Curiosidades

Presépio de Natal – Origem e significado dos símbolos que enfeitam a época

Durante o fim do ano, muitas pessoas montam presépios de Natal para simbolizar o nascimento de Jesus, mantendo uma tradição com significados.

Você já se perguntou por que as pessoas montam presépios e penduram enfeites em árvores de Natal? Embora essa ornamentação possa parecer apenas um costume, a maioria dessas decorações tradicionais tem um significado especial. Em primeiro lugar, uma das cenas mais marcantes dessa época é a natividade ou nascimento de Jesus. De acordo com o catolicismo, os presépios narram o nascimento de Cristo em um local simples, mas cheio de significado.

Aliás, as primeiras representações da natividade são muito simples, mostrando apenas o bebê, embrulhado num pano e deitado perto do chão em um cocho ou cesta de vime. Além disso, nessas obras o boi e o asno estão sempre presentes, mesmo quando Maria ou qualquer outra figura humana não aparece.

Estes animais, inclusive, eram considerados, por Santo Agostinho e outros filósofos e teólogos, como representantes do povo judeu, oprimido pela Lei (o boi) e os povos pagãos, carregando o pecado da idolatria (o asno). Conforme a tradição cristã, Jesus teria nascido neste ambiente para exaltar que ele veio libertar ambos de seus fardos.

Origem do presépio de Natal

Fonte: Pexels

As origens do presépio de natal não são tão familiares para nós, e nem mesmo para todos os cristãos. Para esclarecer, foi na pequena cidade italiana de Greccio, que São Francisco de Assis decidiu criar o primeiro presépio natalino.

Continua após a publicidade

Segundo o catolicismo, São Francisco já havia visitado a Terra Santa, e desse modo, as cavernas em Greccio o lembravam da zona rural de Belém. Então, quinze dias antes do Natal, Francisco pediu a um morador local chamado João que o ajudasse a realizar seu desejo de “trazer à vida a memória de Jesus”.

Com isso, no dia 25 de dezembro, chegaram a Greccio frades vindos de várias partes da Europa, trazendo flores e tochas para iluminar aquela noite sagrada. Quando Francisco chegou, encontrou uma manjedoura cheia de feno, um boi e um burro, ou seja, a perfeita cena natalina construída pelo seu amigo. Como na época, em Greccio, não havia estátuas, as figuras humanas que compõe o presépio foram encenadas por todos os presentes.

Para a religião católica, assim começou a tradição do presépio de Natal. Isto é, com todos reunidos em alegria ao redor do menino Jesus, sem distância entre o acontecimento original e aqueles que compartilham de seu mistério.

Significados dos símbolos de Natal

Dessa forma, não é só o presépio de natal que tem um significado importante. Outros símbolos bastante expressivos e utilizados na época natalina são carregados de curiosidades, confira abaixo:

Continua após a publicidade

Estrela

Fonte: Pexels

A estrela do Natal simboliza a estrela de Belém, que segundo a história bíblica, guiou os três reis, ou sábios, ao menino Jesus. A estrela é também o sinal celestial de uma profecia cumprida há muito tempo e a esperança brilhante para a humanidade.

Velas

Fonte: Pexels

Assim como o presépio de Natal, a vela também é um símbolo da época. Ela representa a chegada do menino Jesus, que nasceu na Galileia. Antes das árvores de Natal serem enfeitadas com pisca-pisca e luzinhas de LED coloridas, as famílias usavam velas para iluminar a árvore.

Sinos

Fonte: Pexels

Os sinos são tocados durante o Natal para anunciar o nascimento de Jesus. O toque dos sinos também é descrito em outras religiões como instrumentos usados para expulsar os espíritos malignos.

Visco na árvore e no presépio de Natal

Fonte: Pexels

A planta tem sido um símbolo de amor, e alguns acreditam que alguns povos usavam o visco como cura para certas enfermidades e para promover a fertilidade.

Continua após a publicidade

Presentes

Fonte: Pexels

Segundo a religião católica os reis que levaram presentes para homenagear o nascimento de Jesus inspiraram o conceito de dar presentes durante o Natal. De acordo com o Novo Testamento da Bíblia Cristã, Melchior, Balthazar e Gaspar trouxeram presentes de ouro, incenso e mirra para o bebê recém-nascido.

Por conseguinte, outra curiosidade é que a fita é amarrada em torno do presente representa como as pessoas devem estar unidas em laços de união e caridade no período natalino.

Verde e vermelho

Fonte: Pexels

A cor vermelha é usada no Natal para representar o sangue de Jesus quando ele morreu na cruz. Já a cor verde significa luz durante o nascimento de Jesus e a vida eterna.

Os romanos decoravam suas casas com galhos verdes durante o ano novo, e esses galhos simbolizava a vida durante o inverno. Também existe uma lenda que diz que, quando Jesus nasceu todas as árvores ao redor do mundo sacudiram a neve para revelar novos brotos verdes.

Continua após a publicidade

Como fazer um presépio de natal?

Fonte: Pexels

O nascimento de Cristo aconteceu num estábulo. Para retratar a cena exata você precisa de alguns materiais para construir um presépio, símbolo da natividade. Em primeiro lugar, você pode usar grama artificial, folhas ou feno, para forrar a manjedoura. Para criar uma manjedoura é possível usar cestas de madeira, caixotes ou até mesmo uma caixa de papelão.

Além disso, os personagens são uma das partes mais significativas do estábulo. As imagens estão disponíveis em muitas lojas de artigos religiosos e sites de comércio eletrônico. Lembre-se que as figuras de Maria e José com o menino Jesus, os animais que ficam em volta da manjedoura e os três reis são necessários para completar seu presépio.

Por fim, você pode montar uma pequena estrutura para abrigar os personagens. Para isso, o mini estábulo pode ser construído com cimento, gesso, madeira, papelão e até mesmo com pedaços de tecido em forma de cabana.

Se for um trabalho mais artesanal e personalizado, não esqueça da cola, tintas, pincéis e enfeites que possam deixar o presépio ainda mais bonito.

Continua após a publicidade

Então, gostou do artigo? Que tal conferir mais sobre a época de Natal? Leia, a seguir: Natal: o que essa data realmente significa e como surgiu?

Fontes: Cruz Terra Santa, Canção Nova, Estudo Prático

Fotos: Pexels

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você