Ciência & Tecnologia

Três Gargantas, o que é? Como funciona a maior hidrelétrica do mundo

A usina de Três Gargantas foi construída na China para evitar tragédias com inundações do Rio Yangtze e melhorar a economia local.

Atualizado em 23/09/2020

A usina de Três Gargantas é a maior hidrelétrica do mundo e uma das maiores obras já construídas pelo ser humano. Iniciada em 14 de dezembro de 1994, ela quase 20 anos para ser finalizada.

Localizada em Sandoupingna, a usina de Três Gargantas foi construída no Rio Yangtze, o terceiro maior do mundo. O rio fica atrás apenas do Amazonas e do Nilo e é extremamente importante para a economia da China.

Antes da construção da usina, o rio já era a principal rota fluvial do país e a barragem ajudou a deixar isso ainda mais evidente.

Rio Yangtze

Três Gargantas - o que é e como funciona a maior hidrelétrica do mundo
Belt & Road

O Rio Yangtze é o terceiro maior do mundo e maior de toda a Ásia. Com cerca de 6.300 km, ele atravessa os planaltos tibetanos e vai até o Mar da China Ocidental. Segundo várias classificações, ele também é o berço da civilização chinesa.

Historicamente, o Yangtze é marcado por inundações a cada década. Em 1954, por exemplo, uma trágica inundação de 193 mil km² matou mais de 33 mil pessoas e forçou a mudança de outras 19 milhões.

Apesar disso, o rio também foi utilizado por milênios para promover o avanço da China. Isso porque foi essencial para a irrigação, transporte, saneamento e até mesmo estratégias de guerra.

Foi a partir da liderança política de Sun Yat-sen, então, que surgiram as primeiras ideias de uma barragem capaz de conter as inundações. Por outro lado, a barragem ainda poderia ser útil para gerar energia elétrica.

Construção de Três Gargantas

Três Gargantas - o que é e como funciona a maior hidrelétrica do mundo
Geo Engineer

Para construir a usina de Três Gargantas foram utilizados 27,2 milhões de m³ de concreto. A maior parte desse concreto está na parede da barragem, que tem 181 metros de altura (dos quais 110 estão acima da água). Além disso, foram utilizadas 463 mil toneladas de aço e movimentados 102 milhões de m³ de terra.

Apesar de o último gerador ter sido ativado somente em 2012, o primeiro do conjunto de 26 foi ativado em 10 de julho de 2003. Atualmente, ainda há outros geradores subterrâneos que otimizam o funcionamento da usina, totalizando 32.

No total, os geradores são capazes de gerar até 22,5 GW, o equivalente a cerca de 15 usinas nucleares.

A usina também possui duas eclusas, em câmaras de 280 m de comprimento, 35 m de largura e 5 m de profundidade. Dessa maneira, é capaz de transportar embarcações de até 10 mil toneladas, num espaço de cerca de 4 horas.

Três Gargantas também tem o maior elevador fluvial do mundo, capaz de carregar barcos de até 3 mil toneladas. Além disso, diferente da elevação por eclusas, pode ser feito em apenas 40 minutos.

Impacto da usina

Três Gargantas - o que é e como funciona a maior hidrelétrica do mundo
South China Morning Post

A principal da ideia da construção de Três Gargantas era promover o desenvolvimento econômico e social da China, além de impedir danos causados pelas enchentes. Além disso, é claro, a usina permitiria a geração de energia e o fim da falta de eletricidade em algumas regiões.

Com a produção de energia da usina, foi possível que cerca de 50 milhões de toneladas de carvão fossem economizados na china. Ou seja, a construção evitou que 100 milhões de toneladas de CO2 fossem liberadas na atmosfera.

Por outro lado, ativistas defendem que a barragem oferece influência no ecossistema da real. Dessa maneira, ameaçaria a vida de várias espécies de peixes, aves e outros animais que vivem na região. A inundação da região também afetou cerca de 1.300 sítios arqueológicos.

A Usina de Três Gargantas também é importante para o turismo chinês. Atualmente, é possível visitar a usina em passeios de ônibus ou barco pelo local.

Curiosidades sobre Três Gargantas

Três Gargantas - o que é e como funciona a maior hidrelétrica do mundo
People
  • Primeiramente, a usina tem uma terceira função, de melhorar a navegação no rio Yangtze. Por meio do controle do nível da água, é possível ajustar a profundidade para prever percursos.
  • O volume de água que pode ser movido pela usina é tão grande que, operando em potência máxima, afetaria a duração do dia no planeta Terra em 0,06 microssegundos.
  • Apesar de ser a maior usina do mundo, Três Gargantas produz menos eletricidade do que Itaipu, em razão da regularidade da vazão local e do consumo médio de energia dos chineses.

Fontes: Mundo da Elétrica, China Link Trading, China Vistos, Instituto de Engenharia, Jornal do Comércio

Imagens: Britannica, People, South China Morning Post, Geo Engineer, Belt & Road