5 coisas que as pessoas pensam ser pecado mas a Bíblia não condena

Por mais que você não seja cristão, provavelmente você já ouviu falar em pecado, não é mesmo? Para quem não sabe (o que a gente acha ser difícil, mas, enfim…) esse é o nome dado a uma série de ações desaprovadas aos olhos de Deus, como matar, furtar, fazer sexo antes do casamento e assim por diante.

Na Bíblia, por exemplo, é possível aprender tudo o que é considerado pecado. Aliás, o livro sagrado do Cristianismo reúne uma série de ensinamentos e de regras que são seguidos e estudos pelos seguidores das religiões cristãs.

O problema, no entanto, é que em meio a tanta coisa que é considerada pecaminosa, existem algumas outras que acabam sendo condenadas pelas igrejas, mas que nunca foram citadas na Bíblia como uma ofensa a Deus.

Abaixo, na lista, você confere uma seleção de apenas algumas dessas ações que muita gente acha que é pecado mas não é.

Confira 5 coisas que as pessoas pensam ser pecado mas a Bíblia não condena:

1. Consumir bebidas alcoólicas

Em várias passagens da Bíblia, o vinho, por exemplo, é citado como algo positivo, como em Eclesiastes 9:7. “Vá, coma o seu alimento com alegria e beba o seu vinho com coração alegre, pois o verdadeiro Deus já se agradou das suas obras”.

O próprio Jesus Cristo, aliás, usou o vinho para fazer milagres, como quando transformou a água na bebida.

Mas, não se empolgue. O pecado com relação à bebida alcoólica está na embriaguez. Em Romanos 12:1, por exemplo, é possível ler que “uma pessoa bêbada não consegue obedecer ao mandamento de “apresentar o seu corpo como sacrifício vivo, santo e aceitável a Deus, prestando assim um serviço sagrado com a sua faculdade de raciocínio”.

2. Ouvir músicas mundanas

Não existe qualquer passagem na Bíblia que condene o ato de ouvir músicas não-cristãs. Mas, claro, é preciso bom senso.

Se você quer evitar o pecado, é preciso levar em consideração a mensagem que a canção trás, o ritmo, que pode incitar a sexualidade; e, claro, o propósito por trás da música.

3. Tatuar o corpo

Esse é um tópico que costuma gerar discussões, mas, na verdade, o que a Bíblia diz sobre a tatuagem está em Levítico 19:28. A passagem diz que “Pelos mortos não fareis incisões no vosso corpo, nem fareis marca alguma sobre vós Eu sou o Senhor…”.

Apesar da tradução da Bíblia da CNBB a palavra “marca” tenha sido substituída por “tatuagem”, a verdade é que existem rodas de rodapé no livro explicando que esses versículos dizem ser pecado alguns rituais de luto pagãos. Nessas cerimônias, as pessoas costumavam marcar seus corpos em homenagem aos mortos.

Hoje em dia, no entanto, as tatuagens não sei feitas em cerimônias religiosas, por exemplo, e se trata de uma espécie de arte. Por isso é possível dizer que a Bíblia não condena o ato de tatuar a pele em si.

4. Bater palmas durante cerimônia religiosa

Alguns segmentos religiosos pregam que bater palmas na igreja, especialmente durante a cerimônia, é algo errado. No entanto, a Bíblia enfatiza que se deve louvar a Deus.

Nesse contexto, as palmas não teriam outra função que exaltar a Deus, seriam apenas uma manifestar física de louvor.

5. Assistir TV

Muitos acreditam que ver TV é pecado pela passagem em Efésios 5:7, 11-12; que diz “Não sejais participantes com eles… E não sejais cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; antes, porém, reprovai-as. Porque o que eles fazem em oculto, o só referir é vergonha”.

Mas, claro, assim como nos demais casos que mencionamos aqui, tudo depende do tipo de conteúdo que se está consumindo. Se você for cristão e buscar se preservar do que é condenado por sua religião, o melhor é selecionar o conteúdo e dar preferência a programações construtivas.

E então, você sabia que essas coisas não eram pecado? Ou acha que estamos errados? Não deixe de comentar!

Agora, falando no livro sagrado do Cristianismo, você pode se interessar também por esse outro tema: Guera na Síria é profecia bíblica que está sendo cumprida?

Fonte: Fatos Desconhecidos, aBíblia.org