Curiosidades

Símbolos budistas – Conheça o significado de cada um deles

Os símbolos budistas estão espalhados por todo o mundo, entretanto não são todos que sabem o que cada um deles representa e seus significados.

Atualizado em 26/08/2020

Os símbolos budistas têm se popularizado cada vez mais todos os dias. Aliás, é possível encontrá-los espalhados por diversos lugares do mundo. Contudo, Ainda são muitos os que os utilizam apenas pela beleza ou pela moda, sem saber qual o verdadeiro significado deles e o que cada um representa.

O budismo tem como filosofia a busca pela iluminação, acabando com o sofrimento humano. Ou seja, ele não possui uma hierarquia religiosa rígida, é apenas uma doutrina filosófica e espiritual. O budismo é mais uma busca individual, ao contrário de outras religiões que trabalham com a adoração de um deus (ou vários).

Os símbolos budistas demonstram todo o conceito da iluminação da mente e, além disso, também representam suas diversas manifestações. Segundo o budismo, os seguidores de Buda conseguem ver em cada símbolo o potencial dos seres humanos para alcançarem a iluminação.

Símbolos budistas

Flor de Lótus

Símbolos budistas - Conheça o significado de cada um deles
Tharpa

Em resumo, a flor de lótus representa toda a pureza, o esclarecimento e a fragilidade. É importante lembrar que a lótus nasce da lama, enquanto o seu caule cresce e atravessa uma água ainda suja. Mas por fim, a flor se abre acima de toda a sujeira, diretamente para o sol. Isso representa a evolução humana.

Por exemplo, o caule seria o cordão umbilical que liga os humanos às suas raízes, que podem estar em um lamaçal, à flor, que demonstra a capacidade que uma pessoa pode ter de alcançar a pureza. Além disso, cada flor de lótus possui uma cor com um diferente significado.

  • Vermelho: coração, amor e compaixão
  • Rosa: Buda histórico
  • Branco: pureza mental e espiritual
  • Roxo: misticismo
  • Azul: sabedoria e controle dos sentidos

Vaso

Símbolos budistas - Conheça o significado de cada um deles
Tharpa

O vaso representa as riquezas da vida, a abundância. De acordo com Buda, nós precisamos guardar nosso conhecimento dentro do vaso, porque ele é nossa maior riqueza. Nele, quaisquer riquezas podem ser guardadas, porque mesmo depois que forem retiradas, o vaso continuará cheio.

Peixes Dourados

Símbolos budistas - Conheça o significado de cada um deles
Tharpa

Os animais representam a liberdade e a capacidade de ser livre do ser humano. Originalmente, os dois peixes dourados representavam os rios Ganges e Yamuna. Aliás, eles são muito sagrados na Índia. Entretanto, eles acabaram ganhando novo significado para os budistas, hindus e jainistas: a boa sorte.

Além disso, no budismo esses animais também representam os seres que praticam darma, aqueles que não tem medo de se afogar no sofrimento e que, por fim, podem escolher seu renascimento. Assim como um peixe é livre para migrar para onde quiser.

Concha

Símbolos budistas - Conheça o significado de cada um deles
Tharpa

O objeto simboliza o poder. Principalmente o das autoridades, que devem ser respeitas por serem quem nos ensina sobre a vida. Além disso, a concha também oferece aos outros o som da verdade, aquele que desperta todos da ignorância.

Roda de Dharma

Símbolos budistas - Conheça o significado de cada um deles
Tharpa

Conhecido também como Dharma-chakra e Dhamma Chakka, a roda de Dharma é um dos símbolos budistas mais famosos. Possui oitos repartições que significam o caminho óctuplo. Ou seja, cada uma das repartições possui uma representação e todos são princípios fundamentais do budismo.

  • O entendimento correto
  • A atenção plena correta
  • O pensamento correto
  • O modo de vida correto
  • A linguagem correta
  • A ação correta
  • A concentração correta
  • O esforço correto

A roda representa o primeiro sermão que Buda pregou após sua iluminação. Além disso, existe uma outra representação que possui 24 raios. Chama-se Roda da Lei de Asoca. De acordo com o seu simbolismo, o homem precisa ter uma vida coerente durante todas as 24 horas do dia. Por outro lado, ela também representa o ciclo de morte e renascimento.

