Curiosidades

Alimentos contra asma – 7 tipos que amenizam os sintomas da doença

Peixes, ovos, folhas verdes, castanhas, frutos do mar e outros alimentos contra asma que você deve incluir em seu cardápio para evitar crises

Aproximadamente, 16 milhões de brasileiros sofrem de crises asmáticas, segundo dados do Ministério da Saúde. A boa notícia, no entanto, é que é possível usar a força dos alimentos contra asma, juntamente com o tratamento adequado. Mas, antes de irmos ao tema principal, que tal entender melhor a doença?

Para quem não sabe do que se trata, a asma consiste em uma inflamação crônica. Basicamente, ela dificulta a passagem de ar pelas vias respiratórias. Como resultado, ela provoca tosses, chiado no peito, sensação de falta de ar, entre outros sintomas típicos.

Embora nada possa substituir os remédios indicados por seu médico, a verdade é que existem um conjunto que alimentos contra asma e contra os sintomas da doença. Eles não fazem milagres, obviamente, mas se ingeridos diariamente, levantam a imunidade do organismo e previnem crises intensas do desconforto.

Continua após a publicidade

Abaixo, preparamos uma lista com sete desses nutrientes e alimentos que você deve incluir em sua dieta caso você seja asmático. E, como você vai perceber, eles também cumprem outras ótimas funções no metabolismo.

Confira 7 ótimos alimentos contra asma:

1. Vitamina D

Continua após a publicidade

A falta dessa vitamina no organismo pode contribuir para o acúmulo de massa muscular nos brônquios. Como resultado disso, eles acabam se contraindo mais e deixando a respiração mais difícil.

Isso, claro, sem falar nas outras consequências que a falta da vitamina D pode trazer à saúde. Você, aliás, já conferiu aqui algumas delas.

Continua após a publicidade

A suplementação da vitamina deve ser receitada por médicos, devido à dosagem, que deve ser personalidade. Contudo, no dia a dia, você pode incluir alimentos ricos em vitamina D em sua alimentação. Gema de ovo, fígado, manteiga, peixes, como a cavala, o salmão, o arenque; por exemplo, atendem bem a essa funções.

2. Magnésio

Oleaginosas, leguminosas, cereais integrais, frutos do mar, vegetais e folhas verdes escuras são ótimos alimentos contra asma por serem fontes de magnésio. Aliás, esse nutriente é muito importante para as épocas de crise, por promover o relaxamento muscular e, assim, a broncodilatação.

O magnésio, inclusive, é usado em tratamentos de asma severa. Ele pode ser encontrado no mercado em versão intravenosa ou inalada.

Continua após a publicidade

3. Vitamina A

Além de regular o crescimento, a vitamina A ajuda na regeneração de vários tipos de tecidos e de células, inclusive do trato respiratório. No pulmão, esse nutriente auxilia ainda na produção de muco, que ajuda a expelir partículas nocivas e deixar o pulmão menos vulnerável a infecções.

Caso você queira aumentar sua ingestão de vitamina A, aposte em alimentos como fígado, ovos, manteiga, talos de verduras e legumes amarelos e vermelhos, especialmente a cenoura.

4. Vitamina C

Continua após a publicidade

Estudos da Universidade de Tanta, no Egito, provaram, recentemente, que a vitamina C melhora a respiração de crianças com sintomas moderados de asma. Isso porque a vitamina ameniza a inflamação e estabiliza a liberação de histamina, uma das principais substâncias por trás das crises asmáticas.

Por isso, podem também ser considerados alimentos contra asma as frutas cítricas como a acerola, o limão, a laranja, o kiwi, entre outros.

5. Selênio

Encontrado, especialmente, em oleaginosas e em cereais integrais, o selênio é um antioxidante poderosíssimo. Ele ajuda a produzir radicais livres, como os produzidos durante o processo inflamatório da crise asmática; o que evita quedas agudas na imunidade de quem tem a doença.

Continua após a publicidade

6. Vitamina E

Esse é outro antioxidante poderoso contra os processos inflamatórios da crise de asma. Aliás, mulheres grávidas que apresentam carência dessa vitamina têm mais chances de dar à luz bebês asmáticos.

Sobre os alimentos que são fonte desse nutriente, estão no topo da lista o gérmen de trigo, os óleos vegetais, a gema de ovo e as folhas.

7. Ômega 3

Continua após a publicidade

Presente na carne de peixes de água fria, na canola, na linhaça e no gérmen de trigo; o ômega 3 inibe a produção de prostaglandinas, substâncias que estreitam a abertura dos brônquios e está diretamente associada às alergias respiratórias. Esse nutriente também combate as inflamações.

E então, você costuma comer esses alimentos? Quais deles pretende incluir em sua dieta? Não deixe de comentar!

Agora, falando em alimentos que podem surpreender, esses aqui também surpreendem, mas de um jeito negativo: 7 alimentos que aumentam a pressão arterial e você não sabia.

Fonte: Minha Vida

Continua após a publicidade

Próxima página »

Escolhidas para você