Albert Eistein

Imagem: R7

Continua após a publicidade

Próxima página »

Escolhidas para você