Curiosidades

Ampulheta, o que é? Como funciona, história e como fazer

A ampulheta, também conhecida como relógio de areia, era muito usada em embarcações para que os navegadores pudessem marcar o tempo ao mar.

Atualizado em 06/08/2020

A ampulheta nada mais é do que um modelo de relógio. Muitos podem ter tido contato com ela em jogos de tabuleiro, onde é utilizada para marcar o tempo – geralmente um minuto – da partida. Entretanto, a ampulheta pode servir para vários outros propósitos, podendo também ter um tempo de duração maior ou menor.

O que diferencia as ampulhetas de relógios convencionais é que o tempo é marcado por elas com a queda constante de grãos de areia. A contagem do tempo começa quando, ao ser virada, a areia da ampulheta começa a cair na parte inferior. A mesma contagem termina quando o último grão cai na parte de baixo.

É importante lembrar que ela apenas marca o tempo que está passando, mas não informa o horário do dia.

Também conhecida como relógio de areia, acredita-se que a primeira vez que a ideia da ampulheta surgiu foi no século VIII. Um monge chamado Liutprand apresentou o modelo para que a Catedral de Chartres, na França, pudesse utilizá-lo pela primeira vez. E

ntretanto, foi só no século XIV que o modelo de relógio passou a ganhar fama. Por exemplo, nesse período, a ampulheta começou a aparecer em diversas pinturas. Uma delas foi a de Ambogio Lorenzetti, chamada de Alegoria do Bom Governo, 1338.

Como funciona ampulheta

Ampulheta - Conheça mais sobre o modelo de relógio e faça o seu
Mercado Livre

As ampulhetas são consideradas uma das primeiras formas de se medir o tempo. Elas foram criadas para este propósito, já que, na época, não existiam relógios menores que pudessem ser facilmente transportados.

O objeto, aliás, é feito com vidro ou plástico transparente e possui dois bolbos do mesmo tamanho, conectados entre si. Essa ligação é feita por um pequeno buraco, no centro do objeto. Inicialmente, para proteger a ampulheta contra quaisquer riscos, era usado uma armação de madeira ou latão.

Dentro da ampulheta, então, é colocada a areia. Antigamente, também era comum encontrar, na parte de dentro, cascas de ovos moídas, pó de prata, de mármore e até de estanho com chumbo.

Para funcionar, portanto, ela precisa estar em uma quantidade que encha metade, ou até um pouco mais, da capacidade de um dos bolbos. Em seguida, é só deixar a gravidade fazer seu trabalho.

Isso significa que, por causa dela, a areia sempre irá se acumular no bolbo que está embaixo. E, ao virar a ampulheta, a areia passar a cair pelo o orifício, marcando o tempo.

Por ter sempre a mesma quantidade de areia, a ampulheta sempre mede um período fixo de tempo. Ele pode ser de um minuto, uma hora e até mesmo um dia. Portanto, se a sua intenção for marcar o tempo entre um período e outro, o relógio de areia não é indicado para isso.

Histórico

Ampulheta - Conheça mais sobre o modelo de relógio e faça o seu
Elo7

As ampulhetas foram usadas, durante muito tempo, pelas embarcações. Elas eram utilizadas pelos marinheiros para medir, de forma precisa, a distância entre Leste e Oeste, assim como a longitude do local.

Eram usadas de vários tempos, porém, a mais comum marcavam 30 minutos. Então, ao virar a ampulheta, um sino era soado.

Uma badalada acontecia sempre a cada 30 minutos, enquanto duas badaladas correspondiam ao intervalo de quatro em quatro horas. Assim, as pessoas conseguiam saber o horário do dia e da noite.

Por exemplo, Diego de Magallanes fez uma viagem ao redor do mundo. Nela, todas as embarcações utilizavam, não só uma, mas várias ampulhetas. A intenção era ter o controle absoluto do tempo gasto durante a viagem. O acerto do tempo era feito com um astrolábio, sempre ao meio-dia.

Infelizmente, nos dias atuais, a precisão do relógio de areia acabou ficando ultrapassada. Isso porque já existem relógios que são capazes de cronometrar o tempo da forma que o usuário quiser, sem precisar ter um período fixo. Hoje, é mais fácil ver ampulhetas apenas como itens de decoração ou em jogos de tabuleiro.

Como fazer uma ampulheta

Mas, mesmo não se tratando mais de uma tecnologia tão precisa, vale a pena observar o funcionamento de uma ampulheta pelo menos uma vez na vida. Para isso, você pode fazer seu próprio exemplar em casa.

Em resumo, você vai precisar de:

  • Duas garrafas
  • Duas tampas
  • Areia
  • Cola forte
  • Fita adesiva
  • Furadeira
  • Glitter (opcional)

Agora siga o passo a passo para fazer a sua ampulheta:

1. Duas garrafas iguais

Ampulheta - Conheça mais sobre o modelo de relógio e faça o seu
Pegue duas garrafas pets iguais – Cleanipedia

Em primeiro lugar, remova os rótulos das garrafas utilizando água morna e sabão para tirar todos os resíduos. Logo depois, limpe as duas com álcool isopropílico.

