Curiosidades

Tailândia, o que você precisa saber? O que evitar e ilhas populares

A Tailândia é uma ótima opção para fazer turismo, com uma rica cultura, uma culinária exótica e muitas atrações turísticas.

Por Renata Gonçalves Pereira

A Tailândia é um país localizado no sudeste asiático. Dessa forma, é banhado pelo Mar da China Meridional e pelo Mar de Andaman, apresentando uma extensão territorial de 513.115 km². A população chega a cerca de 68,1 milhões de habitantes. O turismo, impulsionado pelos templos budistas, vem crescendo consideravelmente nos últimos anos. Logo, é um país bastante marcado pelo turismo, o que contribui de forma significativa para a economia tailandesa.

O país exala uma atmosfera de calma e tranquilidade, certamente provenientes da paz que vem do budismo, religião cujo 95% dos tailandeses seguem. Existem mais de 18 mil templos sagrados, tais como: Wat Phra Kaew e Wat Pho. Já a gastronomia tailandesa mistura cores, cheiros e sabores, destacando-se temperos e frutos-do-mar. Por fim, os tailandeses são conhecidos pelo seu espírito livre e simpatia, por realizarem algumas das festas mais incríveis do mundo, como o Festival das Luzes.

Visitar a Tailândia é sinônimo de conhecimento, em suma, por apresentar uma cultura, hedonismo e exotismo bastante marcantes, acabam atraindo diversas pessoas de fora para o turismo no país. Mas o que é preciso saber antes de viajar? Dessa forma, separamos algumas dicas e curiosidades para quem está pensando em fazer uma visita ao país.

O que evitar ao visitar a Tailândia

1 – Não se preparar para o clima

Imagem: Melhores destinos

A Tailândia possui duas estações bem definidas: Verão com chuva e verão sem chuva. Portanto, é essencial conferir a melhor época para visitar o país. Por predominar o calor, é importante se atentar a levar roupas mais leves e frescas, aumentar o uso do protetor solar e utilizar acessórios como óculos e chapéus para se proteger do sol, além de se hidratar bastante ao longos dos dias.

2 – Não desfrutar da culinária local

rica e lindas praias
Imagem: Wikipédia

A culinária tailandesa é conhecida por uma harmonia entre a cor, sabor e cheiro bastante marcados por seus pratos ricos em temperos, variedades de frutos-do-mar e comidas com caráter natural. Por isso, muitas pessoas criam uma espécie de medo ao experimentar novos alimentos e fugir do habitual.

Então, acabam se mantendo presas a alimentos de fast foods ou restaurantes estrangeiros e não desfrutando da originalidade gastronômica local. As barraquinhas de rua são um dos pontos onde se podem degustar os alimentos locais, deixando a experiência da viagem na Tailândia mais completa.

3 – Levar muita bagagem

Imagem: Destinos de avião

O país é famoso por apresentar preços baixos e diversas promoções, assim, sendo possível realizar várias compras. É fácil encontrar feiras e mercados coloridos cheios de roupas que a todo tempo atiçam o nosso consumismo. Portanto, leve apenas o necessário, como roupas leves, produtos de higiene e documentos, e então o resto desfrute em suas compras no país.

4 – Se privar do conforto na Tailândia

Imagens: Lili viagens

Apesar de o país ser conhecido por seus preços baixíssimos, é essencial não abrir mão de gastar mais um pouco pelo seu conforto, pois nem sempre o custo-benefício será um dos melhores. É imprescindível não economizar para vivenciar as experiências, se atentando para aquilo de melhor qualidade e que lhe agrada.

5 – Exagerar no uso do álcool na Tailândia

Imagem: Mala de aventuras

A Tailândia apresenta uma grande disponibilidade de álcool, e com preços baixos. O que faz com que os turistas exagerem no consumo das bebidas, e assim perdendo o controle. Por ser um país que preza pela paz e equilíbrio, é inaceitável esse tipo de comportamento, de ficar bêbado e passar vergonha pelas ruas. Apesar da vasta variedade de cervejas, whiskies e drinks com energéticos é necessário beber com moderação.

6 – Visitar somente as praias da Tailândia

Imagem: Carpe mundi

Apesar de o país possuir praias belíssimas e com águas transparentes, é importante visitar também outras atrações. Um exemplo é ao norte do país, onde se encontram refúgios de montanhas, ruínas de templos, cultura e culinária marcantes. A cidade de Banhkok também é um ótimo destino para quem quer vivenciar melhor sua estadia na Tailândia e aproveitar bem o turismo local.

7 – Querer visitar tudo de uma vez

Imagem: Viajar é vida

Os deslocamentos tendem a ser mais longos e cansativos na Tailândia, além de possuir diversos destinos que merecem a atenção do turismo. Portanto, ir ao país com poucos dias é impossível para apreciar todos os pontos interessantes que tem. Em suma, é interessante conhecer o local com mais tempo e calma, criando um planejamento antes, podendo desfrutar melhor das praias, ilhas e pontos culturais.

