Curiosidades

Apolo – Quem é, origem, características e lendas do deus grego

Filho de Zeus, Apolo era o deus do Sol e criador do Oráculo de Delfos, mas também foi adorado por várias outras associações diferentes.

Por P.H Mota

Na mitologia grega, Apolo é o deus do Sol e filho de Zeus, deus dos deuses. Dessa maneira, também é deus da claridade e do calor. Além disso, é o único dos deuses que se repete nas mitologias grega e romana.

Apolo também é considerado o mais poderoso e mais belo do Olimpo. Por sua aparência, portanto, também foi considerado deus da beleza. Essa função lhe rendeu o reconhecimento como patrono das artes e, assim, deus do canto.

Filho de Zeus com Leto, Apolo é um dos membros da segunda geração do Olimpo. Como deus do Sol, ele é irmão gêmeo de Ártemis, a deusa da Lua, caça e castidade.

Adoração divina

Apolo - origem, características e lendas do deus grego do Sol
Ancient Origins

Uma vez que era adorado como deus do Sol, era responsável também pelas terras agrícolas germinadas. Sendo assim, as regiões da Grécia Antiga dedicavam suas primeiras colheitas da estação a ele. Além disso, tinha a função de proteger rebanhos de animais, como deus pastoral.

Continua após a publicidade

Apolo também era responsável por proteger os gregos de enfermidades. Assim, foi considerado deus de pragas e doenças. Apesar disso, a mitologia grega tinha outro deus da medicina. Esse deus, inclusive, era Asclépio, filho de Apolo.

Entre suas múltiplas funções, era adorado como deus guerreiro. Isso porque Apolo tinha uma grande habilidade com arco e flecha. Suas flechas mataram o dragão Píton e os Alóadas, gigantes filhos de Poseidon.

A ele também era atribuído o poder da adivinhação dos oráculos. Seu nome era adorado em vários santuários ao redor da Grécia, dentre os quais se destacava o Oráculo de Delfos.

Entre seus símbolos estão a coroa de louros, os cisnes e golfinhos, a lira (instrumento musical) e o arco e flecha.

Continua após a publicidade

História de Apolo

Apolo - origem, características e lendas do deus grego do Sol
The Eternal Circle

A vida do deus começou complicada em seu nascimento. Hera, esposa de Zeus, teve ciúmes do relacionamento do deus com Leto e quis impedir o parto. Leto conseguiu dar à luz na ilha Orígia, mas sem a ajuda da deusa dos partos Ilítia, presa por Hera. Depois de nove dias de sofrimento, Ilítia foi liberada e ajudou Leto a parir Ártemis e Apolo.

Com apenas um ano de vida, ele já conseguiu matar o dragão Píton, enviado por Hera para matar sua mãe.

O monstro foi encontrado nas imediações do Monete Parnaso. Ali, o deus foi atacado, mas conseguiu utilizar suas habilidades com o arco e matou a criatura. A população local, aterrorizada por Píton, celebrou a vitória de Apolo.

Oráculo de Delfos

Apolo - origem, características e lendas do deus grego do Sol
Oráculo de Delfos

Logo após matar Píton, Apolo tomou posse do santuário de Têmis. No local, consagrou um móvel de três pés utilizado pela sacerdotisa Pítia para fazer previsões. Mais tarde, inclusive, foi esse lugar que ganhou o nome de Delfos.

Continua após a publicidade

Em Delfos, foi construído o altar onde se praticava o culto a Apolo. A fim de conseguir sacerdotes para o templo, o deus assumiu a forma de um golfinho e se aproximou de um navio tripulado por nativos de Creta, que receberam a função imediatamente.

Apesar de ter estabelecido seu templo, o deus nem sempre ficava em Delfos. Segundo o mito, ele visitava o país Hiperbórea durante o outono. Isso porque no local também vivia outro povo adorador de seus poderes.

Aventuras de amor

Apolo - origem, características e lendas do deus grego do Sol
Scifi fantasy Network

Assim como era comum na mitologia grega, Apolo se envolveu em algumas paixões. Apesar de sua beleza, força e juventude, entretanto, não teve uma vida amorosa fácil.

O deus se encantou pela ninfa Dafne, que pediu socorro ao próprio pai. A fim de proteger a filha, ele a transformou em loureiro.

Continua após a publicidade

Mais tarde, o deus se apaixonou por Cassandra. Primeiramente, ele ofereceu o poder da adivinhação à ela, que se tornou vidente. Ela acabou desistindo do amor, e foi punida com a perda de persuasão. Assim, seu poder de adivinhação se tornou praticamente inútil, já que ninguém era convencido por suas palavras.

Apolo também se apaixonou pela ninfa Cirene, mas conseguiu um final feliz. Do relacionamento, nasceu Aristeu.

Ele também se relacionou com a musa da astronomia, Urânia, com quem teve os filhos Lino e Orfeu. Também teve outros filhos com várias outras amantes, incluindo o Centauro.

Confronto com Zeus

Apolo - origem, características e lendas do deus grego do Sol
Siqik

Apesar de ser um dos filhos preferidos de Zeus, Apolo teve problemas com o pai. Ele foi castigado em duas oportunidades, sendo a primeira delas por matar os Ciclopes. O deus foi expulso do Olimpo e foi condenado a servir o rei Admeto, da Tessália, por um ano.

Continua após a publicidade

Foi nessa oportunidade que ele passou a trabalhar no campo, pastoreando gado. Dessa maneira, passou a ser considerado deus pastor. Logo após o fim do prazo de um ano, ele voltou para a casa dos deuses.

Conspirando contra o próprio pai, para destroná-lo, acabou punido mais uma vez. Dessa vez, ele foi enviado para a trabalhar na construção das muralhas da cidade de Troia.

Fontes: Hiper Cultura, Toda Matéria, Info Escola, Brasil Escola

Imagens: Ancient Origins, The Eternal Circle, Siqik, Scifi fantasy Network

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você