As nojeiras que você come sem saber e que a Anvisa permite

O que você faria se estivesse comendo e encontrasse algo nojento, como uma barata ou pelo de rato em seu lanche? Provavelmente jogaria fora ou passaria mal, não é mesmo? Mas, o que você é que esse tipo de coisa é comum em nosso dia-a-dia e que todo mundo come sem saber milhares de porcarias que vêm junto com os alimentos industrializados que compramos.

Isso porque, nas grandes fábricas, onde tudo é mecânico e em grande escala, é difícil controlar e vigiar tudo que vai para a panela, ao contrário do que acontece em nossas casas. Assim, é comum que alguns insetos caiam na mistura, às vezes provenientes da própria matéria-prima, como no caso de frutas e verduras. E, obviamente, você come tudo isso sem saber.

O pior de tudo é que a própria Agência Nacional de Vigilância Sanitária, mais conhecida como Anvisa, sabe sobre todo esse absurdo! Aliás, o que os consumidores não fazem ideia é que existe um “limite permitido de nojeiras” nas comidas e bebidas que você compra no supermercado.

8

Não entendeu? Bom, vamos a um exemplo prático: Nos molhos de tomate é permitido até um fragmento de pelo de rato por 100 gramas de produto. Um lote de molhos fabricados pela Heinz, no entanto, foi suspenso do mercado por contar mais que essa quantidade permitida de porcaria.

A desculpa da Anvisa, da própria Heinz e de outras grandes indústrias de alimentos é de que essas nojeiras que você come sem saber não são nocivas à saúde. A quantidade de contaminação nos produtos é mínima (na opinião deles, é claro), normalmente é intrínseca aos alimentos naturais (como a larva no tomate muito maduro, por exemplo) e a própria acidez do produto e as altas temperaturas do processo produtivo garantem que os riscos à saúde sejam eliminados.

Veja as nojeiras que você come sem saber:

1. Molho de tomate (e outros produtos da fruta)

1

É permitido até 1 fragmento de pelo de roedores em 100 gramas de molho e até 10 fragmentos de insetos (baratas, moscas) em 100 gramas.

2. Chá de menta ou hortelã

2

A Anvisa permite que contenha até 300 fragmentos de insetos em 25 gramas de chá. Na mesma quantidade, podem estar até 5 insetos inteiros mortos e até 2 fragmentos de pelos de roedor.

3. Orégano

3

É permitido que em cada 10 gramas de orégano tenha 20 fragmentos de insetos e até 3% de areia ou cinzas solúveis e ácido.

4. Café torrado e moído

4

A cada 25 gramas você pode estar ingerindo, sem querer, 60 fragmentos de insetos.

5. Massas e biscoitos

5

Essa é chocante: em 225 gramas de massas é possível ter 225 fragmentos de insetos.

6. Canela em pó

6

Você come sem saber até 100 fragmentos de insetos a cada 50 gramas de canela em pó, ou até 1 fragmento de pelo de roedor.

7. Alimentos industrializados em geral

7

Em qualquer tipo de alimento industrializado que você consome, você come sem querer também 1,5% de areia ou cinzas insolúveis em ácido.

E, falando em coisas absurdamente repugnantes, você precisa ler também: 7 coisas nojentas encontradas na comida que dão arrepios.

Fonte: Exame, Superinteressante