Curiosidades

Álcool em gel caseiro – Riscos do uso deste tipo de álcool

Diante do caos causado pelo coronavírus as pessoas procuram soluções na hora da prevenção, e uma delas é o álcool em gel caseiro.

Em tempos de pandemia, como a do coronavírus, vários produtos de proteção bem com de higiene acabam por ficar escassos. A exemplo mascaras e álcool para higienização, sendo o 70% o mais eficaz.  Desta forma a população criou soluções alternativas para se prevenir, e uma delas foi o álcool em gel caseiro.

Até porque vários países, principalmente os mais afetados pela pandemia registraram falta do álcool em gel. Assim como no Brasil muitos estabelecimentos estão vendendo o produto com um valor elevedo. Então, diante disso várias receitas de álcool em gel caseiro têm se espalhado pelos WhatsApps.

Contudo devemos ficar atentos aos ingredientes para fazer tal mistura em casa, pois nenhuma delas possuem comprovações científicas. Bem como apenas o álcool 70% é eficaz no combate do coronavírus. Ou seja, ao usarmos essas soluções caseiras temos a sensação de estarmos protegidos, porém essa não é realidade.

Álcool em gel caseiro - riscos do uso deste tipo de álcool
Brasil de fato

Desta forma o recomendável ainda é lavar as mãos após chegar em casa, bem como antes de comer. Sendo recomendável lava-las no mínimo 3 vezes ao dia. E se não estiver perto de uma torneira, água e sabão usar o álcool em gel 70% para a higienização.

Eficácia do álcool em gel contra o coronavírus (70%)

Riscos do álcool em gel caseiro

Muitas receitas de álcool em gel caseiro acabaram por circular na internet, e como foi dito acima devemos tomar certas precauções. Sendo que o principal perigo é porque não as fazemos corretamente, assim misturamos óleos ou ervas com o álcool. Bem como são na maioria de eficácia duvidosas.

Continua após a publicidade
Álcool em gel caseiro - riscos do uso deste tipo de álcool
Youtube

Desta forma tais combinações podem acabar prejudicando a pele, com por exemplo causar alergias. Bem como acaba por não ser eficiente contra os microrganismos. Afinal os vírus possuem uma camada lipídica, assim sendo relativamente sensíveis a produtos desinfetantes.

Além de que lavar a mão excessivamente assim como fazer uso exagerado do álcool em gel pode causar ressecamento das mãos. Assim gerando rachaduras na pele, ou até dermatites irritativas. Ou seja, se as recomendações em excesso podem causar problemas, as receitas caseiras podem gerar dilemas ainda maiores.

Como fazer o álcool em gel caseiro

Álcool em gel caseiro - riscos do uso deste tipo de álcool
IstoÉ

Várias receitas de álcool em gel caseiro está rolando pelos WhatsApps. Assim uma delas consiste no uso duas folhas de gelatina incolor, juntamente com um copo de água quente e 12 copos de álcool 92°.  E misturando todos esses ingredientes se têm o álcool em gel de 72° ou 75° graus.

Temos também a mistura de gel de cabelo com o álcool, sendo que ele só poderá ser eficaz se possuir grau alcoólico de 70%. Única e especifica condição que combate vírus e bactérias, agindo então como um desinfetante.

E você, está tomando as medidas preventivas corretas? Até porque todo cuidado é pouco.

E se gostou do nosso post confira também: Como lavar as mãos – passo a passo para ter uma boa higienização

Continua após a publicidade

Quarentena – O que é, diferença de isolamento e regras para coronavírus

Fontes: A Gazeta e Viva Bem

Imagem destacada: Agência Brasil

 

Próxima página »

Escolhidas para você