Cientistas descobrem como turbinar olhos humanos com visão noturna

Ao contrário de vários animais, como os felinos, o ser humano não consegue enxergar sem a presença da luz. A única forma de enxergarmos no escuro completo, como você já deve saber, são a partir dos óculos de visão noturna, com infravermelho, muito usado pelo exército, por exemplo, e que você já deve ter visto como funciona nos filmes por aí.

Insatisfeitos com essa “condição”, pesquisadores bioquímicos dos Estados Unidos trataram de estudar uma forma de adicionar visão noturna aos olhos humanos, se que o uso de equipamento especial seja usado. E, a boa notícia, é que eles realmente encontraram uma possível solução para o problema: a Clorina E6 (CE6), derivadas de criaturas marinhas e já bastante utilizada em tratamentos contra o câncer.

Como descobriram os cientistas, ao ser misturada com insulina e soro fisiológico, e injetada diretamente no olho humano, essa substância de nome engraçado permite a retina aumentar nossa capacidade de visão noturna. Conforme os estudos, é possível ver até 50 metros na escuridão completa.

Visão noturna x durabilidade

Mas, se você acha que o grande problema desse procedimento é o fato de alguém ter que enfiar uma agulha no seu olho, você está muito enganado. Embora a mistura seja bastante eficiente, o efeito da CE6 nos olhos não dura mais de 20 dias.

Para descobrir isso, os pesquisadores tiveram que realizar a experiência em um cobaia (que se voluntariou ao procedimento), chamado Gabriel Licina, integrante da equipe do Science for the Masses. Cerca de 50 ml da substância foi injetada em cada olho do rapaz, que realmente ganhou visão noturna. Logo após a aplicação, Licina precisou colocar lentes pretas, para reduzir o impacto da luz em sua visão, já que a sensibilidade à luz aumentou bastante.

 

Mas, como já mencionamos, o efeito passou depois de algumas semanas. O ponto positivo é que não houve qualquer tipo de efeito colateral depois.

Estudos continuam

Para os cientistas, mesmo se tratando de algo com data de validade, este é um grande passo. Eles explicam que este foi apenas o primeiro teste em humanos e que ainda falta muito estudo sobre o assunto até que a Ciência chegue à solução definitiva para a visão noturna humana.

Interessantíssimo, não? Mas, como você vai ver na próxima matéria, esse está longe de ser o experimento mais estranho ou assustador realizado pelos cientistas ao redor do mundo! Conheça também 6 experimentos científicos mais bizarros da história.

Fonte: Revista Galileu, Science Mic