7 provas de que você reclama da corrupção, mas é corrupto

O que é corrupção para você? É o que os políticos vivem fazendo por aí, como roubalheiras milionárias, subornos e uso de privilégios políticos? Bom, pode até ser, mas a verdade é que corrupção vai muito além disso.

Embora você se considere um cidadão pacato e honesto, muitas vezes a corrupção está debaixo de seu nariz, dentro de sua casa, no trabalho e até mesmo na forma que você se comporta em público. Ou seja, você mesmo é corrupto, nas pequenas coisas do dia-a-dia e não sabe.

O quê? Ficou assustado com isso? Então que tal começar recapitulando como você se comporta em algumas situações cotidianas, como filas de bancos e assim por diante. Você fica esperando sua vez ou tenta furar a fila? Se você for daqueles que adora dar um “jeitinho” de levar vantagens e ser atendido primeiro, a verdade é que você é corrupto!

E o que dizer sobre atestados médicos alterados ou comprados para justificar faltas ao trabalho? E daquela pequena mentira que você contou na declaração do Imposto de Renda, para pagar menos impostos ou ter uma restituição um pouco mais gorda? Tudo isso é corrupção, caro leitor.

Como você vai ver na lista abaixo, não adianta nada torcer para que os políticos paguem por seus crimes (e eles precisam pagar mesmo), se você não se importa em ser corrupto também. Afinal, seria justo que você pagasse por seus crimes da mesma forma, não acha?

Veja 7 provas de que você reclama da corrupção, mas é corrupto:

1. Usar AZBox ou puxar a TV a cabo do vizinho

1

Dados da Associação Brasileira de Televisão por Assinatura apontam que dos 19,6 milhões de assinatura, aproximadamente 4,1 milhões são conexões clandestinas. Além de ser um delito e até mesmo estelionato, essas fraudes são uma espécie de corrupção e não geram impostos ou empregos. E isso vale para o roubo de wi-fi também, como você já viu aqui.

2. Jogar lixo na rua e descartar esgoto irregularmente

Poluição em córrego

Segundo o Instituto Trata Brasil, somente nas 100 maiores cidades do País, mais de 3,5 milhões de lares brasileiros despejam esgoto irregularmente em córregos e rios, mesmo que com as redes coletoras disponíveis.

3. Fingir que está dormindo no ônibus, para não dar lugar a um idoso ou uma grávida

7

Assim como furar filas, não se levantar para que alguém mais necessitado que você se sente é uma espécie de corrupção, além de se tratar de uma falta de educação enorme. Até porque um dia, você também vai se tornar um idoso ou, quem sabe, ficar grávida se for uma mulher. Não é mesmo?

4. Viajar pelo trabalho e fraudar notas fiscais para ficar com mais dinheiro

6

Quem nunca fez isso? Apesar de parecer algo inocente, já que você “dá o sangue” pela empresa onde trabalha, isso é corrupção e é crime. Só para que você tenha certeza dessa última parte, dê uma olhadinha no artigo 1º da lei nº 8.137 e perceba que a punição para esse tipo de crime é a prisão de 2 a 5 anos, com multa.

5. Pegar (ou comprar) atestado médico para faltar o trabalho

5

Precisa dizer que isso é corrupção? Se você criar um atestado falso então, ou alterar um verdadeiro, também é crime, segundo o artigo 302 do Código Penal Brasileiro. Para esse tipo de crime está prevista detenção de 30 dias a 1 ano.

6. Fraudar o imposto de renda para pagar menos impostos

2

Isso é corrupção? Sim, claro! E depois de fazer isso, não adianta tentar comparar o Brasil com outros países mais “eficientes” como a Inglaterra e assim por diante. Conforme a Receita Federal, somente em 2013, mais de 25 mil pessoas foram flagradas com fraude em pensões alimentícias. Ao todo, o valor fraudado corresponde a 375 milhões de reais. É mole?

7. Beber e dirigir

4

E sobre essa enorme corrupção, o que você tem a dizer? Quem nunca disse que beberia “só uma” para dirigir? Conforme a Pesquisa Nacional de Saúde de 2015, um quarto dos brasileiros dirige depois de beber, mesmo se com a vigência da Lei Seca.

Além das multas, sabe quais as principais consequências desse crime? 172 mil internações relacionadas a acidentes de trânsito, somente em 2014. Ao todo, mais de 60 milhões de reais são gastos anualmente com pessoas dependentes de álcool.

E, por falar em corrupção do dia-a-dia, você deveria ler também: 13 crimes que você comete todos os dias e não sabe.

Fonte: Revista Galileu