Curiosidades

Saiba qual é tamanho ideal do pênis e até quando ele cresce

Uma das grandes preocupações dos homens é saber se seu pênis tem o tamanho ideal. Mas será que o tamanho realmente importa?

Sendo uma das questões sexuais mais polêmicas, o tamanho ideal do pênis e sua importância no sexo tem gerado debate desde a antiguidade. Em suma, um estudo publicado no Jornal de Pediatria observou que o tamanho médio do pênis, no Brasil, varia entre 14,2 e 15,7 cm quando ereto.

Apesar disso, tamanhos variáveis entre 10 cm e 17 cm também são considerados comprimentos dentro da normalidade. Por outro lado, a média de tamanho mundial, segundo pesquisas do King’s College London é de 13,12 cm, sendo 9,16 cm não ereto e 13,24 cm quando está duro.

Além disso, o crescimento do pênis não varia em relação ao crescimento de qualquer outra parte do corpo masculino, ou seja, o pênis continua crescendo até os 19 ou 20 anos.

Ainda, para a comunidade médica, um pênis entre 8 a 12 cm possui métricas adequadas para agradar um casal. Contudo, são considerados micropênis todos aqueles com ereção inferior a 8 cm (5, 6 ou 7 cm).

Preocupados com isso, muitos homens confessam sentir inseguranças, obsessões e até problemas de ansiedade em relação ao tamanho do pênis, mas nem sempre “tamanho é documento” e nesse artigo você irá entender o porquê.

Qual é o tamanho ideal do pênis?

O tamanho do órgão sexual de um homem vai ser determinado pela genética, e claro, o tamanho do pênis vai variar de acordo com a idade, mas a média é que aos 19 anos ou 20 anos a maioria já está com o órgão em seu máximo desenvolvimento.

Continua após a publicidade

Embora a grande maioria dos homens se preocupe com essas dimensões do próprio órgão, conforme visto acima, estudos realizados até agora mostram que o tamanho médio do pênis pode até ser menor do que muitos pensam.

Esses estudos demonstraram que o tamanho normal do pênis varia entre 8 a 23 centímetros, porém, apenas 0,5% desses homens teriam um pênis menor que 10 cm e 4,5% maior que 17,5 cm.

Até quando o pênis cresce e o que pode afetar seu crescimento?

Desde os primeiros anos de vida, o pênis atravessa por diversas mudanças. No entanto, assim como a maior parte dos órgãos humanos, ele também apresenta seu maior desenvolvimento na adolescência. Dessa forma, pode-se afirmar que, por volta dos 18 a 20 anos, o órgão atinge suas dimensões finais, mantendo suas características após tal período.

O fator hormonal, sem dúvidas, é o principal que determina o crescimento do pênis. Nesse sentido, é necessário que os testículos e os tecidos penianos tenham níveis altos de testosterona.

Uma das condições que acarreta a diminuição na produção de testosterona é o hipogonadismo, causado por alterações da hipófise ou do hipotálamo.

Qual é o tamanho ideal para as mulheres?

Por outro lado, na visão feminina, a grande maioria das mulheres até pode não admitir, mas, segundo um estudo realizado em 2015, por pesquisadores da Universidade da Califórnia e do Novo México, nos Estados Unidos, existe sim um padrão considerado ideal por elas.

Na ocasião, 75 mulheres responderam, individualmente, a uma série de questionamentos sobre as suas vidas sexuais. Em seguida, foram levadas para uma sala onde existiam a sua disposição, 100 moldes de pênis de diferentes tamanhos e espessuras.

Então, foi solicitado a cada uma delas que escolhesse o molde que, conforme a sua opinião, tivesse mais chances de satisfazê-la sexualmente.

Após uma série de exclusões, apenas 20 moldes ficaram na sala. A partir daí, os pesquisadores pediram que elas escolhessem os moldes considerando situações sociais. Como resultado, o estudo descobriu que, para as mulheres, o tamanho ideal de um pênis pode variar conforme as circunstâncias.

Por exemplo, para sexo casual, o tamanho ideal seria o equivalente a 16,3 centímetros de comprimento e 12,7 centímetros de circunferência. Agora, quando o assunto era o tamanho ideal do membro de seus parceiros fixos, essa média diminuía. Indo dos 16,3 para 16 centímetros de comprimento e 12,2 de circunferência.

Ainda de acordo com esse mesmo estudo, uma média de 20% das mulheres avaliadas já haviam terminado um relacionamento, por causa de um membro que julgavam pequeno demais.

Ao passo que apenas 6% haviam terminado relacionamentos por conta de pênis muito grandes.

Qual é o tamanho médio do pênis brasileiro?

Medições Penianas apresentadas em congressos da SBU (Sociedade Brasileira de Urologia) concluem que a média de tamanho, no Brasil, do pênis ereto ficam entre 10,5 cm e 17,5 cm.

