Veja como fica o esperma humano visto de um microscópio

Todo mundo sabe que os bebês não veem, exatamente, das cegonhas, não é mesmo? Na escola mesmo a gente aprende que, para ser criado, o feto precisa do óvulo feminino e do esperma masculino para a fecundação.

O problema é que, visto a olho nu, a gente não tem a menor noção do quão “populoso” esse esperma humano pode ser. Ou você consegue imaginar que existem milhares, se não milhões, de partículas vivas no sêmen que fica no fundo da camisinha, por exemplo?

Embora seja impossível perceber isso a olho nu, a verdade é que esse fluído produzido no corpo do homem é bem parecido com o que é descrito nos livros de biologia: repleto de espermatozoides. E isso você vai poder conferir logo mais, no vídeo que disponibilizamos abaixo.

Como você vai ver, nas imagens divulgadas pelo canal “Medicina é“, no YouTube, é possível enxergar os inúmeros espermatozoides se movimentando rapidamente no esperma humano. Com certeza, depois dessa experiência, você vai ver, literalmente com outros olhos, esse fluído que sai do seu corpo ou do corpo dos homens que você conhece.

Agora, se você está tentando imaginar como foi possível uma aproximação tão impressionante assim, a ponto de desvendar o que existe dentro do esperma humano, fique sabendo que foi preciso um microscópio bastante potente. O pessoal do canal precisou ampliar 1000 vezes para observar os espermatozoides e as estruturas que existem em um conjunto de outros líquidos, como você pode ver no vídeo a seguir.

Veja como fica o esperma humano visto de um microscópio:

Então, meio assustador ver isso tão de perto, não acha? E, falando nas “coisas” dos homens, você pode gostar (ou não… muito provavelmente não) de ler essa outra matéria: O que acontece quando alguém quebra o pênis?

Fonte: Conhecimento Científico, YouTube