7 mitos sobre os gatos que todo mundo acredita

Eles são fofos e fazem o maior sucesso na internet, mas na vida real são grandes injustiçados. Isso porque existem por ai mitos antigos sobre a personalidade dos felinos que todo mundo acredita e que não são muito amistosos. São crenças do tipo “eles gostam da casa e não do dono”, “eles não gostam de água” e aí por diante que sempre foram contadas sobre os gatos, e que não são verdades, que fazem deles seres misteriosos demais sem qualquer motivo.

Abaixo, aliás, preparamos uma lista com alguns dos mitos mais comuns dos gatos, que todo mundo acredita, mas que não têm um pingo de fundamento. Confira:

1. Gatos odeiam água

4

Depende muito, sabia? Especialistas apontam que algumas raças, como o maine coon e turkish van, adoram um belo banho, seja na banheira, na pia ou mesmo em vasos sanitários (eca)! Para outras raças, no entanto, gostar ou não de água é uma questão de costume. Mas, mesmo que seu gatinho não seja chegado em um banho, ele é sempre limpo, já que seu banho natural é tomado com a língua.

2. Eles enxergam no escuro

1

Se o que você tem em mente é tipo uma visão de raio-x, não se engane! Os gatos conseguem ver até 10 vezes melhor no escuro que os humanos. Mas, para isso, ainda é preciso que haja algum tipo de luz, para que a camada extra de células em seus olhos reflitam e permitam a visão noturna. Então se o escuro for total, acredite: seu gato mais vai enxergar.

3. Gato preto da azar

2

Essa, na verdade, é uma lenda super contraditória. Dizem por aí que a partir da Idade Média as pessoas no Ocidente começaram a contar histórias sobre azar e o fato de cruzar com esses gatinhos pretos pelas ruas. No Japão e no Reino Unidos, no entanto, eles são considerados até hoje como um sinal de boa sorte.

Aliás, para a ciência, essa última é a versão mais correta da lenda. Isso porque estudos já comprovaram que o gene que atribui a coloração negra aos gatos é o responsável por torná-los imune ao vírus do HIV felino.

4. Eles não são adestráveis

3

Apesar de serem considerados teimosos, os gatos podem sim ser adestrados. De acordo com especialistas, para com seguir isso, no entanto, paciência e técnicas corretas são fundamentais. Na Rússia, por exemplo, existe uma atração muito famosa há mais de 30 anos, chamada “Teatro dos Gatos de Moscou”. O carro-chefe do lugar são incríveis 120 gatos que fazem todo tipo de truques, acrobacias e assim por diante.

5. Gostam da casa, não do dono

5

É claro que, como felinos, os gatos têm um senso territorial incrível. Acontece, no entanto, que eles sabem e reconhecem quem são aqueles que cuidam deles. Em 1952, por exemplo, houve um caso de uma gata persa que andou mais de 2.400 quilômetros de distância, pelos Estados Unidos, até reencontrar seus donos. Eles haviam mudado da Califórnia para Oklahoma.

6. Gatos têm 7 vidas

6

Seria mesmo uma boa para esses bichinhos, mas esse é outro mito. Aliás, em alguns lugares, como no Hemisfério Norte, a lenda diz que eles chegam mesmo a ter 9 e não 7 vidas. A verdade, dura e amarga, é que a vida dos gatos não é infinita. Pesquisas mostram que eles duram cerca de 15 anos, em média, quando têm um lar. Os que vivem nas ruas, entretanto, não costumam passar do segundo ano.

7. Sempre caem em pé

7

Outra história que seria muito bem-vinda ao gatos, se fosse verdade. Mas, na real, eles só conseguem se orientar e cair sobre as patas em uma distância mínima de 60 centímetros do chão. No caso de uma altura muito maior que isso, no entanto, mesmo que eles caem em pé, ainda podem sair feridos.

E aí, aposto que acreditava em tudo isso, não é mesmo?