20 fotos que mostram nosso planeta como você nunca viu antes

Apesar de todos os problemas que nosso planeta enfrenta há anos, ele ainda pode ser considerado um lugar de maravilhas. Isso porque as paisagens que ainda conservamos intactas e a ação natural da natureza e do clima proporcionam à algumas localidades de nosso planeta uma beleza privilegiada.

O mais interessante de tudo é que muitos desses belíssimos lugares que estão por ai são tão pouco conhecidos pelos homens que, dificilmente, os reconhecemos como parte da Terra, quando os vemos em fotos. Um bom exemplo disso são as localidades fotografadas pelos profissionais mais criativos do mundo para o concurso de fotografias Internacional Landscape Photographer of the Year (algo como Fotógrafo Internacioinal de Paisagem do Ano).

Como você vai ver, mesmo os lugares mais bonitos de nosso planeta contam com ângulos tão belos quanto desconhecidos para a maioria de nós. Tanto, que a maioria dos ambientes fotografados parecem mais ter saído de um programa de edição de imagens ou, no mínimo, de um planeta diferente.

Abaixo, nas imagens selecionadas, você vai conseguir notar um pouco disso. A seleção também mostra os trabalhos ganhadores da edição de 2016 do concurso.

Confira 20 fotos que mostram nosso planeta como você nunca viu antes:

Hougaard Malan

Malan, da África do Sul, ganhou o principal prêmio com esta foto das Quedas do Ruacaná, no norte da Namíbia. Ele também ganhou na categoria “Cachoeira”.

Simone Cmoon

O segundo lugar geral foi ganhado ficou esta imagem de Lofoten, na Noruega, feita por Simone Cmoon.

Eberhard Ehmke

Eberhard Ehmke ficou em terceiro lugar com esta foto aérea de Hessen, na Alemanha.

Alex Noriega

Alex Noriega ganhou o prêmio pelo conjunto de sua obra. Nesta imagem, vemos o vento e a luz dourada nas dunas de areia de Death Valley, Califórnia, nos EUA.


Já na imagem abaixo, árvores emergem de um prado coberto de neve no Monte Rainier, Washington, EUA.

Noriega também fotografou a floresta Queets Rainforest em Washington.

Abaixo, Noriega captura uma visão fascinante do Planalto Colorado na quarta imagem de seu prêmio pelo conjunto da obra.

Kath Salier

Este foi o segundo lugar no prêmio pelo conjunto de sua obra. Acima, temos uma visão da Islândia.

E, abaixo, uma caverna de gelo perto de Jokulsarlon, também na Islândia.

A fotógrafa ainda capturou o movimento constante da água em um parque da Tasmânia, na Austrália.

Este clique na praia de Flakstadoya, na Noruega, é a quarta imagem da coleção de Salier.

Peter Poppe

O 3º lugar pelo conjunto da obra nos mostrou Sandwich Harbor, perto de Swakopmund, na Namíbia.

Abaixo, o contraste de textura em Deadvlei, Sossusvlei, Namíbia.

Outro clique da Namíbia.

Mais uma vez Deadvlei, com um aspecto assombroso.

Guy Havell

Guy Havell ganhou a categoria “Branco e Preto” com esta foto da igreja de Ingjaldsholl, na península de Snaefellsnes, Islândia.

Leonardo Papära

A foto de uma aurora de Leonardo Papära em Godafoss, Nordurland, Islândia, ganhou o prêmio “Céu Dominante”.

Kalan Robb

Robb recebeu o prêmio na categoria “América do Sul” com esta incrível perspectiva do Mirador em El Alto, Bolívia.

Ignacio Palacios

Palacios venceu com esta bela imagem de Marismas de Guadalquivir, na Espanha.

Nosso planeta é mesmo surpreendente, não? Mas não é só a beleza dos lugares mais remotos de nosso mundo que podem surpreender. Como você vai ver nessa outra matéria, os fenômenos naturais que ocorrem por aí também podem ser um grande mistério: Profecia do fim do mundo, de 500 anos, se cumpre e neva no litoral mediterrâneo por 2 dias.

Fonte: Hypescience, Business Insider