6 funções de seu Motorola que talvez você não conheça

Todo mundo adora falar sobre smartphones, quase tanto quanto adora usar os tais aparelhos que unem celular, computador, calculadora, GPS e um monte de outras funções, não é mesmo? É por isso que hoje você vai ser apresentado às funções mais legais do Motorola.

Claro que muitas dessas funções não são exclusivas da marca, mas isso não diminui a utilidade de todos esse recursos. Afinal, como você já viu por aqui, nem mesmo Android e Apple estão livres desse “jogo de animação”, já que um vive copiando o outro, né?

Mas, voltando a falar dos celulares Motorola, há algumas coisa que os aparelhos da marca podem fazer e que, nem mesmo seus usuários, têm consciência. Aliás, para falar a verdade, as funções que você está prestes a conhecer são tão inteligentes que mesmo que não tenha um Motorola você vai gostar de conhecê-las.

Que tal, por exemplo, um celular que aprende com seus hábitos e se adapta a eles? E o que dizer sobre um celular que ativa e desativa a tela somente com um gesto do usuário? Legal, né?

O melhor de tudo é que esses estão longe de ser os melhores dos recursos que listamos. Quer ver?

Veja 6 funções de seu Motorola que talvez você não conheça:

1. Fotos em sequência

1

Apesar de uma das coisas mais legais do Motorola ser o fato de tirar fotos, independendo do lugar da tela em que você tocar, pouca gente conheça essa outra função também superinteressante: é possível tirar várias fotografias em sequência.

O que fazer para conseguir isso? Basta manter o dedo pressionado na tela, em qualquer lugar.

2. Digitar sem soltar

2

Se você é uma pessoa que digita muito no celular e, às vezes, se cansa de teclar letra por letra, existe um jeito mais simples de fazer isso. O Motorola, assim como é comum nos Androids, permite que você use o teclado apenas deslizando os dedos sobre os caracteres. Isso permite que você digite mais rápido e sem tirar o dedo do teclado.

O sistema ainda ajuda você a completar as palavra, caso seja preciso. E, para dar espaça entre as palavras, basta soltar o teclado.

3. Economia de bateria

3

E, que tal, garantir que você vai ter bateria suficiente até chegar em casa ou em outro lugar onde possa carregar seu celular? O Motorola faz isso por meio de um recurso bem legal. Quando você ativa a função Economia de Bateria, o aparelho para de exibir animações, alguns aplicativos menos importantes interrompem o funcionamento e a iluminação fica menos intensa, a fim de que a bateria se prolongue.

Você pode programar essa função para entrar em ação, automaticamente, em determinados momentos. Para ativar a Economia de Bateria, vá até as Configurações, toque o ícone da bateria acesse Opções Extras e, então, selecione Economia de Bateria.

4. Padrões de comportamento

4

Sabia que é possível, por meio do Motorola Assist, definir alguns padrões de funcionamento do seu aparelho? Por exemplo, todas as vezes que você estiver dirigindo, pode atender ligações em viva-voz. Mas o mais interessante de tudo é que o próprio aplicativo “aprende” a se adaptar ao usuário, aprendendo com os hábitos e a rotina que ele leva.

5. Tela ativada sem toque

E, que tal, ativar ou desativar sua tela de maneira quase mágica? Alguns celulares Motorola têm um sensor de proximidade que desliga a tela quando o aparelho se aproxima da orelha do usuário, por exemplo.

Mas o mais interessante, sem dúvida, é o recurso presente no Moto X e Moto E, que ativa a tela do celular quando o usuário faz esse gesto, na imagem, sobre a tela. Resumindo, você não precisa tocar nele!

Para ativar o recurso, é só ir ao aplicativo Motorola Assist.

6. Agite para usar a lanterna

Outra função legal dos aparelhos Motorola é a que permite o usuário ativar algumas funções por meio de determinados movimentos. Por exemplo, ao chacoalhar, você ativa a lanterna, mesmo sem desbloquear a tela.

E, aí, não é fantástico seu Motorola?

E, por falar em coisas que você não sabe sobre seu aparelho, leia também: 6 funções que você não conhecia em seu celular e 10 truques do iPhone que talvez você não conheça.

Fonte: Olhar Digital