Curiosidades

Waverly Hills: a história sinistra de um dos lugares mais assombrados da Terra

O sanatório Waverly Hills famoso por abrigar pacientes com tuberculose, hoje está abandonado e é um dos lugares mais assombrados do planeta.

O Sanatório Waverly Hills é um hospital abandonado localizado em Louisville, Kentucky (EUA), que já abrigou muitas almas torturadas. Este foi um local que foi construído para abrigar pacientes com tuberculose na esperança de encontrar uma cura para os enfermos.

Infelizmente, esse não foi o caso, pois muitos que entraram por aquelas portas saíram direto para o túmulo, além disso, acredita-se que algumas dessas almas ainda permanecem dentro de suas paredes. Ficou curioso? Então, saiba tudo sobre este lugar assombrado, a seguir.

Quando Waverly Hills foi construído?

No início dos anos 1900, o estado de Kentucky e a maior parte do país estavam passando por um surto crescente de tuberculose que estava dizimando a população.

Continua após a publicidade

Aliás, a tuberculose era conhecida na época como “Peste Branca” e era altamente contagiosa e muitas vezes fatal, especialmente no final do século. No entanto, nesta área de Kentucky, acreditava-se que muitos desses casos começaram devido aos pântanos do rio Ohio, que agiam perfeitamente como um criadouro para a bactéria causadora da tuberculose.

Muitas cidades e vilas diferentes estavam trabalhando em métodos para conter a propagação da doença, e na cidade de Louisville, acreditava-se que a solução seria a criação de um hospital que isolasse os pacientes do resto da população; ou seja, uma espécie de exílio para enfermos.

Continua após a publicidade

Em 1911, a cidade começou os preparativos para o novo Louisville City Hospital, que seria um novo hospital que trataria a população da cidade. No entanto, havia uma advertência de que nenhum paciente com tuberculose seria aceito no local.

Considerando a extensão da doença, o povo de Louisville ficou preocupado. Para onde as pessoas iriam? Claro que provavelmente era uma sentença de morte, mas as pessoas ainda precisavam de um lugar para o tratamento.

Continua após a publicidade

Com efeito, a administração da cidade decidiu pela construção de um pequeno sanatório, especificamente para o tratamento da tuberculose pulmonar avançada. Assim, começou a história do assombrado hospital Waverly Hills.

Como era a estrutura do hospital?

Em 1908, o Conselho de Tuberculose comprou o terreno para construir o hospital, que era originalmente uma estrutura de 2 andares e que iria acomodar de 40 a 50 pacientes com tuberculose, com segurança.

Em 31 de agosto de 1912, transferiram todos os pacientes de tuberculose do hospital da cidade para tendas temporárias localizadas nos terrenos de Waverly Hills, por causa da superlotação do hospital e da falta de equipamentos para lidar com o fluxo de pacientes.

Continua após a publicidade

Assim, foi feita uma ampliação do hospital para casos mais graves, que atenderia mais 40 pacientes. Em 1914, fizeram um pavilhão infantil com mais 50 camas. Isso aumentou a capacidade do hospital de abrigar 130 pacientes.

Ademais, a enfermaria infantil não apenas abrigava crianças com tuberculose, mas também crianças cujos pais contraíram a doença. Dessa forma, hospital foi inaugurado em 26 de julho de 1910, em plena capacidade.

Assim que os pacientes, médicos e enfermeiras entravam nas instalações, eles se tornavam residentes e viviam dentro do Sanatório. Eles cultivavam sua própria comida e tinham sua própria estação de rádio.

Curiosamente, os sanatórios da época ficavam em colinas altas cercadas por bosques para criar paz e uma atmosfera serena. Acreditava-se que ar fresco, boa comida e luz do sol ajudariam a curar a doença, juntamente com supervisão médica competente.

Continua após a publicidade

Aliás, a equipe fez todo o possível para manter a tranquilidade e os pacientes com bom humor. Isso também era o que se pensava para manter os pacientes vivos por mais tempo e ajudá-los a não sucumbir à doença.

Quais procedimentos bizarros ocorriam em Warvely Hills?

No hospital assombrado, alguns testes feitos em pacientes pelos médicos eram tão terríveis quanto a própria tuberculose. Muitos pacientes não sobreviveram a essas práticas médicas experimentais.