8 – Desrespeitar as regras de entrada nos templos

Imagem: Lole pocket

Respeitar as regras locais é de extrema importância para realizar um turismo com excelência. Pois as mesmas fazem parte de toda uma cultura criada ao longo dos tempos, e desrespeita-las acabam tornando a sua viagem mais desagradável. Você só deve entrar nos templos de ombros e joelhos cobertos, o que incomoda por fazer muito calor. Entretanto por estar no maior país budista do mundo é preciso respeitar os costumes da religião. Os templos maiores e mais visitados emprestam saias e capas na entrada pra você se cobrir.

9 – Colaborar com o turismo predatório

Imagem: Em algum lugar do mundo

Muitos operadores turísticos na tentativa de atrair a atenção de diversos turistas acabam criando atividades sem nenhum compromisso ambiental, o que envolve os maus-tratos animais. Um exemplo são os locais chamados de santuários, onde utilizam do marketing para divulgar esses eventos caríssimos.

10 – Não aprender nenhuma palavra em tailandês

Imagem: Conexão Ásia

Apesar de a língua ser bastante complexa, é indispensável que você não aprenda nenhuma palavra do idioma, como obrigado (kop kun ka pra mulheres e kop kun krap pra homens) e olá (sawadee ka pra mulheres e sawadee krap pra homens).

O que você precisa saber antes de viajar

1 – Quando ir

Imagem: Eduardo & Mônica

A melhor época para o turismo é de novembro a março, durante o inverno, onde apresenta altas temperaturas que são perfeitas para quem quer visitar as praias. Entretanto, para quem decide visitar de julho a outubro é atrapalhado pelas monções que causam temporais, devendo evitar as idas as praias.

2 – Visto, passaporte e vacina

Imagem: Tailândia- A terra do sorriso

Para o turista brasileiro não é necessário o visto para poder visitar a Tailândia, podendo permanecer no país por cerca de 90 dias. Ademais, o passaporte deve apresentar no mínimo 6 meses de validade. Primeiramente, é preciso estar vacinado contra a febre amarela para poder embarcar, evitando levar a doença, que ainda existe aqui, para lá. Além disso, o certificado internacional é exigido no check-in no Brasil e deve ser apresentado após o desembarque.

3 – Como chegar na Tailândia

Imagem: Preciso viajar

O mais indicado é viajar de avião. Entretanto, não existem voos diretos do Brasil para a Tailândia, é necessário fazer ao menos uma conexão. A maior parte dos trajetos possuem paradas na Europa (Air China, Swiss, Lufthansa), África (Ethiopian) ou Oriente Médio (Qatar e Emirates).

Certamente, os preços de passagens variam de acordo com a época escolhida.  Portanto, os valores ficam na faixa de R$ 3000 de ida e volta, considerando o longo tempo de viagem. Entretanto, promoções de passagens podem surgir e ser possível encontrar valores mais baixos.

4 – Moeda e câmbio da Tailândia

Imagem: Pé na estrada

A moeda tailandesa é o baht, onde 1 dólar corresponde a 32 baht. Realizar câmbio é simples e fácil, os bancos SCB e TMB possuem guichês de câmbio por toda parte, com cotações bem próximas. Já aos saques de caixa eletrônico são cobrados tarifas entre 150 e 180 baht. Hotéis, restaurantes e lojas aceitam cartões, entretanto, é necessário possuir dinheiro vivo para realizar comprar de valores pequenos.

5 – Transporte na Tailândia

Imagem: Um viajante

Em questão a transporte, os táxis são uma ótima opção, isso pelo fato de serem baratos. Entretanto, deve se atentar para que o taxímetro seja ligado antes, pois alguns motoristas tentam negociar o preço da corrida elevando o valor. Ademais, não se esqueça de ter consigo o nome e o endereço do destino que deseja ir, e do seu hotel para voltar depois. Em Bangkok o metrô de superfície Skytrain e os ferries que atravessam o rio Chão Phraya são ótimas opções para escapar do trânsito.

6 – Comunicação e costumes na Tailândia

Imagem: National Geographic

Os tailandeses são pessoas bastante cordiais com os turistas e não poupam sorrisos, é interessante que você devolva simpatia saudando como um tailandês. Ou seja, apenas junte as palmas das mãos, curve-se e cumprimente dizendo sawatdee ka (se você é mulher) ou sawatdee krap (se você é homem).

Dentre seus costumes, apesar do calor, eles não possuem hábito de usar roupas curtas ou decotes, principalmente para visitar os templos, onde devem usar roupas compridas, além de tirar os sapatos.

7- O que visitar na Tailândia

Imagem: Viagem e Gastronomia

Para uma primeira ida a Tailândia é recomendado visitar Bangkok, Chiang Mai, Krabi e Koh Phi Phi, sendo uma viagem que cabe em 18 dias. Também podendo explorar um pouco do norte (Chiang Mai) e um pouco do sul (Krabi e Koh Phi Phi), além da alvoroçada capital tailandesa. No entanto, para os mergulhadores é interessante as Ilhas Similan, baladeiros e Koh Phangan. Já para os amantes de história, Sukhothai e Ayutthaya são umas ótimas opções.

