Curiosidades

Castelo Houska: conheça a história do “portão do inferno”

O Castelo Houska fica localizado em Praga, na República Tcheca, perto da fronteira alemã e é considerado por muitos o "portão do inferno".

Um verdadeiro cenário de filmes de terror, o Castelo Houska está localizado nas florestas densas, cerca de 47 km ao norte de Praga. Ele foi construído em uma área remota, na segunda metade do século XIII, durante o reinado de Otacar II da Boêmia.

O folclore afirma que o significado de sua localização é por causa de um poço sem fundo, ou o que alguns chamam de “portão do inferno”, ou portal para outros mundos; e que os governantes boêmios decidiram selar o local com o castelo.

Assim, existem diversas lendas em torno deste lugar misterioso, com alguns moradores afirmando que o buraco que lá existe, é a entrada para um sistema de cavernas subterrâneas que leva a reinos possivelmente habitados no interior da terra.

História do Castelo Houska

Castelo Houska: conheça a história do "portão do inferno"

Continua após a publicidade

O Castelo Houska foi construído no final do século XIII como um centro administrativo e sua propriedade passou de um nobre para outro ao longo do tempo.

Ao redor da imponente construção, há florestas densas, pântanos e montanhas que dão um ar ainda mais macabro ao local. No entanto, ele não possui fortificações externas como outros castelos impressionantes; nenhuma fonte de água, exceto uma cisterna para coletar água da chuva, nem cozinha.

Além disso, ele está longe de quaisquer rotas comerciais. Estranhamente, também não tinha ocupantes no momento da conclusão. Apesar disso, como muitos grandes castelos, o Houska é cercado de lendas curiosas.

Durante a guerra dos 30 anos, foi dito que um comandante sueco e sua força de bandidos também tomaram o castelo como quartel-general; e cometeram atos horrendos dentro de suas muralhas.

Continua após a publicidade

O imperador Fernando III o chamou de “castelo amaldiçoado” e há contos de monges antigos que escondiam tesouros dentro de suas paredes.

Portões do inferno

Os Portões do Inferno sempre estiveram lá de acordo com os habitantes locais. Portanto, está lá há mais tempo do que a estrutura atual, que foi construída sobre os restos de uma antiga fortaleza de madeira; novamente supostamente para conter aqueles demônios e almas condenadas que o habitam.

Aliás, a capela do castelo fica logo acima do poço sem fundo que seria a porta de entrada para o inferno. As paredes da capela são cobertas com algumas das pinturas mais antigas da Europa, a maioria é de demônios e dragões sendo mortos. Ademais, os investigadores que tentaram encontrar o fundo do poço, nunca o acharam de fato.

Continua após a publicidade

Outra lenda conta que durante a Segunda Guerra Mundial, a Wehrmacht, forças armadas unificadas da Alemanha nazista, ocupou o castelo até 1945. Dizem que eles realizaram experimentos sobre o ocultismo, com os moradores locais acreditando que os nazistas estavam usando os “poderes do inferno” para seus experimentos.

Em 1999, o castelo assombrado abriu ao público e continua assim até hoje. Os turistas podem explorar o seu interior e visitar a capela que apresenta afrescos e murais “incluindo imagens de figuras demoníacas e seres animalescos”.

Cenário de filme de terror

Castelo Houska: conheça a história do "portão do inferno"

Houska parece ser algo saído de uma história de terror, pois há contos de um meio homem, meio animal que rastejou para fora do poço; e de estranhos demônios voadores que surgiram da escuridão sem fundo do poço.

Continua após a publicidade

E o que dizer de sua atividade paranormal? Bem, ao longo dos séculos, o Houska ficou famoso por ser um lar de eventos perturbadores. Assim, houve quem tenha visto a criatura que se diz ter saído do buraco que fica sob a capela.

Foi descrito como sendo de natureza semitransparente e se assemelha a um meio-homem e uma mistura de um sapo gigante e um buldogue. Diz-se que aqueles que o ouvem rosnar à noite ficam instantaneamente cheios de medo e pavor.

O monge fantasma

Castelo Houska: conheça a história do "portão do inferno"

Por fim, há ainda a história do monge louco que é conhecido por assombrar a capela do castelo. Vestido com um manto marrom, ele foi visto carregando um machado fantasmagórico que ele usa para atacar aqueles que perturbam a paz e a tranquilidade do local.

Continua após a publicidade

Um dos avistamentos fantasmagóricos mais perturbadores foram os relatos de pessoas vendo uma longa fila de pobres almas mortas. Segundo os boatos, elas foram vistas andando presas a correntes, pelos portões do castelo, cada alma exibindo algum ferimento medonho e horrível.

De acordo com as testemunhas, há também um enorme cão preto que corre para cima e para baixo na fila das almas, beliscando e atormentando-as enquanto fazem sua árdua caminhada em direção à capela e aos Portões do Inferno.

Aparições macabras no Castelo Houska

Trabalhadores no pátio interno ouviram vozes vindas da capela, mas, ao investigarem ninguém está lá. Acredita-se que uma figura negra vista no andar superior seja o fantasma de um homem desconhecido.

Continua após a publicidade

Diz-se ainda que entidades demoníacas são vistas na capela, gemidos estranhos, gritos e vozes em muitos idiomas são ouvidos vindos de baixo da capela.

No terceiro andar, o fantasma de uma bela jovem de vestido branco foi visto, muitas vezes ela está espiando pela janela. Ninguém sabe quem ela é, mas ela parece ser a mais normal de todos os fantasmas dentro e ao redor do castelo.

Uma presença particularmente desagradável foi sentida no Hunting Lodge. Uma noite dois convidados, Zdena Vrzalova e seu marido estavam hospedados no castelo quando ambos ouviram um barulho estranho como algo pesado batendo no chão perto deles.

Zdena se virou e viu duas figuras escuras na escada, elas não tinham traços distinguíveis, ela acredita que um sussurrou algo sobre matar algumas meninas.

Continua após a publicidade

A adega é apelidada de escritório de Satanás e ainda tem um trono com chifres e um tridente. Dizem que uma figura bizarra foi vista se materializando na frente do trono e subindo os degraus antes de desaparecer.

Em 2009, a equipe Ghost Hunters International da TV veio ao Castelo Houska e realizou uma investigação paranormal em sua opinião de que o castelo é desafiadoramente mal-assombrado.

Veja outras fotos do local:

Castelo Houska: conheça a história do "portão do inferno"

Continua após a publicidade

Castelo Houska: conheça a história do "portão do inferno"

Castelo Houska: conheça a história do "portão do inferno"

Castelo Houska: conheça a história do "portão do inferno"

Continua após a publicidade

Fontes: Megacurioso, Magnus Mundi

Então, gostou de saber mais sobre esse castelo assombrado da  República Tcheca? Pois, conheça também: Waverly Hills: a história sinistra de um dos lugares mais assombrados da Terra

Próxima página »

Escolhidas para você