Por outro lado, uma pesquisa da Universidade de Ulster que buscou saber o tamanho médio do pênis de acordo com o país de origem, afirmou que os brasileiros têm a reputação de serem bons em relacionamentos íntimos. Isso por que o estudo constatou que o tamanho médio do órgão, no país, é 16,10 cm.

O pênis muito grande pode machucar o órgão feminino?

A resposta é claramente sim, pois não só é possível o aparecimento de lesões durante a relação sexual, mas também pode causar problemas funcionais e psicológicos para os pacientes, como vaginismo ou outras alterações. Além disso, às vezes pode causar mais dor do que prazer durante a relação sexual.

Contudo, o desconforto durante a penetração vaginal e anal depende de mais fatores do que o tamanho do órgão masculino. Em algumas ocasiões, se houver experiências negativas anteriores associadas à dor vaginal, pode acontecer que encontrar um tamanho de pênis diferente do esperado pode gerar maior tensão e nervosismo e tornar os músculos vaginais tensos, dificultando a penetração.

É possível aumentar o tamanho do pênis?

O aumento do pênis refere-se ao uso de algum método (e até mesmo cirurgia) para aumentar o comprimento ou a circunferência do pênis. No entanto, todas as opções não cirúrgicas têm pouco respaldo científico, existem técnicas que não são eficazes, algumas são temporárias e outras podem até ser prejudiciais.

Além disso, a cirurgia de aumento do pênis é indicada apenas para homens com as seguintes condições:

  • Pênis embutido: quando o órgão fica escondido sob a pele, devido ao excesso de gordura abdominal ou a uma almofada púbica gordurosa;
  • Micropênis: esta condição é muito rara, está relacionada a anormalidades genéticas e hormonais. Nesse caso, o pênis mede menos ou igual a 4 cm flácido ou 8 cm ereto.
  • Amputações parciais por trauma ou câncer de pênis.

No entanto, a tendência de realizar o aumento do pênis como procedimento estético é uma realidade. Homens com pênis de tamanho normal que desejam aumentar o pênis por motivos estéticos seriam uma indicação, a princípio, apenas recomendada para trabalhos científicos e pesquisas clínicas. Mas várias clínicas já oferecem esse serviço e com o avanço da tecnologia esse número tende a aumentar.

Como medir o pênis?

Para determinar o comprimento do pênis, a medição deve ser feita durante a ereção. A fita métrica é colocada na parte superior do pênis e é medida da raiz até a ponta da glande, sem contar o excesso de pele do prepúcio. A largura ou circunferência também é medida na raiz, não na glande.

Outra falácia muito difundida, pelo menos entre os mexicanos, é que o tamanho do pênis tem certa proporção com o tamanho do pé. Se ele se encaixa grande, deve ser muito bem dotado. Nada mais falso. Não há comprovação científica ou proporção estabelecida por Leonardo da Vinci, que sustente esse paralelismo.

Por que o pênis é torto?

Ter um pênis curvo (ou como pode ser comumente chamado de “pênis torto”) é algo que preocupa muitos homens, mas é muito normal. Nem todas as curvaturas são consideradas patológicas.

Portanto, só há problema quando essa curvatura atrapalha ou dificulta a relação sexual, há dificuldade para urinar ou causa dor ao paciente. Além disso, há casos em que o pênis torto está associado à falta de crescimento da uretra.

Se o canal urinário for muito curto produz “deformidade”, e isso muitas vezes causa problemas psicológicos nos pacientes. A deformidade do pênis pode gerar insegurança na hora de ter relações sexuais e em muitos casos essa deformidade afeta diretamente e atrapalha o ato sexual.

É possível fortalecer o pênis com exercícios?

Há uma série de exercícios para fortalecer este órgão do corpo, como o treinamento de Kegel e de Jelqing. No caso dos exercícios de Kegel, eles podem ajudá-lo a melhorar a dureza de sua ereção e tornar sua ejaculação mais forte.

Os exercícios de Jelqing também servem para alcançar um melhor controle ejaculatório. No entanto, eles aproveitam melhor o seu tamanho, mas definitivamente não o aumentam.

Como se isso não bastasse, se fosse realmente verdade que o pênis pode ser aumentado, ele precisaria de mais sangue para se encher em estado ereto e mais força em certos músculos. Assim, se o aumento do pênis fosse realmente alcançado com esses exercícios, ele não conseguiria ficar firme o suficiente para ter uma relação agradável.

É possível o pênis diminuir de tamanho?

A idade, a obesidade e outras doenças podem levar à perda do comprimento do pênis ou à percepção dessa redução. Porém, dependendo da origem dessa redução, existem tratamentos para manter o tamanho.