Guarda Sol

Símbolos budistas - Conheça o significado de cada um deles
Tharpa

O guarda-sol é visto como um amuleto de proteção. Ele simboliza o poder espiritual, a dignidade real e a proteção contra o sofrimento e o calor do sol. Aliás, seu poder é tanto que ele pode proteger até mesmo os deuses.

Nó Infinito

Símbolos budistas - Conheça o significado de cada um deles
Tharpa

Também conhecido como símbolo do karma, o nó infinito representa a causa e o efeito, a interligação. Isso porque, com suas linhas entrelaçadas e fluídas, sem um começo e um fim, ele apresenta a inter-ligação e a origem dependente de todos os fenômenos que ocorrem com os seres. Ou seja, segundo ele, todos os eventos no universos estão relacionados.

Além disso, entre os símbolos budistas, o nó infinito representa o conhecimento infinito de Buda associado a sua grande compaixão.

Bandeira da Vitória

Símbolos budistas - Conheça o significado de cada um deles
Tharpa

A bandeira simboliza a luta e a vitória contra pensamentos negativos. Ela sempre é movimentada quando isso acontece. Além disso, quando se vence o mal, a bandeira precisa ficar dentro de nossa mente, para que o aprendizado seja sempre lembrado.

Aliás, a bandeira é a representação da vitória de Buda contra o demônio Mara. O último é a personificação das tentações que surgem no caminho dos que estão em busca da iluminação, ou seja, do medo da morte, do orgulho, da luxúria e da paixão.

Extras: símbolos de Buda

Árvore Bodhi

Símbolos budistas - Conheça o significado de cada um deles
Buda sentado sob a Árvore Bodhi – Aliexpress

Além dos símbolos budistas, existem alguns símbolos que representam Buda. A árvore sagrada é uma delas. Isso porque foi embaixo dela que ele conseguiu alcançar a iluminação. Por causa disso, nos centros budistas sempre são plantados figueiras.

Roda da Vida

Símbolos budistas - Conheça o significado de cada um deles
Pinterest

Conhecida como Samsara, a roda da vida ajuda os budistas a se livrarem dos vícios e desejos para conseguir encontrar a iluminação. Além disso, a roda simboliza a morte e o renascimento. Ou seja, ela representa o ciclo do nascimento.

Na parte de dentro da roda encontra-se um fundo branco, que representa as pessoas que evoluem e o fundo negro, que representa as que não conseguem. Por outro lado, na roda média estão representados os reinos dos deuses, semideuses, animais, humanos demônios e fantasmas famintos. Por fim, na parte exterior estão os elos de dependência humana.

No meio da roda é possível ver os animais que representam os vícios que impedem a evolução. São eles:

  • O galo – representa a ignorância
  • O porco – representa a ganância
  • A cobra – representa o ódio

Buda

Símbolos budistas - Conheça o significado de cada um deles
La Parola

Buda é um nome dado a todas as pessoas que conseguiram alcançar um alto nível de esclarecimento espiritual. Além disso, eles devem compartilhar todos os ensinamentos do budismo. O mais famoso Buda é Sidarta Gautama. Em sua representação mais famosa, ele segura uma flor de lótus. Em outra, ele segura a árvore Bodhi.

Sua cabeça é visto em vários lugares como símbolo. Ela representa o conhecimento e a iluminação passada por Sidarta. As orelhas longas também demonstram a capacidade de ser ouvir os outros, os seus problemas e ser bom e paciente com eles.

Por fim, gostou da matéria? Em seguida leia uma nova matéria: Purgatório – Percepção moderna e religiosa sobre o lugar sobrenatural

Imagens: Tharpa, Pinterest, Laparola, Aliexpress

Fontes: Wemystic, Sobrebudismo, Dicionariodesimbolos, Simbolos, Todamateria