2. Utilize as duas tampas

Ampulheta - Conheça mais sobre o modelo de relógio e faça o seu
Pegue as duas tampas das garrafas – Youtube

Em segundo lugar, cole o topo das duas tampas, uma na outra. É importante que elas sejam coladas com uma cola bem forte, para que não se soltem com o passar do tempo.

3. Faça um furo

Ampulheta - Conheça mais sobre o modelo de relógio e faça o seu
Fure as tampas já coladas – Homi

Em seguida, faça um furo no centro das duas tampas. Mas, antes disso, certifique-se de que a cola que une as duas tampinhas esteja bem seca.

O tamanho do furo fica ao seu critério. Mas, lembre-se: quanto maior o buraco, mais rápido a areia irá descer.

Outra observação importante: algumas tampas possuem um disco de plástico na parte interna, que pode dificultar na hora de furar. Ou seja, você precisa verificar se as suas tampas contam com essa partezinha. Se sim, é só retirá-las com a ajuda de uma chave de fenda.

4. Tampe a garrafa

Ampulheta - Conheça mais sobre o modelo de relógio e faça o seu
Pxhere

Enrosque uma das tampas em uma das garrafas, assim como é feito normalmente. A única diferença é que, agora, terá outra tampa colada em cima. E ambas com um furo.

5. Seque a areia para colocar na garrafa

Ampulheta - Conheça mais sobre o modelo de relógio e faça o seu
Areia seca – Bhcidadao

Se a areia tiver o mínimo de umidade, ela pode acabar grudando nas laterais da garrafa. Portanto, deixe toda a areia espalhada em uma bandeja e a coloque no sol por uma hora.

Você pode usar areia colorida ou adicionar glitter a ela para que fique diferente. Em seguida, encha 2/3 da garrafa que ainda está aberta com a areia.

6. Enrosque a segunda tampa e faça um teste

Ampulheta - Conheça mais sobre o modelo de relógio e faça o seu
Ampulheta lacrada com fita – Youtube

Com a garrafa de areia em cima da mesa, enrosque a outra tampa nela, prendendo uma garrafa na outra. Em seguida, vire as duas para testar a sua ampulheta. E se for necessário, faça alguns ajustes no buraco feito nas tampas.

Assim que você estiver satisfeito com o tempo da sua ampulheta, sele toda a tampa e até o pescoço da garrafa, com uma fita adesiva resistente. Em resumo, isso vai fazer com que o seu relógio de areia tenha um tempo de durabilidade ainda maior. E depois é só usá-lo.

Deixe sua ampulheta ainda mais bonita

De forma simples, seu relógio de areia já está pronto para ser usado. Mas, dá para deixá-lo ainda mais bonito. Você só vai precisar de:

  • Um pedaço de papelão
  • Tesoura ou estilete
  • Tinta acrílica
  • Cola
  • Cavilha pequena de madeira

1 – Corte dois quadrados

Ampulheta - Conheça mais sobre o modelo de relógio e faça o seu
Pedaço de papelão – Kalunga

Primeiramente, no pedaço de papelão, faça dois quadrados do mesmo tamanho e que sejam maiores que as bases das garrafas da ampulheta. Depois, é só recortá-los. Eles precisam ter, em média, 2,5 cm a mais que a garrafa.

2 – As cavilhas

Ampulheta - Conheça mais sobre o modelo de relógio e faça o seu
Cavilhas – Madeiranit

Deixe as cavilhas do mesmo tamanho que as garrafas juntas. Então, pinte as pequenas estacas e os quadrados da mesma cor. Aqui, você pode fazer da forma que preferir. Ou seja, usando glitter, várias cores, lantejoula, e assim por diante. Ou seja, o processo é seu.

3 – Cole tudo

Ampulheta - Conheça mais sobre o modelo de relógio e faça o seu
Youtube

Por fim, depois que a tinta secar, cole um quadrado na base de uma das garrafas. Em seguida, cole uma cavilha em cada canto do quadrado. Quando secar, cole o outro quadrado na base da segunda garrafa e cole também o outro lado das cavilhas. Entretanto, tenha muito cuidado para que tudo fique alinhado.

Enfim, gostou da matéria? Em seguida aproveite para ler: Luas de Saturno – Quantas são, novas descobertas e principais satélites

Imagens: Espíritodeescritora, Elo7, Mercadolivre, Youtube, Homi, Cleanipedia, Bhcidadao, YoutubeWikihow, Pxhere, Kalunga, Madeiranit, Youtube

Fontes: Conceito, Horariodebrasilia, Leilapaulafisica, Wikihow