Desse modo, as principais causas dessa redução, incluem:

  • Peyronie: esta doença faz com que você tenha uma curvatura completamente anormal do pênis. Em alguns casos há uma fibrose ou cicatriz nas lâminas que cobrem os corpos cavernosos do pênis, que inevitavelmente encurtam seu comprimento;
  • Envelhecimento: causado pela atrofia relacionada a menos testosterona no corpo e menos atividade sexual;
  • Procedimentos cirúrgicos: algumas cirurgias que envolvem a região pélvica podem afetar o tamanho do pênis, sendo uma das mais comuns as realizadas para o tratamento do câncer de próstata.

O tamanho realmente importa?

Às vezes, nem mesmo inúmeras estatísticas podem fazer um homem se sentir melhor com o tamanho de seu pênis. De acordo com um estudo da Universidade de Sheffield, 45% dos homens estão insatisfeitos com o tamanho do órgão sexual.

Na verdade, essa insatisfação é muito mais comum em homens com pênis de tamanho médio do que naqueles com pênis menores. Entretanto, isso pode ser o resultado de um problema cultural com a maneira de comparar ou idealizar o corpo perfeito.

Entretanto, outro estudo com mais de 50.000 homens demonstrou que apenas 55% dos homens estavam satisfeitos com o tamanho do pênis em comparação aos 85% das mulheres que estavam satisfeitas com o tamanho do parceiro.

De acordo com a pesquisa, a maioria dos estudos até agora sugere que o tamanho do pênis está muito abaixo na lista de prioridades para as mulheres do que, por exemplo, a personalidade de um homem ou a aparência pessoal.

Quando se preocupar com o tamanho?

Quem possui o pênis com dimensões próximas às médias apresentadas não precisa se preocupar. No entanto, pênis com menos de 7 cm ereto é considerado micropênis.

Essa condição pode afetar o desempenho sexual e, consequentemente, a saúde mental do indivíduo. Além disso, conforme visto acima, à medida que a pessoa envelhece, o pênis pode encurtar levemente, devido à falta de atividade sexual.

Em qualquer caso, se as dimensões do seu pênis está te causando incômodo ou insegurança, é importante buscar ajuda médica e psicológica.

Qual é o médico que trata sobre o tamanho do pênis?

No caso da saúde masculina encontramos principalmente dois tipos de especialistas: andrologistas e urologistas. São duas especialidades complementares que você pode consultar caso tenha que resolver um problema relacionado à sua área genital.

Basicamente, um andrologista é um urologista especializado no estudo, exploração e investigação da função e reprodução sexual masculina . Este médico pode ser considerado o ginecologista dos homens.

Já o urologista é um profissional médico que lida com doenças e lesões relacionadas ao sistema urinário em homens e mulheres. Trata patologias que afetam o sistema urinário, glândulas adrenais e retroperitônio de ambos os sexos e o aparelho reprodutor masculino.

Atua no âmbito do rim e suas estruturas adjacentes, trato urinário, região lombar, uretra, bexiga, próstata, trato seminal, pênis, escroto e testículos.

Conclusão

O tamanho ideal do pênis é um conceito de comprimento associado à virilidade, sustentado por uma construção cultural, e que também bebe da pornografia com suas distorções e exageros.

A realidade é que, por mais que se insista na crença de que o tamanho importa, todos têm o que têm e devem aprender a conviver com isso. Portanto, se você acha que o tamanho do pênis é um problema para você, converse com seu parceiro, você pode se surpreender ao saber que ele não pensa da mesma forma.

Você também pode consultar especialistas em saúde sexual masculina, eles irão orientá-lo sobre qualquer dúvida que você tenha em relação ao seu desempenho sexual. O mais importante é ter boa saúde sexual, desfrutar plenamente de sua vida, sem preconceitos e com total liberdade.

Fontes: CMJornal, Dr. Leonardo Ortigara.

Bibliografia

VEALE, David et al. Sexual Functioning and Behavior of Men With Body Dysmorphic Disorder Concerning Penis Size Compared With Men Anxious About Penis Size and With Controls: A Cohort Study. Sex Med. Vol 03. 3 ed; 147-155, 2015

NIKOOBAKHT, Mohammadreza et al. Effect of Penile-Extender Device in Increasing Penile Size in Men With Shortened Penis: Preliminary Results. J Sex Med. Vol 08. 11 ed; 3188-3192, 2011

UROLOGY CARE FOUNDATION – AMERICAN UROLOGICAL ASSOCIATION. The Foundation´s Recommendations on Penile Augmentation. Disponível em: <https://www.urologyhealth.org/urologic-conditions/penile-augmentation>.

Leia também:

Maior pênis do mundo: história e detalhes sobre o recorde

Tamanho do pênis, qual é a média? Dúvidas e cuidados necessários

O pênis cresce até que idade?

Qual é o tamanho normal do pênis, afinal?

Quebrar o pênis é possível? O que fazer quando isso acontece?

Qual é a média mundial de tamanho do pênis?

Mulheres desenharam o que consideram o pênis ideal. Veja o vídeo

Próxima página »

Escolhidas para você