Curiosidades

5 dicas para montar e transportar a melhor marmita para o trabalho

Não importa se é para economizar, para comer algo mais saudável no almoço ou por comodidade: levar marmita para o trabalho é sempre uma boa ideia.

Não importa se é para economizar, para comer algo mais saudável no almoço ou por comodidade: levar marmita para o trabalho é sempre uma boa ideia.

Mas se você quer um almoço caseiro no escritório sem percalços – sem molho espalhado pela bolsa e sem colegas reclamando do cheiro da comida – deve se preparar bem para montar e transportar a refeição.

Confira abaixo cinco dicas espertas e bom apetite!

5 dicas para montar e transportar a melhor marmita para o trabalho

1. Evite alguns ingredientes

5 dicas para montar e transportar a melhor marmita para o seu trabalho

Continua após a publicidade

Alguns pratos são deliciosos, mas causam brigas no escritório quando reaquecidos por causa de seu cheiro forte. Por isso, é melhor deixar ingredientes como nabo, couve-flor e pimentão para comer em casa.

Por outro lado, existem alimentos que não resistem bem ao transporte e reaquecimento no forno ou micro-ondas: batatas fritas (e frituras, de maneira geral), empanados, risotos e alguns tipos de carne, por exemplo, não ficam muito apetitosos.

Continua após a publicidade

2. Invista em pratos que mantenham umidade

5 dicas para montar e transportar a melhor marmita para o seu trabalho

Carne de panela, arroz de forno, almôndegas com molho são alguns pratos que resistem bem à vida na marmita: aposte em pratos que mantenham alguma umidade.

Continua após a publicidade

Omeletes recheadas, ovo cozido, legumes no vapor e batatas assadas ou gratinadas também são boas opções.

Peixes, por exemplo, costumam ser malvistos por causa do cheiro que deixam no micro-ondas – mas, quando têm molho, podem ser uma boa refeição.

3. Seque as folhas da salada

5 dicas para montar e transportar a melhor marmita para o seu trabalho

Folhas como alface, espinafre ou rúcula costumam ser mais frágeis para transportar na marmita para o trabalho, o que desanima um pouco na hora de levar saladas para o escritório.

Continua após a publicidade

Para evitar esse problema, seque muito bem as folhas antes de acondicioná-las no pote. Aposte também em folhas mais escuras, como agrião, espinafre e couve, que são mais resistentes.

E deixe para temperar a salada somente na hora de servir – isso também ajuda a manter as folhas intactas.

4. Escolha bem onde você vai levar a comida

5 dicas para montar e transportar a melhor marmita para o seu trabalho

Marmita pode ser de metal, de plástico, de silicone, de vidro… Seja qual for o material, é bom se atentar a alguns detalhes.

Continua após a publicidade

Invista em uma bolsa térmica para garantir a conservação do alimento (isso vale em dobro se você não tiver uma geladeira no escritório) e sempre cheque os fechos do pote.

E, pode parecer uma sugestão tola, mas não encha a marmita até a borda: a chance dos inevitáveis solavancos no caminho deslocarem a comida (e, por consequência, abrirem o pote) só aumenta se não houver um pouco de “espaço de manobra” no recipiente.

Se der, leve cada porção separadamente – por exemplo, feijão em um pote, arroz em outro.

5. Coloque a marmita na geladeira

5 dicas para montar e transportar a melhor marmita para o seu trabalho

Continua após a publicidade

Nada de ficar zanzando com a sacola térmica dentro da empresa: chegou ao escritório, a marmita tem que ir direto para a geladeira.

Como em toda cozinha compartilhada, vale a sugestão de etiquetar os potes ou guardar tudo em uma sacola com seu nome para identificar o dono da refeição.

Se por acaso você não comeu a refeição no dia, não a esqueça dentro da geladeira — descarte-a ou leve de volta para casa.

Leia tambémQuanto são 200 calorias? Ensaio revela com diferentes tipos de comidas

Continua após a publicidade

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: Dicas de Mulher

Próxima página »

Escolhidas para você