Curiosidades

21 tiros de canhão – O que significa e a história da tradição

Em eventos solenes e ocasiões especiais que acontecem nas cerimônias do poder público, geralmente, são disparados 21 tiros de canhão.

Você sabe o que significam os 21 tiros de canhão, que acontecem em alguns eventos muito importantes do poder público? Não? Bom, aqui nós vamos contar um pouco desse ritual de passagem.

Além de ser uma curiosidade bem interessante, ele está presente nas principais cerimonias da história desde o fim da Idade Média. Tendo em vista, que tudo começou lá trás, com os navios de guerra. Aliás, naquela época, quando alguma embarcação chegava a um território desconhecido, descarregavam os seus canhões como uma sinalização de paz.

Então isso nos mostra, que esse costume, além de ter a função de homenagear alguém atualmente. Também, pode ser entendido como sinal de respeito.

21 tiros de canhão: o que eles significam?
Mar Sem Fim

O que quer dizer os 21 tiros de canhão?

Os disparos de canhão tem a função de anunciar a presença de alguma figura de autoridade muito importante. Primordialmente, a quantidade máxima de disparos, que seriam os 21 tiros de canhão, são dadas a um número exclusivo de pessoas.

Continua após a publicidade

Antes de tudo, para o presidente da República. Devidamente, ao chefe de Estado estrangeiro a sua chegada na capital federal. E aos presidentes do Congresso e do Supremo Tribunal Federal, quando acontecem as cerimônias de abertura e encerramento de seus trabalhos.

21 tiros de canhão: o que eles significam?
Ego – Globo

Porquê a quantidade de tiros disparada é sempre ímpar?

Segundo o Centro de Comunicação Social do Exército, o número ímpar de tiros é devido a uma segurança de não deixar dúvidas na contagem de disparos. Antigamente, na Inglaterra, a salva real era de 101 tiros com o mesmo fundamento.

Continua após a publicidade

Atualmente, também são promovidos disparos para o anunciar a presença de outros chefes de estado. Ao passo que, para o vice-presidente da República, ministros de Estado, embaixadores de nações estrangeiras, governadores de estados e do Distrito Federal, almirantes, marechais, e comandantes das forças armadas são dados 19 tiros.

Além disso, para militares de altíssimo escalão, como os Chefes dos Estados Maiores de cada uma das Forças Armadas até Brigadeiros do Ar. Nesse sentido, a quantidade de tiros pode variar de 17, 15 a 13 disparos, dependendo da patente do militar homenageado.

Continua após a publicidade

Um pouco de História.

21 tiros de canhão: o que eles significam?
Estudo Prático

Surpreendentemente, esse legado surgiu no fim da Idade média. Quando ao se aproximarem das fortificações, as forças militares descarregavam todos os seus mosquetes e canhões com o objetivo de assegurar que estavam em missão de paz.

No Brasil, esse costume advém desde o Império. Assim como na Inglaterra, no período Imperial a quantidade de tiros também era de 101 para o Imperador.  No começo do século 18, por volta de 1730, o território inglês reconheceu oficialmente o gesto. Autorizando que a Marinha Real, disparasse 21 tiros para honrar membros da família real em ocasiões especiais.  Salvo que em 1808, essa se tornou a maneira formal de homenagem a realeza britânica.

21 tiros de canhão: o que eles significam?
Senado Federal

Em seguida, os 21 tiros de canhão, eram disparados para notificar a presença da imperatriz, à família real e aos arcebispos e bispos em suas dioceses. Com o passar do tempo, esse gesto foi sendo aderido por outras nações. Em suma, apenas em 1890, que o Congresso Nacional dos Estados Unidos definiu os 21 disparos como saudação formal.

Finalmente, em 1983, no período republicano, João Baptista Figueiredo estabeleceu que a salva de gala tomasse a forma atual. Sendo de 21 tiros de canhão para os maiores chefes de estado.

Continua após a publicidade

Antes de tudo, gostou dessa curiosidade? Curte fatos históricos? Que tal dar uma olhada no nosso post sobre O que acontece com as balas quando se atira para o alto?

Imagem Destaque: SAPO 24

Fontes: MegaCurioso, Jusbrasil, Senado.

Continua após a publicidade

Próxima página »

Escolhidas para você