Alguns tratamentos incluíam a lobectomia e a pneumectomia, que envolviam médicos removendo cirurgicamente as partes infectadas do pulmão e, às vezes, o pulmão inteiro.

Continua após a publicidade

Outro procedimento, a toracoplastia, consistia na remoção de várias costelas da parede torácica para colapsar um pulmão. Durante esse tempo, era comum para um paciente exigir a remoção de 7 a 8 costelas.

Havia também o “tratamento solar”, que teorizava que se um paciente se banhasse ao sol, isso ajudaria a matar a bactéria que causava a tuberculose. Os médicos também inseriam um balão nos pulmões dos pacientes e os enchiam de ar para ajudar na respiração. Infelizmente, esses procedimentos foram ineficazes e não levaram a uma cura real.

O que era o ‘Túnel da Morte’?

Waverly Hills: a história sinistra de um dos lugares mais assombrados da Terra

Infelizmente, muitos dos pacientes não conseguiram sair vivos de Waverly Hills. A taxa de mortalidade era de cerca de 1 morte por dia, um número que cresceu exponencialmente com a propagação da doença.

Continua após a publicidade

Para evitar que os pacientes vissem os cadáveres dos mortos, construíram uma rampa especial a qual batizaram ‘Túnel da Morte’, que permitia que os funcionários movessem os corpos à noite. Havia uma ferrovia que ia diretamente para trás do Sanatório, onde a rampa terminava, e os corpos seriam carregados no trem e levados embora.

Quais histórias macabras existem sobre o local?

Uma das muitas assombrações supostamente vistas no Waverly Hills envolve um garotinho chamado Timmy que foi visto com uma bola de couro e supostamente caiu do telhado onde as crianças brincariam. Aliás, houve uma investigação para descobrir se empurraram Timmy ou se sua queda foi acidental, mas nada foi esclarecido.

Outra história envolve o quarto 502, onde uma enfermeira ficava. Muitos afirmam que ela estava solteira e grávida e contraiu tuberculose enquanto trabalhava no hospital. Ela se enforcou com um fio de lâmpada no 502.

Continua após a publicidade

Há rumores de que ela, na verdade, engravidou de um dos médicos, que era casado na época. Ela interrompeu a gravidez e, em uma reviravolta dolorosa, o bebê foi mais tarde encontrado no sistema de poço do sanatório.

Por este motivo, dizem que ela é um dos espíritos residentes mais famosos que assombram o hospital.

O que aconteceu após o fechamento do hospital?

Waverly Hills: a história sinistra de um dos lugares mais assombrados da Terra

Por causa da descoberta de um novo antibiótico (estreptomicina) e do declínio dos casos graves de tuberculose, Waverly Hills encerrou suas atividades em 1961.

Continua após a publicidade

Depois que o hospital fechou as portas para sempre, porque havia coisas terríveis o suficiente sendo feitas no local, um homem chamado J. Clifford Todd comprou o terreno.

Gastando pouco mais de três milhões de dólares, Todd pretendia converter o prédio na única coisa possível que poderia ser pior e mais violenta do que um hospital ou sanatório: uma prisão. Eventualmente, no entanto, os planos para construir uma prisão foram abandonados quando os vizinhos da área protestaram contra.

Então, foi proposto que o local fosse um prédio residencial com locação de apartamentos, mas acabou ficando vazio, até que, em março de 1996, um homem chamado Robert Alberhasky comprou o local. Alberhasky era um homem religioso, e foi o líder de uma fundação chamada Fundação Cristo Redentor.

Waverly Hills: a história sinistra de um dos lugares mais assombrados da Terra

Continua após a publicidade

Usando seus recursos, ele planejou construir um centro de adoração em Waverly Hills e, no mesmo terreno também projetaram a construção da maior estátua de Jesus em todo o mundo. Junto a isso, a fundação também tinha planos de usar o local para um centro de artes.

Todavia, os planos também não saíram do papel, e apesar dos esforços da Fundação em alcançar os recursos necessários para a obra, cancelaram o projeto em dezembro de 1997. Atualmente, o antigo hospital virou uma atração turística que atrai corajosos exploradores de todo o mundo.

Então, gostou de saber mais sobre este lugar assombrado? Não deixe de ler também: 10 curiosidades sobre o Triângulo das Bermudas

Continua após a publicidade

Próxima página »

Escolhidas para você