As ilhas mais bonitas para visitar na Tailândia

1 – Koh Tao

Imagem: Vamos pra onde

Trata-se de uma pequena ilha que se localiza ao lado direito da península do Golfo da Tailândia, sendo a menor das três principais ilhas do Golfo. Ademais, é uma ilha bastante conhecida pela prática de mergulho e atividades aquáticas. É bastante elevada a diversidade marinha, por isso é uma ótima opção para aqueles que são amantes da natureza. Além disso, os valores dos cursos de mergulho são bastante acessíveis para aqueles que desejam praticar.

2 – Koh Phi Phi

Imagem: Viagem e gastronomia

É a ilha mais famosa do país, tendo um mar de águas cristalinas e areia branca. Por outro lado, não é feita somente de praias, pois apresenta diversos passeios e atividades noturnas, como, por exemplo, bares e restaurantes. Por isso, se trata de uma ilha perfeita para aqueles que gostam de festas e muita animação. Dentre as melhores praias da ilha, tem: Maya Bay, Koh Phi Phi Leh, Tonsay Bay, Long Beach, e Bamboo Island.

3 – Railay Beach

Imagem: Carpe mundi

É uma península que apresenta quatro praias principais, tais como: East Railay, onde é possível ver o comércio, e barcos chegando à praia, West Railay. Onde é conhecido pelo melhor programa de assistir ao pôr do sol e experimentar variedades de restaurantes, Phranang, tendo uma enorme caverna para visitar. E, por fim, Tonsai que possui alguns bares de reggae. A ilha, além das praias, também é voltada para práticas de escalada, pois é cercada de formações rochosas.

4 – Chaweng Beach

Imagem: Koh Samui

É a maior praia da região, e se localiza mais próxima ao centro de Koh Samui. Tendo uma boa gastronomia, com diversos mercadinhos de rua noturnos, onde o mais famoso é o Chaweng Night Market. Já a praia é repleta de clubes de hip-hop, House, RnB e outros ritmos alternativos.

5 – Phuket

É a maior ilha do país, bastante famosa pelo turismo, onde recebe cerca de 3 milhões de turistas por ano. Ademais, suas praias possuem ondas bastante agitadas, chamando a atenção de visitantes para campeonatos de surf.

Phuket tem o seu próprio aeroporto internacional, o que facilita o trajeto vindo de muitos lugares e o turismo. Sua praia mais conhecida é a Patong, que possui bares e restaurantes em sua rua principal. Já a praia Surin, é marcada pela sofisticação e pelo alto padrão. No entanto, as praias Kamala e Karon são voltadas para o sossego. Nai Thon e Nai Yang são as praias mais desertas. Na ilha também há a presença de cachoeiras, parques florestais e um centro histórico.

6 – Koh Phangan

Imagem: Carpe Mundi

Nessa ilha é bastante comum encontrar mochileiros e viajantes fazendo turismo, que são atraídos pela quantidade de festas e eventos que ocorrem diariamente. Como por exemplo, a famosa Full Moon Party, que acontece na praia de Haad Ein. Além disso, também apresenta passeios de elefantes e scooter. Koh Phangan tem mais quatro praias que são: Srithanu, Thong Sala, Baan Tai, e por fim, a praia de Salad Beach.

7 – Koh Lipe

Imagem: Eduardo & Mônica

É uma pequena ilha localizada no arquipélago de Adang-Rawi, no sul da Tailândia, próxima a Malásia. A ilha é considerada as Maldivas do país, isso devido ao fato de possuir águas azul turquesa e corais preservados, perfeita para quem busca tranquilidade. São três praias que fazem parte de Koh Lipe: Pattaya, Sunrise, e Sunset. Próximo à ilha existe o Parque Nacional Marinho de Koh Tarutao, onde é possível que os amadores de mergulho experimentem uma vivência única.

Em suma, a Tailândia é um país com grandes atrativos turísticos, com lindas praias e uma cultura bem rica. Além de proporcionar aos turistas experiências únicas.

Então, se você gostou dessa matéria, veja também: Praias- 36 paraísos litorâneos no Brasil que você precisa connhecer. 

Fontes: Melhores Destinos, Viaje na Viagem, Carpe Mundi, Catraca Livre, Terra Mundi

Imagens: Exame, Melhores Destinos, Wikipédia, Destinos de avião, Lili viagens, Mala de aventuras, Viajar é vida, Lolepocket, Em algum lugar do mundo, Conexão Ásia, Eduardo & Mônica, Preciso viajar, Pé na estrada, Um viajante, National Geographic, Viagem e gastronomia, Vamos pra onde, Koh Samui

Próxima página »

Escolhidas para você