10 dicas para dominar a psicologia reversa e conseguir o que quiser

Você já sonhou em conhecer algum truque ou ter um controle remoto que, às vezes, só às vezes, fizessem as pessoas mais amigáveis ou sugestionáveis às suas vontades e opiniões? Se sim, fique sabendo que não é preciso nada disso. Existe um método, chamado psicologia reversa, que pode funcionar muito bem para propósitos como este, descritos logo no início.

Aliás, se você é um leitor assíduo do Segredos do Mundo, já deve ter lido um pouco sobre o assunto, que funciona como uma espécie de truque psicológico. Isso porque você acaba convencendo as pessoas e conseguindo resultados positivos por meio de uma sugestão negativa ou vice-versa.

Por exemplo, quando você diz a uma pessoa que ela é fraca demais para alcançar certos objetivos, muito provavelmente ela se sentirá desafiada e tentará provar a você o contrário, se esforçando para conseguir o sucesso. Ou, quando você não quer que uma criança faça algo e, para conseguir isso, acaba mandando que ela faça. Entendeu?

11

Claro que este é um método polêmico por ser uma espécie de manipulação, e a própria psicologia não entra em consenso sobre seu benefícios em certas situações, como na educação. Mas, como resistir à psicologia reversa em situações inocentes do dia-a-dia, com aquela pessoa cabeça dura e que parece que já nasceu “do contra”?

Por saber que métodos como este parecem uma luz no fim do túnel de muita gente, especialmente quando se trata de um irmão chato ou de um amigo que a gente nunca consegue convencer de nada, é que listamos abaixo algumas dicas de como conseguir bons resultados com a psicologia reversa.

Obviamente, é preciso tomar cuidado para colocar a técnica em prática e evitar excessos, mas se você for uma pessoa legal e consciente, tudo isso pode se tornar uma grande brincadeira.  Quer conferir?

Aprenda 10 dicas para dominar a psicologia reversa:

1. Este método é mais eficaz com pessoas resistentes por natureza e que odeiam que digam o que precisam fazer;

1

2. Pessoas emocionais, irritadiças e com excesso de confiança também são suscetíveis à psicologia reversa;

3

3. Desafie a outra pessoa, insistindo em um argumento ao contrário do que você deseja alcançar. Tente fazer com que a pessoa pense que está tomando a decisão sozinha;

8

4. Mantenha a calma enquanto você estiver usando psicologia reversa, especialmente se você for colocá-la em prática com crianças;

10

5. Certifique-se de manter o seu objetivo final em mente;

4

6. Manter o tom de voz uniforme e pouco sugestivo é tão importante quanto dizer o oposto do que você realmente quer;

7

7.  Com pessoas adultas, o cuidado precisa ser dobrado. Por exemplo, ao tentar atrair alguém que você só quer como amigo, deixe claro à essa pessoa que você não quer nada além de amizade;

9

8. Outra técnica bastante eficiente é usar um desafio: “Eu aposto que você não pode chegar a tempo!”

5

9. Certifique-se de que você está soando de forma convincente. A pratica leva à perfeição!

6

10. Tenha cuidado quando for usar esta técnica e evite o uso deste método em situações graves. A psicologia reversa pode ser um “tiro pela culatra” se não for usada corretamente, por isso, nunca cometa excessos com a técnica ou você pode ser descoberto e manipulado também.

2

Abaixo você confere um ótimo (e fofo) exemplo de psicologia reversa na prática:

 

E funciona com bichinhos também, veja só:

 

E, falando em coisas que psicologia explica, você vai gostar de entender também: O significado dos rabiscos que você faz, sem pensar, no caderno.

Fonte: Bright Side, YoutubeYoutube